QUANTO RENDERAM AS MINHAS AÇÕES?

quanto-renderam-as-acoes-capa

Quanto renderam as minhas ações?

Hoje eu recebi essa dúvida de um leitor assíduo deste site que estava com uma dúvida bem pertinente. Ele estava com dúvidas para saber quanto havia rendido as suas ações ao longo de um período grande de tempo, incluindo no cálculo os dividendos recebidos, bonificações e etc.

Ele me explicou no e-mail que é uma pessoa muito regrada e disse que ele se paga primeiro. Que os investimentos pra ele, são a primeira “conta” que ele paga quando recebe o salário do mês. Assim como ele tem obrigação de pagar a conta de luz, a conta de água, o condomínio ele considera o seu investimento uma conta a pagar. Ou seja, ele não espera chegar ao fim do mês para ver se sobrou dinheiro para investir. Todo mês, por volta do dia 10, ele investe em duas ações, independente do preço de acordo com uma tabela que ele montou com base nos fundamentos das empresas há alguns anos. Achei um pouco estranho o método, mas como funciona para a organização dele, eu preciso respeitá-lo. Veja a tabela de investimentos abaixo:

 

Meses Ações compra
Janeiro / Maio / Setembro Ciel3, Rent3
Fevereiro / Junho / Outubro Itsa4, Lren3
Março / Julho / Novembro Bbdc4, Wege3
Abril / Agosto / Dezembro Taee11, ugpa3.
Décimo terceiro Abev3

Elaborado pelo autor com base nos dados passados.

 

Enfim, essas ações não são recomendações minhas. São apenas as que esse leitor compra nestes determinados meses. Mas pode-se perceber que as ações foram estudadas. Todas elas são grandes geradoras de caixa. Possuem boa penetração em seus setores. São ações lucrativas há pelo menos 10 anos. A única coisa que o Júlio faz é transferir o dinheiro para a corretora dia 10 e colocar duas ordens no HB. No mês seguinte ele faz o mesmo processo e já nem olha mais.

O Júlio, disse que estava com dificuldades de calcular a rentabilidade das ações dele. Como ele já investe desde 2014, já entraram vários proventos e algumas bonificações que ele está perdido.

Ele chegou a me perguntar se Ele pode pegar o valor atual somar os dividendos e dividir por todos os aportes realizados. Mas, essa fórmula estará errada, como veremos a seguir, porque os dividendos já foram pagos em vários pontos no tempo e os aportes realizados em datas diferentes.

Então, vamos aos cálculos. Darei o exemplo em Cielo, mas os cálculos seriam iguais para todas. Vamos imaginar que o JUlio invista 4000,00 reais por mês, e R$ 2000,00 vão para o aporte de Ciel3. O primeiro aporte dele foi em 10/01/2014 e  o último agora em 10/05/2017. Para facilitar montei a tabela abaixo com os preços de compra médios das cotações nas datas de compra das ações.

 

Data Valor investido Qtdd ações Preço unitário
10/01/2014 R$ 2011,05 30 ações 67,05
12/05/2014 R$ 1994,10 51 ações 39,10
10/09/2014 R$ 2010,47 49 ações 41,03
12/01/2015 R$ 1987,47 51 ações 38,97
11/05/2015 R$ 1986,69 47 ações 42,27
10/09/2015 R$ 2013,00 55 ações 36,60
11/01/2016 R$ 1985,34 58 ações 34,23
10/05/2016 R$ 2013,08 59 ações 34,12
10/09/2016 R$ 2006,94 62 ações 32,37
10/01/2017 R$ 1990,60 74 ações 26,90
10/05/2017 R$ 1990,96 82 ações 24,28
Total investido R$ 21989,70

Elaborado pelo autor

Dados retirados de Uol Cotações 

 

Por que a Ação caiu tanto?

Dados sem ajustes por proventos ou outros eventos societários. Estes valores são nominais. Para simular exatamente o valor pago pelo Júlio.

Acredito que antes de continuarmos, preciso explicar porque a ação caiu tanto, né? Vejam bem, se o preço de uma ação acompanha seus lucros no longo prazo, e o lucro de Cielo foi crescente nesse período, por que suas ações “caíram” tanto? Saíram de R$ 67,05 para apenas R$ 24,28!

Notem que eu coloquei o caíram entre aspas. Nós vamos ver agora que Cielo não caiu. O que ocorreu com Cielo em todos esses anos é que ela incorporou lucros ao seu capital social e fez bonificações de ações a seus acionistas. Vejam a foto abaixo retirada do próprio RI da empresa.

 

quanto-renderam-as-acoes-01

 

Vamos então ajustar as quantidades de ações na primeira tabela por estas bonificações ocorridas durantes esse período. Fazendo esses ajustes chegamos à tabela abaixo. E a um total de 909 ações em posse do investidor.

 

Data Qtdd inicial Bonificação Qtdd Final
10/01/2014 a 10/05/2014 30 100% 60+51
10/05/2014 a 10/09/2014 111 0% 160
10/09/2014 a 10/01/2015 160 0% 211
10/01/2015 a 10/05/2015 211 20% 252+47
10/05/2015 a 10/09/2015 299 0% 354
10/09/2015 a 10/01/2016 354 0% 412
10/01/2016 a 10/05/2016 412 20% 494+59
10/05/2016 a 10/09/2016 553 0% 615
10/09/2016 a 10/01/2017 615 0% 689
10/01/2017 a 10/05/2017 689 20% 827 + 82 = 909

Elaborado pelo autor com os dados do RI

 

Olhem que interessante! O Júlio comprou apenas 618 ações Ciel3, mas agora ele já tem 909 ações, graças às bonificações ocorridas. Neste ponto, já conseguimos calcular o preço médio das ações de Júlio. Aquele que usamos para auferir lucro para fins de tributação de Imposto de Renda. O Total gasto nas compras foi de R$ 21989,70 e o total de ações que Júlio tem hoje são 909, portanto dividindo um numero pelo outro tem-se que o preço médio de Júlio é de R$ 24,19. Inclusive maior que o preço atual da ação de R$ 22,70. Se Júlio vendesse hoje as ações ele teria prejuízo em termos de Imposto de Renda, ou poderia abater de algum outro lucro.

Obs: Estou excluindo o custo unitário por ação atribuído na bonificação, visto que este assunto não faz parte do escopo desse artigo.

Mas durante esses 3 anos e 8 meses de investimentos, Júlio recebeu dividendos de Cielo. Inclusive dividendos e juros sobre capital próprio semestrais, como podemos ver na tabela abaixo retirada também do site de RI da empresa.

quanto-renderam-as-acoes-02

Retirado do site de RI de Cielo

Recebimento de Dividendos

De posse desses dados podemos construir uma nova tabela mostrando quanto Júlio recebeu de dividendos ou proventos em cada momento, nestes últimos anos. Os juros sobre capital próprio já estão descontados da alíquota retida na fonte (15%) Veja abaixo:

 

Data Qtdd de ações Valor distribuído liquido por ação Valor em Reais total
31/03/2014 30 R$ 1,21838 (JSCP líquido+div) R$ 36,55
30/09/2014 160 R$ 0,672795 R$ 107,65
31/03/2015 211 R$ 0,48481 R$ 102,29
30/09/2015 354 R$ 0,26981 R$ 95,51
31/03/2016 412 R$ 0,2763 R$ 113,84
30/09/2016 615 R$ 0,256305 R$ 157,63
31/03/2017 689 R$ 0,25996 R$ 179,11
29/09/2017 909 R$ 0,47115 R$ 428,24 (previsto)

Elaborado pelo autor

 

Quero que vocês prestem atenção em dois aspectos principais aqui:

O primeiro é como o dividendo de Cielo subiu agora nesta última divulgação. Isto provavelmente deve atrair investidores que buscam empresas geradoras de caixa e boas pagadoras de dividendos. Existem muitos fundos e muitos investidores com esse perfil. Por isso essa ação foi uma das escolhidas no programa que eu fiz segunda feira dia 28/08/2017 no canal da Modal. Conheça as outras quatro clicando aqui.

O segundo é que a empresa possui uma constância na distribuição de dividendos. Portanto, é bem interessante para quem compra visando uma renda extra. É bem possível se programar para a grana cair em Março e Setembro. Dificilmente a empresa te deixará na mão. El, às vezes, paga um pouco menos, mas sempre pagou.

Mas, após tudo isso que fizemos até aqui, vamos até o excel para utilizar a fórmula XTIR. Lançaremos todos os valores de entradas e saídas de dinheiro que tivemos. As compras como representam saída de dinheiro terão sinal negativo. Os pagamentos de dividendos, como são entrada de dinheiro na nossa conta terão valor positivo, e por fim, o valor atual com sinal positivo. Afinal estamos calculando, qual seria a rentabilidade do Júlio em Cielo se ele as vendesse hoje.

Notem, então, na tabela a seguir que após a venda das ações ainda existe um juros sobre capital próprio que já foi retirado do preço da ação, no valor bruto de 0,1199. Mas na tabela já foi colocado o valor líquido de IR retido na fonte. Os dividendos que aprecem na tabela do RI da Cielo ainda é estimado, e a ação só ficará ex-dividendos em 18/09/2017. Por isso, há uma diferença, entre os proventos (dividendos + JSCP) das duas tabelas do dia 29/09/2017

Percebam também que a rentabilidade deste investimento está negativa. Uma Taxa de Retorno de -1,127% ao ano.

O lançamento na fórmula Xtir é muito fácil. Só precisamos lançar na linha abaixo a data e o aporte que fizemos, ou a data com os dividendos que recebemos. Após a tabela coloquei uma foto da fórmula como deve ser lançados os parâmetros para facilitar:

 

quanto-renderam-as-acoes-03

quanto-renderam-as-acoes-04

 

Concluindo

E para terminar, se usássemos aquela fórmula inicial que o Júlio queria usar de pegar todo o valor aportado e dividir por todo o valor recebido. Teríamos feito

R$ 21519,52 / R$21989,70 – 1 = -2,13818% no total

Ou -0,588% ao ano de retorno

Logo, isso está ERRADO!!!

 

O fato da empresa, gerar resultados consistentes ao longo dos anos e estar caindo de preço, fez com que ela ficasse muito descontada, inclusive ela quase entrou na carteira de Preço / Lucro abaixo da média na área de membros. Clique aqui e conheça a área de Membros Gold. Conheça as carteiras existentes e veja qual se encaixa mais ao seu perfil.

Espero que vocês tenham gostado e aprendido como se calcula a rentabilidade de qualquer ação que vocês tenham na carteira.

A dica que eu dou é sempre que você fizer qualquer transação que gere uma entrada de dinheiro, como recebimento de proventos, ou venda parcial, faça o lançamento na planilha no mesmo dia. E se fizer uma compra de ações, ou uma subscrição que haja saída de dinheiro da sua conta para a aquisição de um ativo, lance também no mesmo dia, mas com sinal negativo.

Assim, o único trabalho que você terá será colocar a fórmula do XTIR. Se você tiver um link RTD, a fórmula pode ficar girando, inclusive em tempo real durante o pregão, embora eu não considere recomendável ficar olhando a rentabilidade em tempo real, o tempo inteiro. Acho que te induz a vender com qualquer lucro.

Abraços e Bons Investimentos

Daniel Nigri  analista CNPI

 

 

  • André Leão

    Daniel a cotação do UOL é descontada logo não vejo pq entrar dividendos e JCP na conta.