“Azar” nos Investimentos

0
106

Na primeira queda já culpam o AZAR.

“Seis fases de um projeto: Entusiasmo; Desilusão; pânico; busca dos

culpados; Punição dos inocentes; Glória aos não participantes”

  • A cotação dos ativos que eu compro sempre cai, acho que o problema sou eu

Questão de probabilidade, ou seja, é renda variável e vai variar, logo existe 50% de chance de cair ou subir, a tendência muda a partir do momento que você acredita ser mais forte que o mercado, ou seja, compra um ativo em clara tendência de baixa acreditando que sua compra é diferente e fará o ativo milagrosamente recuperar a cotação (exceção para multimilionários).

E como a base amostral é grande e os ativos diversos, sempre existirá alguém em algum momento que poderá a firmar a veracidade dessa lei no mercado.

  • Quanto maior a concentração em um ativo, maior a chance de perder patrimônio se algo der errado, ou então quando maior a altura maior o tombo.

Quando o pão cai a probabilidade é de 50/50 em relação ao lado da manteiga cair e sujar o carpete/chão e inutilizar a possibilidade de consumo do pão, porém existem variáveis a considerar nos investimentos, como por exemplo: se a cotação do ativo cair e ele perder fundamento ou ficar pouco/nada rentável durante muito tempo, o quanto representa de perda no seu patrimônio? Você iria à falência?

Amanhã pode surgir uma notícia que derrube a cotação do ativo?

Ou que faça ela aumentar bastante?

Probabilidades incluem variáveis que não podem ser previstas e elas tem chance de ocorrer ou não, logo quando você coloca todo seu dinheiro em um ativo, está aumentando o risco, independente do ativo ser considerado “o melhor ativo do mundo” o que diga-se de passagem não existe, afinal são negócios e estão expostos a inúmeras variáveis de mercado. Óbvio que em se tratando de  ativos que possuem números sólidos, capital significativo, as coisas não pioram de hoje para amanhã, o que pode ocorrer com empresas em situação mais arriscada, com dívidas altas e mercado consumidor comprometido, mas elas não são a prova de mercado, vide Eternit, CSNA, Cielo, Banco nacional, etc.

Ninguém sabe o que vai acontecer amanhã, logo as probabilidades são calculadas a partir de um viés que é estabelecido devido aos números passados e os projetados, mas o risco de alguma coisa “boa” ou “ruim” acontecer, sempre existe.

Quanto maior o risco maior a possibilidade de retorno ou de perda, se cair a manteiga suja o carpete e você se sentirá azarado, se não sujar você se sentirá a pessoa mais inteligente do mercado

 

 

 

Lembrando que aqui alguns investidores praticam as “tentativas” de melhorar a perda, ou seja, comprar mais e mais para tentar “amenizar” o tal de preço médio, e com isso ter a ilusão de estar controlando a situação.

OBS: o que começou errado tem uma probabilidade imensa de aumentar ainda mais o estrago, se você usar só a emoção e não a razão, por exemplo:

Eu faço meus primeiros investimentos em renda variável pois o índice subiu muito,  já é notícia no JN, e o discurso nas redes é:  “ganhar dinheiro na bolsa é fácil, tudo está subindo sem parar”, esse discurso ganha mais e mais força e mais hipóteses comprovadas, afinal aumenta a amostra e o índice sobe e bate recordes, ou seja, mais pessoas vencedoras e ricas na bolsa

Um caso recente foram as compras em BTC por algumas pessoas que sequer compreendem o conceito do investimento, ou pessoas que não entendem os números do negócio, mas compram a ação pois acreditam em todas as empresas promessas de turnaround, e que continuam até hoje tentando melhorar o investimento, aportando mais e mais em uma possibilidade de ficar milionário com a “ação certa” em um prazo pré definido, que geralmente é dentro de um ano, no máximo.

Mesmo raciocínio para o famoso fazer preço médio quando a ativo começa a recuar por apresentar fraqueza nos resultados, e então compra-se um montante enorme de dinheiro (desequilibrando o percentual na carteira) afinal é uma “chance imperdível”.

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

Isso geralmente ocorre quando a pessoa pensa que:

A análise do ativo é desnecessária, o conhecimento do negócio não importa, a logística não determina o lucro, ler é inútil, porque tudo depende da cotação, e ela é pura e simples mágica.

E por fim, uma das frases que eu mais gosto de adaptar ao mercado financeiro:

Confiança é aquele sentimento que você tem antes de compreender a situação.

Não existe certeza em renda variável, então fique esperto e invista em bons negócios.

Patrícia Rossari

Especialista em Gestão de Negócios/Logística

Aproveite o preço promocional da Dica Beginner, clique aqui para conferir.