IRB Brasil negocia comprar carteiras de rivais no Brasil e no exterior, dizem fontes

0
58

Na semana passada, o próprio IBR informou que era alvo de fiscalização da reguladora Susep por apresentar insuficiência na composição dos ativos garantidores de provisões técnicas e, consequentemente, de liquidez regulatória.

Se o IRB não conseguir convencer a Susep de que suas provisões estão adequadas, pode ser obrigado a vender ativos, como imóveis, para recompor suas reservas.

Segundo uma segunda fonte, a decisão de tomar a dianteira e revelar que é alvo de investigação da Susep é parte da estratégia de se antecipar para mostrar aumento da transparência e recuperar a confiança do mercado.

Esse movimento deve ter novos capítulos nas próximas semanas, antes da divulgação do resultado do primeiro trimestre, previsto para 18 de junho, com a empresa dando um detalhamento maior sobre aspectos que possam sensibilizar a percepção dos investidores, como a das provisões técnicas, disseram as fontes.

Consultado pela Reuters, o IRB afirmou em nota que “avalia permanentemente oportunidades de possíveis operações, no Brasil e no exterior, que estejam alinhadas à sua estratégia de negócios”.

Sobre os planos de revelar detalhes sobre questões relativas a reservas técnicas e outras questões do balanço, a resseguradora afirmou que “comunicará oportunamente quaisquer fatos ou decisões relativas à companhia que sejam de interesse dos seus acionistas, clientes e do mercado”.

Fonte: Investing/ Reuters

O TCP 2020 começa essa semana oficialmente e não poderia vir em um momento mais propício como esse.

Estamos em um momento que pode ser crucial para o desenvolvimento do seu patrimônio, e em função disso, nos sentimos na obrigação de adiantar o lançamento dessa turma do TCP (Treinamento de Crescimento Patrimonial) em 2020.

A maioria vai ficar paralisada esperando a crise passar. Estes irão eventualmente perder dinheiro ou buscarão a “segurança” da Renda Fixa.

Investidores assim dificilmente conseguem resultados no longo prazo, por falta de visão e por terem dificuldades em ver além da crise e identificar oportunidades que poderão ser o divisor de águas nos seus investimentos.

Outros, conseguem ter sangue frio e mesmo em meio à neblina da crise, conseguem aproveitar verdadeiras oportunidades.

Pagina do TCP (Treinamento Crescimento Patrimonial)