Resultados: Localiza, Itaú, Neogrid e PetroRio

0
5

Localiza: lucro cresce 108,9% no 1T21

O lucro líquido no 1T21 foi de R$ 482,3 milhões, representando crescimento de 108,9% em relação ao 1T20.

No 1T21, o EBITDA consolidado totalizou R$ 805,8 milhões, 27,4% maior que o mesmo período do ano anterior.

Itaú tem lucro contábil de R$ 5,4 bi no 1T21. Lucro recorrente soma R$ 6,4 bi

O Itaú (ITUB4) divulgou na noite desta segunda-feira, 3, o resultado do primeiro trimestre de 2021. O banco teve lucro líquido contábil de R$ 5,414 bilhões no 1T21, alta de 59% em relação ao 1T20, quando o lucro tinha sido de R$ 3,401 bilhões.

Considerando o lucro líquido recorrente, que exclui fatores extraordinários, ficou em R$ 6,398 bilhões.

O retorno recorrente sobre o patrimônio líquido médio anualizado foi de 18,5% no 1T21, alta de 5,7 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2020.

“Entre os fatores que explicam o resultado estão a gestão eficiente dos custos, o programa Travessia, que apoiou os clientes nos momentos mais difíceis da crise e tem se traduzido em menor inadimplência, e o bom desempenho em linhas de negócios, tais como crédito imobiliário e financiamento de veículos. São exemplos de que o atendimento de qualidade e alinhado às necessidades dos clientes se refletem positivamente nos resultados”, explicou o banco.

Segundo o Itaú, como resultado de uma gestão estratégica de riscos, o custo do crédito, que inclui a despesa de provisão para créditos de liquidação duvidosa (PDD), recuou 59,2% no primeiro trimestre, quando comparado a igual trimestre do ano passado, para R$ 4,1 bilhões.

“Entre janeiro e março deste ano, a despesa de provisão para créditos de liquidação duvidosa foi de R$ 4,4 bilhões, 57,3% menor do que a observada no primeiro trimestre de 2020 quando tivemos uma alteração relevante no cenário macroeconômico por conta da pandemia”, explicou o banco.

O índice de inadimplência medido por créditos vencidos há mais de 90 dias atingiu 2,3%, estável em relação ao trimestre anterior e redução de 0,8 pontos percentuais quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Veja mais dados do resultado:

Lucro da Neogrid salta 117,5% no 1T21

A Neogrid Participações (NGRD3) informou na noite desta segunda-feira, 3 de maio, o resultado do 1T21. A empresa, desenvolvedora de soluções para a cadeia de suprimentos, registrou lucro líquido de R$6,3 milhões no período, alta de 117,5% em relação ao 1T20.

O Ebitda foi de R$14,3 milhões, 16,9% a mais que no mesmo período do ano passado. A margem Ebitda ficou em 24,6%, 0,4 p.p. a mais que no 1T20.

A receita líquida cresceu 15,2% na comparação com o 1T20, a R$58,4 milhões.

Confira os destaques:

PetroRio tem prejuízo no 1º tri; produção sobe 33,6%

A petroleira PetroRio (SA:PRIO3) registrou prejuízo líquido de 39,76 milhões de reais no primeiro trimestre de 2021, ante lucro de 46,2 milhões de reais apurado em igual período do ano passado, em resultado sem IFRS-16, informou a companhia nesta segunda-feira.

Segundo a empresa, o resultado foi impactado negativamento pelo efeito contábil (não caixa) da variação cambial, que atingiu 285 milhões de reais, e da depreciação e amortização de novos ativos.

A PetroRio reportou lucro ajustado antes de antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda ajustado) de 427,9 milhões de reais nos três primeiros meses do ano, alta de 1.209% na comparação anual.

A companhia destacou que apesar do impacto contábil no resultado financeiro, a desvalorização do real foi positiva para Ebitda e geração de caixa livre, uma vez que cerca de metade dos gastos são denominados em real e 97% das receitas em dólar.

“Os principais fatores que impactaram o desempenho financeiro da PetroRio foram a conclusão da aquisição de 30% de participação no Campo de Frade da Petrobras (SA:PETR4)… e a recuperação do preço do Brent, que atingiu uma média de 61,32 dólares por barril no trimestre, compensando a queda observada ao longo do ano de 2020”, disse a PetroRio em comunicado.

Em termos operacionais, a produção da PetroRio avançou 33,6% no período, para 31.317 barris de óleo equivalente por dia (boed), impulsionada pela aquisição de fatias no campo de Tubarão Martelo, concluída em agosto de 2020, e no campo de Frade, fechada no último mês de fevereiro.

Quer ter acesso as nossas  carteiras? FIIs, Ações e outras áreas do site?