Dividendos podem diminuir: Destaques para IRB e ENBR

0
65

Dividendos podem diminuir: Destaques para IRB e ENBR

Mudanças

As empresas no início do ano após a divulgação de resultados possuem um conselho de administração que fazem uma proposta para a destinação do lucro líquido apurado no ano anterior.

A maior parte das reuniões do conselho de administração foram realizadas ainda em Fevereiro ou no início de Março quando não imaginávamos que os impactos do lockdown seriam tão grandes,

Dessa forma já vemos empresas procurando proteger o Caixa.

IRB diz que conselho recomenda reavaliação de proposta de dividendo

Na noite de ontem o IRB propôs a alteração dos dividendos e da remuneração dos administradores,

O IRB Brasil RE comunicou nesta quarta-feira que o seu conselho de administração recomendou à nova diretoria da resseguradora que reavalie a proposta de distribuição de dividendos em meio aos impactos gerados pela pandemia de coronavírus.

Em fato relevante, a resseguradora destaca o momento atual, “sobretudo em razão da incerteza de cenários, decorrentes do agravamento da crise do Covid-19 nos últimos dias”.

A recomendação vem após uma série de mudanças no comando da companhia, na esteira de ruídos envolvendo a contabilidade da empresa e saída do presidente do conselho, além informações desmentidas de que a Berkshire Hathaway seria acionista.

Conforme sinalizado em teleconferência no começo do mês, o IRB também disse que será revista e objeto de nova proposta aos acionistas a remuneração dos administradores, que não contará mais com o bônus chamado ‘Programa de Superação’.

Fonte: Money Times

EDP Brasil reduzirá dividendos para preservar caixa em meio à crise do coronavírus

A Energias do Brasil que tinha uma proposta para distribuição de R$ 0,60 para ser votada em assembleia. vem opinar favoravelmente à alteração da proposta da administração de destinação do lucro líquido e distribuição de dividendos referentes ao exercício de 2019, para prever (i) a redução do montante total a ser distribuído na forma de dividendos, de R$604.806.050,00, correspondentes a 47,59% do Lucro Líquido Ajustado do exercício de 2019, para R$ R$353.491.061,74, correspondentes a 27,81% do Lucro Líquido Ajustado do exercício de 2019, sendo (a) R$236.000.000,00, correspondente a R$0,390207737 por ação ordinária, a título de juros sobre capital próprio, e (b) R$117.491.061,74, correspondente a R$0,194262378 por ação ordinária, a título de dividendos; e (ii) o aumento da proposta de Retenção de Lucros, de R$666.153.480,96 para R$918.873.185,21.

E como fica

Se por um lado é bom para a empresa se resguardar no curto prazo retendo uma parte maior dos lucros que podem ser usados no futuro para gerar uma dívida menor ou até mesmo pode vir a ser distribuído no futuro caso os impactos sejam menores que o esperado, por outro lado o acionista fica chateado pois esperava um dividendo maior que não virá.

Enauta tem uma proposta para aprovar R$ 1,14 em dividendos no dia 16/04, e não é novidade para ninguém o cenário desafiador do mercado de petróleo para esse ano de 2020. Será que ela pode ser a próxima?

Por: Daniel Nigre e apoio de Marcelo Rabinovici

Você conhece os nossos planos de assinaturas?

Veja todas as possibilidades de planos e escolha de acordo com seu perfil

Clique e conheça a página dos planos e possibilidades