Análise de Serviços: Fleury – FLRY3

0
370
FLRY3

Análise de Serviços: Fleury – FLRY3

Saúde é o Negócio do Futuro?

A expectativa de vida do brasileiro no ano 2000 era de 70 anos, em 2010 subiu para 73 anos, a previsão para 2020 é de 76 anos, para 2040 projeção de 80 anos.

O crescimento da população com mais de 60 anos de 2015 a 2025 é de 4%, saindo de 8,2% e chegando a 12,2%, e tudo isso considerando que os planos de saúde têm uma penetração no mercado de apenas 25%, ou seja, ainda tem muito espaço para crescer.

Então a escolha hoje se baseia na pergunta recorrente de tantos investidores, afinal, quais segmentos serão mais resilientes no futuro?

A resposta ainda segue a mesma: serviços e produtos essenciais.

Então vamos falar sobre Fleury, uma empresa que iniciou as atividades como laboratório de análises clínicas, na cidade de São Paulo, em 1926.

São 92 anos de história

Em 1982, ela implanta o sistema informatizado para atendimento ao cliente, a primeira empresa no setor a fazer isso, em 1994 passa a trabalhar com códigos de barras nos exames para uma maior segurança no processo, e em 1998 a primeira a disponibilizar os resultados dos exames pela internet.

Isso mostra que ela sempre foi pioneira em buscar soluções que facilitassem o processo e permitisse uma maior eficácia dos serviços prestados.

E como essa empresa gera valor? De onde vem o dinheiro, o faturamento?

Posicionamento de mercado em 2016:

FLRY

Retirado do material da empresa

Em 2009 abre capital na bolsa de valores, no dia 17 de dezembro, com os papéis valorizando 14,06% em relação ao preço inicial de R$ 16,00, ou seja, com um valor e mercado de 2 bilhões aproximadamente. A oferta pública correspondia a 34,251 milhões de ações ordinárias, cerca de 25% do capital da empresa na época.

Observe as contas de resultado no ano do IPO:

FLRYFonte: ADVFN

Acompanhe o movimento da cotação nos últimos seis anos:

FLRY

 

Lembrando que o free-float da companhia após a venda das ações pelo fundo de Private Equity Advent Internacional (Advent) em 2017, saiu de 44,9% para 59,4%, a   posição acionária da Bradesco Seguros é de 16,3% e dos médicos-sócios é de 24,3%.

Em 2017, a empresa fecha o ano com a maior margem operacional desde 2009 no IPO, e isso ocorreu devido ao aumento da receita e um maior controle de custos (decisivo nesse setor), e o lucro líquido menor no final do ano se deu devido a um não recorrente anterior que prejudicou a comparação, fazendo o lucro líquido ceder 13,7% , sem considerar o impacto tributário não recorrente positivo, o lucro aumentou 53,3%.

Agora observe o comportamento da receita e dos lucros nos últimos anos para relacionar com o movimento da cotação do ativo:

FLRY

FLRYFonte: ADVFN

De 2001 a 2012 adquiriu 27 empresas para expansão dos serviços pelo território nacional, no ano de 2017, trinta novas unidades foram inauguradas, em São Paulo, no Rio de Janeiro, Paraná, Brasília e Rio Grande do Sul. Considerando as trinta e quatro unidades abertas desde 2016, o plano da companhia é de inaugurar  entre 73 a 90 unidades até o ano 2021.

FLRY

 

E o Futuro do Diagnóstico?

Em 2017, a empresa implantou 138 novos produtos, e aumentou o portfólio em diferentes especialidades médicas, lembrando que a medicina de precisão tem um enorme potencial de crescimento no mercado:

FLRY

Retirado do release da empresa

 

No momento a empresa tem um portfólio com mais de 280 testes na área Genômica, para entender melhor como essa área é importante e tem projeção de crescimento, acesse Medicina Diagnóstica Preditiva

E porque isso é importante?

Um dos motivos é que até o terceiro trimestre de 2018 as receitas provenientes dessa área de atuação cresceram 51%.

A empresa desenvolveu 16 testes, internamente, na área de genômica, sendo que 3 são testes para diabetes de tipos mais raros/genéticos, e em relação ao tratamento do câncer de Mama, a empresa está investindo em uma pesquisa inédita, em parceria com empresas americanas, no tratamento do câncer de mama por meio do teste genômico Oncotype, com isso pretende-se que em mais de 70% dos casos dos pacientes estudados não seja mais necessário o tratamento através da quimioterapia, e se isso de fato ocorrer, pode  resultar em uma  redução de cerca 30% no custo do tratamento.

O objetivo da empresa é ser líder nacional no segmento de alta complexidade de medicina diagnóstica, para isso investe no aumento de rentabilidade através da eficiência, reduzindo custos e diferenciando a prestação de serviços

Abaixo Bruta Média por Exame:

FLRY

Retirado do Release da Empresa

 

Evolução da geração de caixa operacional e alavancagem

As operações de fusões e aquisições continuam sendo executadas com eficácia, o ebitda crescendo, de 12 para 24% na comparação semestral 2017/2018, com um aumento de receita sustentável e margem ebitda aumentando, mesmo com a economia ainda em crescimento lento.

FLRY

No terceiro trimestre o Fluxo de Caixa Operacional registrou R$ 173,5 milhões, ou seja, aumento de 1,7%

Caixa operacional/ebitda foi de 95,6 número este 8,8% menor que no terceiro trimestre de 2017

As atividades de investimento foram de R$ 655,0 versus R$ 247,1 milhões no comparativo de nove meses.

As atividades de financiamento foram de R$ 41,3 milhões versus R$ 171,5 milhões no comparativo dos 9 meses/ano.

No trimestre, a empresa amortizou R$ 7,3 milhões (financiamentos) e pagou R$ 13,2 milhões de juros, (debêntures e financiamentos), no ano foram R$ 50,3 milhões (juros).

Uma dívida bruta/Patrimônio Líquido de 0,80

Dívida Líquida / EBITDA de 0,8 versus 0,6 no primeiro trimestre de 2018

CAPEX / Fluxo de Caixa Operacional de 0,47

Endividamento Financeiro de 44%

As ações da empresa sofreram desdobramento em junho e encerraram o ano de 2017 cotadas a R$ 29,61 e hoje abriram cotadas a R$ 20,60 (21/11/2018).

Hoje o P/L da empresa é de 18

P/VP de 3,7x

VPA de 5,4

ROE de 19%

Com um valor de mercado de R$ 6.404.830.000

D/Y de 4,7%

Abaixo os dividendos pagos nos últimos anos:

FLRYFonte: ADVFN

Riscos

O resultado operacional da empresa depende enormemente dos contratos com as operadoras de planos de saúde e hospitais, e a receita destes contratos foi 90% da receita bruta total no ano de 2017, lembrando que são contratos com prazo indeterminado e podem ser encerrados a qualquer momento, sem penalização ou reposição financeira qualquer.

Outro fator que deve ser levado em consideração é a concorrência (tanto interna quanto externa) de outros grupos e da própria verticalização de alguns hospitais (filantrópicos principalmente, que contam com regimes de isenção tributária), logo a importância de diferenciar seus serviços e fazer uma gestão de custos eficaz é essencial.

Lembrando que a maior parcela na composição dos custos da companhia, representando 34% da receita líquida, são com pessoas e serviços médicos, em segundo lugar os aluguéis e serviços com ocupação (entra locação de equipamentos e energia elétrica), e que representam 19,8% da receita líquida, depois temos material direto e intermediação de exames com 10% e depreciação e amortização, com 5%.

Então é possível uma retração de margem após a expansão, se a concorrência for agressiva.

Outro item essencial é uma análise das contas a receber, já que se trata de contratos e recebimentos que podem atrasar e comprometer o giro, veja o quadro retirado do release da empresa:

FLRY

O prazo médio de recebimento ficou em 68 dias, versus 67 dias no terceiro trimestre de 2017.

Conclusão

Então saúde é um bom negócio?

Sim, a população está envelhecendo, e com isso a necessidade de atendimento aumenta. Com o crescimento econômico, as empresas voltam a fornecer benefícios como plano de saúde e isso aumenta a demanda, e a pessoa pode optar por pagar um plano de saúde individual se tem uma boa renda. Ou seja, é consequência de fatores externos.

E a empresa é boa?

É uma empresa em expansão, que busca aumentar participação no território nacional e ao mesmo tempo investe em pesquisas avançadas em áreas de diagnósticos que podem mudar a forma como algumas doenças são detectadas, pra isso investe e gera dívida, afinal precisa manter diferencial competitivo.

Tem riscos como qualquer negócio, e tem projeções que podem mudar o patamar de rentabilidade a longo prazo.

A decisão do investimento é sempre individual, então analise os números e as projeções, se não conseguir entender algo, questione o RI até entender, afinal é seu dinheiro em jogo.

Espero ter contribuído para ajudá-lo a conhecer melhor o negócio e instigá-lo a se aprofundar.

Informação é dinheiro

Até a próxima semana.

Patrícia Rossari

 

*Aproveite os últimos dois dias da promoção Black Friday da Área de Membros Dica de Hoje. Você terá todo o conteúdo disponibilizado para os Membros Gold por 3 anos e ainda ganha um mês grátis, ou seja são 37 meses e o desconto é bem grande. Clique aqui e descubra todas as opções de planos. Compare você mesmo (a).