Resumo dos Resultados de BB Seguridade

0
209
resultados-bbse-square

resultados-bbse-capa

Resumo dos Resultados de BB Seguridade

BB Seguridade (códigos Bovespa: BBSE3)

RESUMÃO – Resultados 4T17:

(Data de divulgação: 14 de Fevereiro/2018)

(Dados retirados do site de RI)

 

Pontos POSITIVOS:

– Despesas gerais e administrativas:

No 4T17, as despesas gerais e administrativas da holding apresentaram queda de 66,9% em relação ao 4T16. No acumulado de 2017, a queda foi de 45,5% em relação a 2016. Esta queda foi justificada principalmente pela redução das despesas com serviços técnicos especializados, que foram mais elevadas em 2016 em função da contratação de empresas de consultoria para projetos da companhia, e, pela retração das despesas de pessoal, em função de revisão realizada no modelo de rateio de despesas entre a holding e suas subsidiárias integrais, BB Corretora e BB Seguros.

resumo-dos-resultados-bb-seguridade-01

 

– Desempenho – Brasilprev:

No segmento de previdência, operado pela Brasilprev, o lucro líquido registrou crescimento de 8,1% em 2017, atingindo R$ 1,1 bilhão. O desempenho no comparativo é resultante do aumento do resultado operacional não decorrente de juros, explicado tanto pelo incremento de 21,7% das receitas com taxas de gestão, como pela melhora de 1,6 p.p. no índice de eficiência. No entanto, no ponto de vista negativo, as contribuições totais de previdência e seguros atingiram R$ 41,1 bilhões em 2017, queda de 13,4% em relação ao montante reportado em 2016. A contração no volume de contribuições resultou em um decréscimo de 37,2% na captação líquida, que totalizou R$ 17,9 bilhões em 2017.

Mesmo com as quedas observadas nas captações bruta e líquida, as reservas de previdência apresentaram crescimento de 18,7% no período, totalizando R$ 234,5 bilhões ao final de 2017, garantindo à empresa a liderança de mercado com 30,6% de participação, conforme dados da Susep.

 

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

Pontos NEGATIVOS:

– Lucro líquido ajustado:

No 4T17, o lucro líquido ajustado atingiu R$ 940,9 milhões, queda de 12,5% em relação ao reportado no 4T16 (R$ 1.075 milhões). Em relação ao 3T17, a queda foi de 7,9% e no acumulado 2017, a queda foi de 4,8%. Lembrando que o lucro líquido ajustado desconsiderou o resultado da oferta pública inicial de ações do IRB Brasil-RE contabilizada no 3T17 que totalizou R$ 171,2 milhões.

resumo-dos-resultados-bb-seguridade-02

– Resultado operacional:

O resultado operacional não decorrente de juros registrou retração de 13,4% em relação ao 4T16, decorrente em grande parte do aumento no índice de despesas gerais e administrativas na BB MAPFRE SH1 e de uma maior sinistralidade no IRB. No acumulado de 2017, a queda foi de 1,5% em relação a 2016.

 – Resultado financeiro:

O resultado financeiro combinado da BB Seguridade e de suas controladas e coligadas totalizou R$ 297,2 milhões no 4T17, queda de 10,3% em relação ao 4T16. No acumulado 2017, a redução foi de 12,2%, impactado pela redução na taxa Selic e pela queda nos índices de inflação. Estas quedas no resultado financeiro foi o principal fator responsável pela retração do lucro líquido.

ROAE:

No 4T17, o retorno anualizado sobre o patrimônio líquido médio atingiu 42,2%, queda de 10,0 p.p. em relação ao 4T16.

Desempenho – Grupo Segurador BB E MAPFRE:

No segmento de seguros de vida, rural e habitacional, operados pela BB MAPFRE SH1, o lucro líquido foi de R$ 1,5 bilhão em 2017, retração de 11,1% em relação ao resultado reportado em 2016. O desempenho no período é explicado pela queda no resultado operacional.

 

Já o segmento de seguros patrimoniais e automóvel, operado pela MAPFRE BB SH2, registrou prejuízo líquido de R$ 19,3 milhões em 2017, ante um lucro líquido de R$ 269,5 milhões em 2016, impactado também pela queda no resultado operacional.

 

– Desempenho – Brasilcap:

O lucro líquido do segmento de capitalização, operado pela Brasilcap, alcançou R$ 255,6 milhões em 2017, com queda de 41,8% em relação ao ano de 2016. A redução observada é explicada principalmente pela retração de 34,3% do resultado financeiro.

 

– Guidance 2017 e 2018:

resumo-dos-resultados-bb-seguridade-03

 

 

 Conclusão sobre os resultados:

Resultado decepcionante de BB Seguridade que inclusive me fez cortar a recomendação que eu tinha sobre a ação.  Vê-se pelos pontos expostos no resumo que não se trata de uma queda momentânea dos resultados, mas sim de algo que deve se tornar recorrente.

A queda dos lucros foi bastante superior a minha expectativa e para piorar veio a expectativa da gestão da empresa de que o Guidance para 2018 será de crescimento de 2% do lucro líquido no cenário otimista. Ou seja, a tendência é BBSE encerrar 2018 com lucro inferior ao de 2016.

Outro fator preponderante para cortar a recomendação é que esta sempre se baseou no crescimento da procura por previdência privada que poderia existir com a Reforma da Previdência. O melhor braço de negócios inclusive de BBSE3 é a Brasilprev, único relevante com crescimento.

No mesmo dia que encerramos o call em BBSE3, já dei call em uma nova ação que poderá trazer dividendos bem próximos ao de BBSE3, mas com potencial de crescimento para esse ano de 2018, com o crescimento da economia como um todo, e ainda com alguma proteção contra uma alta do dólar.

Publicamos também recentemente, a análise do Banco ABC, confira aqui.

Na Área de Membros Dica de Hoje em Janeiro, fechamos uma recomendação em Cielo com alta de 12%, agora em Janeiro. Aqueles preços entre 20 e 22 eram muito baixos para empresa, pois fazia ela operar em Preço/Lucro de 13, o menor da série histórica.

Além dessas existem muitas outras análises tanto em texto (relatórios) quanto em vídeos, assine já a área de membros Gold!

 

Para assinar o Plano Mensal: Clique aqui

Para assinar o Plano Anual com desconto anual de 32% !!

Pagando menos de R$1,00 por dia! Clique aqui

Novo curso de opções Dica de Hoje, clique aqui.

Abraços e Bons Investimentos!

Daniel Nigri (analista CNPI)

Com a ajuda de Leo Bittencourt

 

Disclosure

Elaborado pelo analista independente Daniel Isaac Nigri CNPI 1810, este relatório é de uso exclusivo de seu destinatário.

Este estudo é baseado em informações disponíveis ao público nos próprios sites de RI das empresas analisadas ou comparadas, consideradas confiáveis na data de publicação.

As opiniões, aqui expressas, estão sujeitas a mudanças, por se tratarem de estimativas baseadas em fundamentos e projeções de futuro que podem ou não ocorrer.

Este relatório não representa oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros.

As análises, informações e estratégias de investimento têm como único propósito fomentar o debate entre o analista responsável e os destinatários. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as próprias análises e estratégias. (Caminhar com as próprias pernas e ter bom senso)

Informações adicionais sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros aqui abordados podem ser obtidas mediante solicitação, e serão arquivadas por 5 anos conforme determinação da CVM.

O analista responsável pela elaboração deste relatório declara, nos termos do artigo 17º da Instrução CVM nº 483/10, que as recomendações do relatório de análise refletem única e exclusivamente a sua opinião pessoal e foram elaboradas de forma independente.

O analista Daniel Isaac Nigri CNPI é o responsável principal pelo conteúdo do relatório e pelo cumprimento do disposto no Art. 16, parágrafo único da Instrução ICVM 483/10.