De Olho no Óleo – Panorama Semanal do setor de Petróleo e Gás Natural:

Panorama Semanal do setor de Petróleo e Gás natural (30/maio a 5/junho/2021)

(Por: Leo Bittencourt)

– Opep+ mantém inalterado o acordo de produção de petróleo:

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e Aliados (Opep+) manteve inalterado seu acordo de produção de petróleo após reunião realizada nesta terça-feira (1/junho). Em comunicado, a Opep+ afirma que, “dados os fundamentos do mercado”, decidiu manter os patamares já acordados de produção para o mês de julho. Havia no mercado a expectativa por possíveis ajustes, diante da valorização recente dos barris.

De acordo com a Opep+, foi observado um “fortalecimento contínuo dos fundamentos do mercado, com a demanda de petróleo mostrando sinais claros de melhora e os estoques da OCDE caindo à medida que a recuperação econômica continua na maior parte do mundo diante dos programas acelerados de vacinação“.

Em abril, destaca o comunicado, o acordo de produção teve 114% de comprometimento, incluindo México. (Fonte: Estadão Conteúdo) (Eu escrevi sobre a fundação da OPEP no livro Ouro Negro)

– New Fortress obtém licença para instalar terminal de GNL em Santa Catarina:

A New Fortress Energy (NFE) obteve licença de instalação do órgão ambiental de Santa Catarina para seu projeto de um terminal de gás natural liquefeito (GNL) que promete ser um ponto crítico de suprimento de energia alternativa para a região Sul do Brasil, informou a companhia no fim de semana.

O terminal será construído a 300 metros da costa, no município de São Francisco do Sul, e escoará o gás por um gasoduto submarino que corre sob a Baía da Babitonga até sua margem norte, na cidade de Itapoá. O empreendimento contará ainda com um navio atracado permanentemente denominado Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação, conhecida como FSRU, que pode fornecer até 15 milhões de metros cúbicos por dia de gás. A rota do gasoduto para fornecimento de gás seguirá por um gasoduto enterrado até Garuva (Ramal Babitonga), que conectará a Instalação de Regaseificação de Babitonga ao Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol), disse a empresa. (Fonte: Reuters)

– Irã deve priorizar o aumento da sua produção de petróleo:

O Irã deve tornar prioridade o aumento da produção atual de petróleo até quase triplicá-la para reforçar sua “potência”, declarou nesta segunda-feira (31/maio) seu ministro do Petróleo, um dia antes de uma reunião dos membros da OPEP.

Aconselho ao próximo governo, qualquer que seja, aumentar a produção de petróleo [do país] a 6,5 milhões de barris [diários] como uma primeira prioridade“, declarou Bijan Namdar Zanganeh, citado pela Shana, agência oficial de seu ministério.

O Irã, que produziu em março 2,3 milhões de barris diários (mbd), segundo os últimos números disponíveis da OPEP, elegerá novo presidente em 18 de junho. As sanções americanas contra a República Islâmica reduziram as exportações iranianas de petróleo e, consequentemente, a produção do país (que era de 3,8 milhões de mbd em 2017). (Fonte: AFP)

– Estoques de Petróleo nos EUA:

Na última quinta-feira (3/junho) foram divulgados os números dos estoques semanais de petróleo bruto dos EUA pela agência “Energy Information Administration (EIA)”. Os estoques de petróleo caíram 5,08 milhões de barris na semana passada em comparação com as expectativas dos analistas de uma queda de 2,3 milhões de barris.

Os estoques de gasolina avançaram 1,499 milhão de barris, a 233,98 milhões de barris, contrariando projeção de queda de 1,7 milhão de barris. Os estoques de destilados tiveram alta de 3,72 milhões de barris, a 132,802 milhões de barris, ante expectativa de redução de 1,1 milhão de barris. A taxa de utilização das refinarias subiu de 87% para 88,7% na última leitura, ante expectativa de estabilidade. A produção média diária dos EUA caiu de 10,6 milhões a 10,4 milhões na semana passada (Fonte: Estadão Conteúdo)

– Número de sondas americanas em atividades:

Ontem foi divulgado, pela empresa de serviços de energia Baker Hughes, a contagem do número de sondas de perfuração em atividade nos EUA. A contagem desta semana se manteve estável em relação semana passada, registrando um total de 359 sondas de perfuração em atividade. Na semana retrasada esta contagem tinha registrado um aumento de 3 sondas totalizando 359 sondas. Esses dados indicam um sinal de retomada da produção americana de Shale-Oil, no entanto, ainda está bem longe de recuperar os números de antes da pandemia, quando registrava em março a faixa de 680 sondas em atividades. Vamos ficar de olho! (Fonte: EUA – Contagem de Sondas Baker Hughes – Investing.com)

– Panorama Semanal do preço do Barril do Petróleo:

O petróleo ampliou os ganhos nesta sexta-feira, com o Brent, referência global, atingindo 72 dólares o barril pela primeira vez desde 2019 em meio à disciplina da Opep+ na oferta e à recuperação da demanda, que compensaram preocupações com o ritmo desigual da vacinação contra Covid-19 ao redor do mundo.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, conhecidos como Opep+, afirmaram nesta terça-feira que manterão seu acordo de restrição de oferta.

Um relatório semanal sobre oferta mostrou na quinta-feira que os estoques de petróleo dos EUA caíram mais que o esperado na semana passada.

Os preços aumentaram a alta após dados dos EUA mostrando crescimento dos empregos fora do setor agrícola em 559 mil vagas no mês passado, abaixo do esperado por analistas. O dólar perdeu força com o relatório, o que torna o petróleo mais barato para detentores de outras moedas e apoia suas cotações.

Os preços do petróleo também foram apoiados pela informação de que empresas de energia dos EUA cortaram nesta semana o número de plataformas de óleo e gás natural operacionais, pela primeira vez em seis semanas, segundo dados da empresa de serviços do setor Baker Hughes.

Além dessas notícias apresentadas, aconteceu uma desaceleração nas negociações entre os Estados Unidos e o Irã sobre o programa nuclear dos iranianos que também impulsionou o petróleo nesta semana, ao reduzir expectativas de um retorno da oferta do país islâmico ao mercado.

Após muito tempo, o petróleo aparenta ter encontrado um novo lar acima dos 70 dólares“, afirmou o corretor de petróleo PVM, Stephen Brennock. “O verão e abertura da economia global são altistas para a demanda por petróleo na segunda metade do ano“.

Os contratos futuros do Brent para o mês de agosto/2021, terminaram o dia com uma alta de 0,45%, encerrando o dia negociados a US$ 71,63 o barril na Intercontinental Exchange (ICE), em Londres. preços do WTI para o mês de julho/2021 apresentaram uma alta de 0,87%, sendo negociado a US$ 69,41 o barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). No acumulado semanal, a referência global Brent apresentou uma alta de 2,87% e a referência americana WTI alta de 4,23%(Fonte: Reuters / Investing.com)

Leonardo Bittencourt

Meu nome é Leo Bittencourt, tenho 37 anos, sou casado e pai de 1 filho. Sou formado em Ciência da Computação pela UFRJ e sou estudioso do setor de Óleo e Gás. Sou apaixonado por praias e pela vida simples do interior, especialmente por Minas Gerais, com suas serras, cafés e comidas artesanais. Como investidor comecei com 22 anos, comprando meus primeiros "pequenos" imóveis na cidade do Rio de Janeiro. De lá pra cá, me aventurei em alguns empreendimentos e entrei no Mercado de Ações em 2010 comprando minhas primeiras ações. Hoje a minha missão é ajudar pessoas levando maiores informações possíveis sobre investimentos, mercados e empresas!