Você sabe gastar dinheiro? De forma mais vantajosa?

0
16
Você sabe gastar dinheiro?

 

Você sabe gastar dinheiro?

“Tá de brincadeira, né? Isso é o que eu mais sei fazer!” Talvez você tenha pensado isso, mas esse não é o real sentido da minha pergunta. O que eu quero saber é se você sabe gastar dinheiro da forma mais vantajosa para você.

Neste artigo não vou nem entrar no mérito da real necessidade de você gastar seu dinheiro em A ou em B. Vou assumir que você está gastando naquilo que você efetivamente precisa, seja por subsistência, seja por lazer, ou o que quer que seja. Você sabe gastar seu dinheiro?

 

60% da população brasileira endividada

O fato é que ninguém nos ensinou a gastar corretamente. Infelizmente é algo que, por enquanto, não se ensina nas escolas, e muito menos em casa. Prova disso é o número de brasileiros endividados: mais de 60% da população.

Nesse cenário, as compras tendem a ser feitas por impulso ou até por comodidade. Não existe um planejamento prévio, uma pesquisa, uma comparação.

 

sem-dinheiro

 

“Cases” reais

Para ilustrar melhor vou contar aqui alguns casos reais que aconteceram comigo ou que eu tenha presenciado. Recentemente eu voltei de viagem e pude experimentar muitas dessas situações.

A primeira delas é negativa e mostra que nem sempre os antenados fazem o que deveriam fazer… Eu comprei a passagem faltando menos de 1 mês para a viagem. Isso aconteceu porque a princípio eu não ia, mas no fim decidi ir. A viagem já estava marcada há vários meses. Poderia ter economizado algumas centenas de reais, mas acabei gastando por falta de planejamento.

Passado esse momento, eu precisava me redimir. “Precisava” não é a palavra certa. A verdade é que comprar a passagem de última hora é algo que não faz o meu estilo de consumidor, então deixando isso para trás, eu voltei a me comportar como o consumidor consciente que sou.

O que aconteceu em seguida é que eu precisava alugar dois carros porque fomos em 7 na viagem e o aluguel era estritamente necessário para o nosso roteiro. Eu poderia ter deixado o aluguel por conta dos demais viajantes, mas preferi assumir a frente da empreitada. De antemão, sabia que eu economizaria no custo do seguro. Não satisfeito, procurei entre os serviços e produtos que consumo se algum deles tinha parceria com alguma locadora. Acabei descobrindo que o meu cartão oferecia 15% de desconto nas diárias. Por fim, a decisão de entregar os carros de volta no local de retirada, o aeroporto, ou em alguma outra loja pagando um adicional. Optamos pela entrega em outra loja pois mesmo gastando R$ 15 a mais por isso, ela era tão perto do hotel que o Uber deu cerca de R$ 5, totalizando R$ 20, enquanto o trajeto de Uber do aeroporto para o hotel custaria cerca de R$ 50. Sem contar no tempo a mais necessário para fazer esse trajeto maior. Somando os dois carros, quatro diárias, um deles com cadeirinha de bebê, entrega em local diferente da retirada e com os seguros da locadora, pagaríamos R$ 1.322,40, mas com todos os descontos, pagamos R$ 524,52, o que representa uma economia de mais de 60%.

Com uma economia desse porte, já poderia encerrar o artigo por aqui pois acho que ficou bem clara a necessidade de você saber gastar e de conhecer os benefícios que os produtos e serviços que você consome te oferecerem. No entanto, vamos seguir com os exemplos.

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

Dicas importantes

Outra coisa necessária durante a viagem foi pedir entrega de comida. Sabemos que não costuma ser a opção mais em conta nem a mais saborosa, mas depois de um dia longo de atividades, as vezes precisamos desse descanso. Mais uma vez, já que tínhamos que gastar, tentamos tirar proveito da situação. Uma prática muito comum de aplicativos de delivery é o envio de cupons de desconto. Praticamente todo dia eu recebo do iFood, as vezes do Uber Eats e do Rappi. Infelizmente as entregas tiveram um custo, mas o cupom de desconto foi maior que ele e ainda “sobrou” desconto para a comida propriamente dita.

Esses foram alguns exemplos que aconteceram na viagem, mas não se prenda a isso. Existem diversas formas de gastar melhor no dia-a-dia que geralmente ignoramos por algum motivo. A história do delivery pode ser facilmente replicada a qualquer momento, por exemplo.

 

compras-em-dinheiro

 

Durante algum tempo eu cortei o cabelo no prédio onde eu trabalhava por comodidade e, mesmo assim, gastava com consciência. O corte de segunda a quarta era mais barato. Por que eu deixaria para cortar na quinta ou na sexta?

Casos como esse e do delivery costumam ser ignorados pois a economia é pequena, mas da mesma forma que sabemos que pequenos gastos quando somados ficam grandes, pequenas economias quando somadas também ficam grandes. Construindo essa mentalidade, de brinde você pode emplacar uma economia bem maior de uma só vez, como foi o caso dos carros alugados. Por outro lado, sem economizar nas pequenas coisas, é bem improvável que você vá economizar nas grandes.

Conte-nos a sua experiência como consumidor. Está sempre antenado aos descontos e benefícios ou acredita que tudo isso é besteira e que não vale o tempo investido?

 

Aprenda a investir seu dinheiro

Se você tem lido e curtido meus artigos aqui para o Dica de Hoje, gostaria de te convidar a conhecer o meu canal no YouTube. Lá você encontrará diversos vídeos já gravados sobre Finanças, Investimentos e Mindset, além de três vídeos novos toda semana! Inscreva-se, curta e compartilhe: https://www.youtube.com/lucasmauricioo?sub_confirmation=1

Abraços,

Lucas Mauricio