O nome dela é Jennifer. Eu encontrei ela na…

0
274
o nome dela é jennifer

 O NOME DELA É JENNIFER. EU ENCONTREI ELA NA…

 

Poupança

Sabe aquela música que entra na sua mente e parece não querer sair nunca mais?

Geralmente a música é das piores, a letra não diz nada, a melodia brega, mas você fica cantarolando o refrão 47 vezes por dia.

Pois é. É exatamente dessa forma que o brasileiro, em geral, lida com os seus investimentos. Segue a massa, costumes familiares, falsa sensação de segurança e outros diversos motivos que o fazem aplicar na famosa, e nada melodiosa, POUPANÇA.

 

(LEIA ESSE ARTIGO ATÉ O FINAL E TENHA UMA SURPRESA).

A falta de conhecimento é um dos motivos que leva o brasileiro a cair na armadilha da Jennifer. Se você quer aprender a investir e se tornar membro Gold Dica de Hoje, acessando a um rico material que fará com que o seu dinheiro finalmente rentabilize de forma consistente, acesse esse link.

Um recente levantamento, feito pela CNDL, mostrou que, em pleno 2019, 60% dos brasileiros, que costumam poupar dinheiro, aplicam esses recursos na caderneta de poupança. Boa parte dos entrevistados disseram manter o dinheiro na própria casa, ou optaram pela conta corrente.

Sabemos que juntar dinheiro em casa não é seguro e não rende. Parado na conta corrente não rende absolutamente nada. E a poupança é um dos investimentos menos rentáveis do país. o-nome-dela-e-jenNifer

 

A pesquisa revelou, ainda, que somente 6% investe em Fundo de Investimentos (em sua maioria de grandes bancos), 6% em previdência privada, 6% em tesouro direto, 4% na bolsa de valores e 3% em CDBs.

 

Falta de conhecimento

O interessante é que a maioria das pessoas questionadas sobre as suas aplicações, informou que a falta de conhecimento sobre o que fazer com o dinheiro é o principal fator para as suas (más) escolhas.

Essa falta de conhecimento é o divisor de águas que faz uma pessoa realizar seus sonhos de maneira plena ou realizá-los meia boca ou nem os realizar.

Digamos que o poupador saia da poupança, mas não deseja correr riscos. De forma conservadora, com fundos investindo, prioritariamente, em títulos públicos, alguma porcentagem em CDBs e outras modalidades de renda fixa, ele pode alcançar tranquilamente uma rentabilidade próxima a 110% do CDI.

Digamos que ele tome a decisão de investir, aos 18 anos, 500 reais por mês para a sua aposentadoria, reajustando os aportes de acordo com a inflação e resgatando aos 58 anos para aproveitar a vida junto à sua família ao invés de, por exemplo, financiar um imóvel, o que faria os juros compostos trabalharem de forma negativa. Vamos comparar abaixo quanto esse investidor conseguiria na poupança e no Fundo de Renda Fixa:

 

Poupança:

o-nome-dela-e-jennifer-01

 

Parece excelente, né? Investir 240 mil e receber 420 mil somente de juros.

Mas observe a seguir o que uma aplicação, tão conservadora quanto, pode te render a mais no mesmo prazo:

FUNDO 110% CDI (CARTEIRA Z LIGHT):

o-nome-dela-e-jennifer-02

Correndo um risco bem baixo, com um retorno líquido de 0,48%, facilmente alcançado com fundos de renda fixa, e os mesmos 240 mil investidos, rentabilizamos mais de 693 mil e o saldo total acima de 930 mil.

Será que uma diferença de 273 mil para aproveitar a sua aposentadoria com a sua família faria diferença?

 

Esse é o custo do desconhecimento.

Com a nossa Carteira Z LIGHT, que tem um grau alto de conservadorismo, temos rentabilizado a média de 125% do CDI ao mês. O retorno dessas aplicações constantes, do exemplo supracitado, a essa porcentagem do CDI, superaria 1 milhão e 200 mil reais.

As suas decisões, mesmo que inconscientes, não podem dominar você. Você domina as suas decisões. Faça boas escolhas. R.Z.

Por falar em boas escolhas, como muita gente que acompanha os Artigos da Carteira Z, me procurou com interesse em fazer o Curso Geração de Renda do Daniel Nigri, em que são ensinadas estratégias pessoais (no tesouro direto, fundos imobiliários e ações) que ele utiliza, desde 2012, para viajar com a família todos os anos por várias vezes, resolvi pedir ao Daniel um desconto especial de 15% para você. Este desconto só se aplica única e exclusivamente nesse Cupom, clique aqui cedido à Carteira Z, até às 23h59 de hoje, dia 24 de janeiro de 2019. Eu aprovo e recomendo fortemente esse Curso. Ele será um divisor de águas na sua vida. Aproveite essa oportunidade ÚNICA.

Se você for agora comprar na página Dica de Hoje 7 verá que o preço está sem o desconto, veja aqui o preço sem o desconto e compare.

 

Se você quiser ser membro GOLD, oferecemos duas opções através do Dica de Hoje:

Plano Mensal e o Plano Anual

Se você quiser conhecer e assinar somente a Carteira Z e ter acesso a nossas quatro carteiras e a relatórios quinzenais, acesse: www.carteiraz.com/planos e ganhe também carteiras exclusivas Dica de Hoje.

 

Qualquer dúvida, sugestão ou crítica serão muito bem-vindas.

Abraços e bons investimentos.

RAFAEL ZATTAR

 

Artigo anteriorO Custo do Aprendizado
Próximo artigoSamy Dana x Bredda: O que rende mais, Renda Fixa ou Bolsa?
Rafael Zattar, Administrador de Empresas, Pós graduando em Gestão Pública e especialista em fundos de investimento. Ele se encantou pelo mundo dos fundos de investimento pela possibilidade de poder estudar as melhores gestões e selecionar a nata desse universo e, ao mesmo tempo, ajudar as pessoas a focarem em suas atividades profissionais para turbinar os aportes acompanhando as análises da Carteira Z. Apaixonado pela família, a sua avó Zenilda é o amor de sua vida e a inspiração de todos os dias. Tem como companheira de vida e parceira Stella e filho da batalhadora Silvia e sua irmã Carla, analista do Ministério Público, além de sua melhor amiga, é a revisora dos textos da Carteira Z.