Semana dos Fundos Imobiliários: 22 de junho a 26 de junho

0
39

Resumo da semana dos Fundos Imobiliários, com os principais Fatos Relevantes e Relatórios Gerenciais da semana que passou do dia 22 de junho a 26 de junho. Semana de leve baixa para o índice dos Fundos Imobiliários, acompanhando a alta dos Juros Futuros e do prêmio do Tesouro Direto.

 

IFIX 2.790,38
SEMANA -0,49%
30 DIAS 7,82%
ANO -12,73%
12 MESES 6,16%

 

No mês tivemos o boletim mensal da B3 sobre os Fundos Imobiliários, já somos 848.850 investidores, crescimento de 3,66% em relação ao mês anterior.

Relatórios Gerenciais

BICR11: O fundo divulgou o relatório de maio, o patrimônio do fundo ficou alocado com 57% em CRI, 16% em FII, 3% em LCI e 24% em Caixa. O resultado do fundo foi de R$ 0,30 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,32 por cota. O fundo ressalta que a carteira de ativo permanece saudável e adimplente com as obrigações e segue acompanhado os desdobramento do COVID-19.

LUGG11: O fundo divulgou o relatório de maio, a vacância física do fundo ficou em 27%. A vacância aumentou devido a entrega da segunda torre do Luggo Lindóia no mês de maio, os novos inquilinos poderão se mudar a partir de junho. O Luggo Cenarium em Campinas é o único empreendimento que ainda não está em operação e tem seu lançamento previsto para o mês de Agosto. O resultado do fundo foi de R$ 0,53 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,50 por cota.

 MALL11: O fundo divulgou o relatório de maio, a vacância do fundo ficou em 2,0%.  A inadimplência líquida ficou em 76,6%. O fundo segue acompanhando os impactos da pandemia nos shoppings centers e  a expectativa do fundo é que tenha todos os shoppings reabertos a partir da 01ª quinzena de julho. Abaixo podemos ver a estratégia com cada shopping do portfólio.

 HCTR11: O fundo divulgou o relatório de maio, o patrimônio do fundo ficou alocado com 91,3% em CRI e 8,7% em Caixa. O resultado do mês foi maior devido a alta dos índices IPCA e IGP-M e final da carência de pagamento de juros dos CRIs representando aproximadamente 15% da carteira do fundo. Durante o mês, 100% dos ativos pagaram as obrigações conforme previsto.

IBFF11: O fundo divulgou o relatório de maio, o patrimônio do fundo ficou alocado com 92,5% em FII e 7,5% em Caixa. O resultado do fundo foi de R$ 0,67 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,60 por cota. Durante o mês o fundo participou da emissão do fundo BLCP11. Abaixo a carteira do fundo:

 

A partir de agora o restante da Semana dos FII, será exclusiva para os assinantes do Dica de Hoje, se você ainda não é assinante, clique aqui e tenha acesso a Área de FII.

 Fundos abordados no restante do resumo, FPAB11, EURO11, OUJP11, CPTS11B, OULG11, OUCY11, OUFF11, XPCM11, MXRF11, XPIN11, XPHT12, SDIL11, VTLT11, MGFF11, RBRR11, RBRP11, RBRL11, RBRF11, GGRC11, EDFO11B, RECT11, BRCR11, EDGA11, VISC11, SARE11, FPAB11, BLCP11, HGBS11, HDPD11, PQDP11, MALL11, FCFL11, MAXR11, SCPF11, BCRI11, CNES11, RBCO11, HOSI11, FLRP11, HGBS11, HGLG11, PRSV11, ALZR11, RCRB11, KFOF11, KNCR11 e RBRY11. 

Emissões

Até a próxima,

Egbert Chaves

Disclaimer: Este artigo não constitui indicação de compra ou venda de ativo, o intuito aqui é levar material de estudo para o investidor para que o mesmo tenha suas próprias conclusões. Todos os Fatos comentados foram retirados dos informes e relatórios apresentados pelos respectivos fundos no site da B3