Ranking dos 10 Fundos Imobiliários mais “baratos” para 2020

0
199
porque-usar-a-socopa-para-fundos-imobiliarios-capa

Ranking dos 10 Fundos Imobiliários mais “baratos” para 2020

Conhecer os fundos imobiliários mais “baratos” vai permitir que você tenha uma carteira de investimentos que gere uma renda mensal com aluguéis.

 

Em 2019 o IFIX, índice dos fundos imobiliários (FIIs), que representa o benchmark para esses investimentos teve uma alta de 35%.

 

Essa forte valorização revela a alta demanda por esse tipo investimento, sendo motivada principalmente pela queda na Taxa Selic.

 

Muitos Investidores consideram que os FIIs são a nova renda fixa, pelo fato de ser um investimento com maior potencial de valorização, apesar da maior exposição ao risco.

 

Agora você deve estar se perguntando quais são os 10 fundos imobiliários mais baratos para 2020?

 

Leia até o final e descubra como investir nos melhores FIIS.

Fundos Imobiliários Mais Baratos em 2020

Existem diversos indicadores que podem ser utilizados para selecionar os melhores FIIs.

 

Um dos principais é o P/PVA (Preço dividido pelo Valor Patrimonial), que mede a diferença entre a avaliação do mercado (preço) e quanto realmente vale (valor patrimonial).

 

Quanto menor essa relação, mais barato está o FII.

 

Veja o ranking com os Fundos Imobiliários mais Baratos:

 

CódigoNomeP/VPADY
GSFI11FII General0,53
RBVO11FII Riobcri20,594,55
EURO11FII Europar0,668,29
EDGA11FII Galeria0,716,12
RBBV11FII JHSF Fbv0,905,55
XPCM11FII Xp Macae0,9010,59
CARE11FII Dea Care0,910,00
FIGS11FII Gen Shop0,948,98
BBFI11BFII BB Progr0,9914,62
CNES11FII Cenesp0,992,58

 

Fonte: Economática – Data de Fechamento 06/01/2020

 

Como você deve ter percebido, o fundo imobiliário GSFI11 que está no topo da lista não pagou nenhum dividendo em 2019, por isso avaliar apenas o indicador P/PVA é um erro.

 

Você deve sempre buscar neste tipo de investimento:

  • Segurança
  • Rendimentos mensais constantes

 

Mostrarei agora como selecionar os melhores fundos imobiliários para você receber uma renda mensal de aluguéis.

Como Selecionar os Melhores Fundos Imobiliários

Existem mais de 500 fundos imobiliários disponíveis no mercado, analisar todos seria um trabalho sem fim.

 

Para escolher os melhores fundos imobiliários do mercado o processo é muito simples:

 

Separe todos os FIIs ruins e sobrará apenas os bons.

 

Com a lista dos melhores, invista um pouco em cada um, fazendo uma boa diversificação.

 

Esse método evita que você escolha fundos com problemas, só porque ele paga um bom rendimento.

Fundos Sem Liquidez

Comece removendo os fundos com baixíssima liquidez no mercado.

 

Você terá dificuldade de comprar e vender suas cotas – e os que são exclusivos para investidores qualificados ou profissionais.

 

Dos 500 fundos iniciais, sobrarão menos de cem.

 

Agora siga os próximos passos.

Mono Ativo

Fundos mono ativos possuem apenas um imóvel, o que torna eles muito arriscados.

Se algo der errado neste imóvel, deu errado no fundo inteiro.

Mesmo que o fundo pague bom rendimento, lembre do que eu quero: segurança.

 

Mono Inquilino

Fundos Imobiliários que possuem apenas um locatário são muito arriscados.

Se algo der errado com o inquilino, o fundo inteiro fica sem receber nada.

Em Período de RMG (Renda Mínima Garantida)

Normalmente fundos estreantes na bolsa de valores que pagam com dinheiro do próprio patrimônio um rendimento mensal mínimo por um período determinado.

 

O fundo está pegando o seu dinheiro, devolvendo para você e tem gente que acha que isso é rendimento.

 

Valor Patrimonial Alto

Evite os fundos imobiliários que estão com preço muito elevado, a chance da cota se desvalorizar é maior.

 

Fundos de Desenvolvimento

são fundos que buscam ganhar dinheiro com incorporação imobiliária. Seus rendimentos são inconstantes e o seu risco é alto. Lembra do que eu quero? Segurança e renda constante.

 

Alta Vacância

Evite fundos que possuem muitos imóveis vagos.

Pode ter algo errado com o fundo, pode ter baixo rendimento ou até mesmo não pagar dividendos.

 

Conclusão

Se você seguir esses passos evitará 90% dos problemas ao investir em fundos imobiliários.

 

Depois desta seleção sobrarão poucos fundos, bata comprar um pouco de cada tipo para diversificar.

 

Apliquei esse método hoje e sobraram apenas nove fundos.

 

Parece simples para você?

 

Essa estratégia defende dos erros mais comuns de investidores de FIIs e ainda protegerá você das suas próprias emoções, em especial a ganância que nos faz subestimar os riscos.

 

Para facilitar o seu trabalho produzi um ebook com os 3 melhores FIIs para receber aluguéis já no próximo mês, baixe agora uma cópia gratuita, clique aqui.

Inscreva-se GRATUITAMENTE na Semana dos Fundos Imobiliários clicando aqui.

 

Marcelo Fayh é administrador de empresas e possui longa experiência no mercado financeiro. Foi professor da disciplina de Fusões e Aquisições do MBA de Finanças e Controladoria da Sustentare, em Joinville e de cursos de extensão na Decision/FGV e ESPM.