Gestão passiva nos REITs

0
23

Neste estudo falaremos sobre uma forma de se expor ao mercado de REITs de forma passiva. Na semana passada falamos sobre alguns índices (clique aqui, caso você não tenha visto o estudo) e hoje falaremos sobre ETF, Exchange Traded Funds, os fundos que seguem esses índices.

Um ETF é um fundo negociado na bolsa de valores, que visa seguir uma metodologia ou índice para alocar os recursos. Ele é considerado um investimento passivo, pois o investidor não analisa os ativos que estão dentro do ETF, a análise que é feita é do próprio ETF e, após a escolha dos ETFs que o investidor irá investir, resta apenas investir os recursos de forma passiva e periódica.

As possibilidades de estratégias para se montar com ETFs no mercado americano são enormes e é uma forma simples e barata de se expor ao mercado que desejar, uma vez que com apenas uma ordem você seleciona uma cesta diversificada de investimento. Você pode se expor a segmentos específicos, como os de empresas Small Caps ou Large Caps, ou empresas do setor de tecnologia, ou no setor dos REITs.

Abaixo falarei sobre três ETFs de REIT que possuem boa liquidez, tamanho e tempo de mercado. Os ativos abaixo não constituem uma indicação de investimento.

VNQ – Vanguard Real Estate ETF

É um ETF da gestora Vanguard, com ticker de negociação VNQ. Teve início em setembro de 2004 e atualmente possui um valor de mercado de U$ 34,89 bilhões e uma liquidez diária de U$ 503,34 milhões. O ETF segue o índice MSCI US IMI Real Estate 25/50, ponderado por valor de mercado e possui 184 REITs no seu portfólio.

Possui pagamentos de dividendos trimestralmente nos meses de março, junho, setembro e dezembro.

O ETF negocia hoje a U$ 77,66, possui uma taxa de administração de 0,12% a.a., uma relação de Preço/Lucro de 38,56, uma relação de Preço/Valor Patrimonial de 2,39 e um Dividend Yield dos últimos 12 meses de 3,97%.

Abaixo podemos ver a diversificação do ETF por setores.

Fonte: etf.com

E abaixo vemos as 10 maiores posições dentro do ETF, detalhe que a maior posição do fundo é outro ETF da Vanguard.

Fonte: etf.com

SCHH – Schwab U.S. REIT ETF

É um ETF da gestora Charles Schwab, com ticker de negociação SCHH. Teve início em janeiro de 2011 e atualmente possui um valor de mercado de U$ 20,68 bilhões e uma liquidez diária de U$ 53,89 milhões. O ETF segue o índice Dow Jones Equity All REIT Capped, ponderado por valor de mercado e possui 146 REITs no seu portfólio. Esse ETF exclui os Mortgages Reits e Hybrids.

Possui pagamentos de dividendos trimestralmente nos meses de março, junho, setembro e dezembro.

O ETF negocia hoje a U$ 34,95, possui uma taxa de administração de 0,07% a.a., uma relação de Preço/Lucro de 27,64, uma relação de Preço/Valor Patrimonial de 1,94 e um Dividend Yield dos últimos 12 meses de 3,45%.

Abaixo podemos ver a diversificação do ETF por setores.

Fonte: etf.com

E abaixo vemos as 10 maiores posições dentro do ETF.

Fonte: etf.com

IYR – iShares U.S. Real Estate ETF

É um ETF da gestora Blackrock, com ticker de negociação IYR. Teve início em junho de 2000 e atualmente possui um valor de mercado de U$ 35,29 bilhões e uma liquidez diária de U$ 531,77 milhões. O ETF segue o índice DJ Global United States (All) / Real Estate -SS, ponderado por valor de mercado e possui 116 REITs no seu portfólio.

Possui pagamentos de dividendos trimestralmente nos meses de março, junho, setembro e dezembro.

O ETF negocia hoje a U$ 78,27, possui uma taxa de administração de 0,42% a.a., uma relação de Preço/Lucro de 55,65, uma relação de Preço/Valor Patrimonial de 2,32 e um Dividend Yield dos últimos 12 meses de 3,40%.

Abaixo podemos ver a diversificação do ETF por setores.

Fonte: etf.com

E abaixo vemos as 10 maiores posições dentro do ETF.

Fonte: etf.com

Abaixo podemos ver um gráfico com o desempenho dos três ETFs, VNQ em azul, SCHH em laranja e IYR em vermelho.

Fonte: Tradingview

Bem, podemos ver que existem algumas diferenças entre os ETFs, como a taxa cobrada e a opção de se investir apenas nos Equity Reits, deixando os Mortgages Reits de fora.

Olhando para o desempenho, eles se afastam em alguns períodos de tempos, mas o retorno nos últimos 08 anos ficou praticamente igual. Uma possível explicação para o SCHH se descolar, seria devido à menor Taxa de Administração e à exclusão dos Mortgages Reits.

Quando olhamos para as maiores posições, vemos muitos REITs que se repetem entre uma carteira e outra, sempre com algumas variações por causa dos diferentes índices que cada ETF busca seguir.

Cabe ao investidor analisar o ETF e verificar se o mesmo se encaixa na sua estratégia de investimento. E após a escolha, o investidor vai aportando os recursos de forma passiva.

Espero que tenha gostado desse estudo e nas próximas semanas traremos mais informações sobre os REITs de forma individual, para aqueles investidores que gostam de fazer o stock picking e montar sua própria carteira de REIT.

Se você ainda não é assinante, clique aqui e tenha acesso a Área de FII e Combo

 

Egbert Chaves

Disclaimer: Este artigo não constitui indicação de compra ou venda de ativo. O intuito aqui é levar material de estudo para o investidor, para que o mesmo tenha suas próprias conclusões.