Resumo da semana dos Fundos Imobiliários, com os principais Fatos Relevantes e Relatórios Gerenciais da semana que passou do dia 07 de dezembro a 11 de dezembro. Semana de queda para o índice dos Fundos Imobiliários, ao contrário do prêmio do Tesouro Direto e das taxas de Juros Futuros, que também tiveram queda.

 

IFIX 2.768,67
SEMANA -0,52%
30 DIAS -1,37%
ANO -13,41%
12 MESES -7,40%

 

Relatórios Gerenciais

 

QAGR11: O fundo divulgou o relatório de novembro, a vacância do fundo ficou em 0,00%. O fundo se encontra com 60% do patrimônio líquido alocado em ativos-alvo e possui 03 ativos no pipeline, totalizando R$ 195 milhões, aproximadamente 40,0% do patrimônio líquido.

FVPQ11: O fundo divulgou o relatório de setembro, a vacância do fundo ficou em 7,00%. A inadimplência ficou em 17,4%. O resultado do fundo ficou em –R$ 0,03 por cota e o rendimento do fundo ficou em R$ 0,00 por cota. As receitas de aluguéis caíram 40,6% e o NOI teve uma queda de 89,4%, ambos em comparação ao mesmo período do ano anterior. O fluxo de veículos teve uma queda de 35,9%,  em comparação ao mesmo período do ano anterior.

HSML11: O fundo divulgou o relatório de novembro, a vacância do fundo ficou em 5,30%. O resultado do fundo ficou em R$ 0,44 por cota e o rendimento do fundo ficou em R$ 0,47 por cota. As vendas totais apresentaram uma queda de –10,9%, o fluxo de veículos apresentou retração de –17,9% e os aluguéis tiveram uma queda de –28%,  ambos em comparação ao mesmo período do ano anterior. A inadimplência líquida terminou o mês em 11,2% e os descontos concedidos em 10,2% da receita faturada.

RRCI11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimonio do fundo ficou alocado com 29,8% em CRI e 72,2% em Caixa. Abaixo os CRI adquiridos pelo fundo:

  • R$ 3,0 milhões do CRI Circuito das Compras, com taxa de IGP-M+8,00%;
  • R$ 2,0 milhões do CRI Renda Portuguesa, com taxa de IPCA+9,00%;
  • R$ 1,3 milhões do CRI Grupo Pão de Açúcar, com taxa de IPCA+5,75%;
  • R$ 3,8 milhões do CRI Supermercados Mateus, com taxa de IPCA+4,95%;
  • R$ 1,5 milhões do CRI Vitacon, com taxa de CDI+4,00%;
  • R$ 2,0 milhões do CRI Rede D´or, com taxa de IPCA+3,88%.

RECR11:  O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimonio do fundo ficou alocado com 91% em CRI e 9,0% em Renda Fixa. O resultado do fundo ficou em R$ 1,34 por cota e o rendimento do fundo ficou em R$ 1,31 por cota. Abaixo os CRI adquiridos no mês:

  • CRI Ekko Park, volume de R$ 15.000.000,00 com taxa de IPCA + 8,50%;
  • CRI Morumbi Plaza, volume de R$ 36.500.236,57 com taxa de CDI+5,00%;
  • CRI Pulverizado, volume de R$70.012.415,65 com taxa de 8,00% prefixada;
  • CRI Smart City, volume de R$ 40.000.000,00 com taxa de IPCA + 10,50%;
  • CRI Sênior CrediHome, volume de R$ 7.789.628,30 com taxa de IPCA + 6,00%.

RECT11: O fundo divulgou o relatório de novembro, a vacância do fundo ficou em 13,80%. O resultado do fundo ficou em R$ 0,71 por cota e o rendimento do fundo ficou em R$ 0,72 por cota. Em novembro de 2020, o fundo vendeu parte do CRI Morumbi Plaza no mercado secundário, ainda no mês o fundo realizou o pagamento do valor remanescente da aquisição referente ao Edifício Agaxtur no valor aproximado de R$ 11.200.000,00. O fundo segue com as tratativas com potenciais locatários visando alugar as áreas atualmente vagas do portfólio.

RELG11: O fundo divulgou o relatório de novembro, a vacância física do fundo ficou em 18,70% e a a vacância financeira do fundo ficou em 0,00%. O resultado do fundo ficou em R$ 0,08 por cota e o rendimento do fundo ficou em R$ 0,40 por cota. Em novembro o fundo adquiriu o  imóvel Cotia, em Cotia/SP e também o Imóvel Extrema, que está 52% ocupado e possui uma renda mínima na área vaga por 12 meses após a quitação da parcela remanescente.

BPFF11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimonio do fundo ficou alocado com 90,69% em FII. Durante o mês o fundo vendeu cotas dos fundos ALZR11, BLCP11, e SDIL11, e zerou VLOL11, aumentou posição, em HGRU11, KNIP11, VRTA11, XPCI11, VGIP11, XPLG11, RBRP11, e BTLG11, e fez nova posição em CPTS11, KNHY11, BRCO11, MCCI11, IRDM11, FLCR11, e RECR11. Abaixo a carteira do fundo:

 

A partir de agora o restante da Semana dos FII, será exclusiva para os assinantes do Dica de Hoje, se você ainda não é assinante, clique aqui e tenha acesso a Área de FII.

Fundos abordados no restante do resumo, PLCR11, XPPR11, XPLG11, XPML11, VIFI11, VINO11, VILG11, VISC11, AIEC11, RBIV11, HGCR11, HGFF11, HGRU11, HGPO11, CBOP11, HGLG11, HGRE11, BRCO11, FAED11, MAXR11, CEOC11, NSLU11, HCRI11, ALMI11, BBFI11, JRDM11, FLRP11, PQDP11, LASC11, OUJP11, NCHB11, XTED11, QMFF11, FVPQ11, HSAF11, BCIA11, FIGS11, HMOC11, HPDP11, WPLZ11, HGBS11, VVPR11, JSRE11, HFOF11, PORD11, DRIT11B, TORD11, MCCI11, VGIP11, BCRI11, IRDM11, RBED11, TRXF11, HCTR11, SDIL11, MAXR11, VILG11, RCRB11, ALZR11, RBGS11, TORD11, RBFF11, FAMB11B e CVBI11.

 Emissões 

 Se você gosta de ter uma renda passiva pingando na conta todo mês, não deixe de conhecer os REIT, Real Estate Investment Trust, os primos dos nossos Fundos Imobiliários negociados na bolsa dos EUA, e tenha uma renda passiva pingando na sua conta todo mês em dólares, CLIQUE AQUI e conheça mais sobre esse investimento.

Até a próxima,

Egbert Chaves

Disclaimer: Este artigo não constitui indicação de compra ou venda de ativo, o intuito aqui é levar material de estudo para o investidor para que o mesmo tenha suas próprias conclusões. Todos os fatos comentados foram retirados dos informes e relatórios apresentados pelos respectivos fundos no site da B3.

Egbert Chaves

Egbert specian Chaves é engenheiro. Já opera no mercado de açoes desde 2012, e se tornou Especialista em Fundos imobiliarios desde 2015, tendo inclusive já escrito um livro sobre o assunto.