Resumo da semana dos Fundos Imobiliários, com os principais Fatos Relevantes e Relatórios Gerenciais da semana que passou do dia 14 de dezembro a 18 de dezembro. Semana de alta para o índice dos Fundos Imobiliários, acompanhando a queda dos Juros Futuros e do Prêmio do Tesouro Direto.

 

IFIX 2.794,43
SEMANA 0,93%
30 DIAS -0,30%
ANO -12,61%
12 MESES -9,44%

 

No mês tivemos o boletim mensal da B3 sobre os Fundos Imobiliários, já somos 1.135.905 investidores em Fundos Imobiliários, um aumento de 27.739 novos investidores.

Relatórios Gerenciais

CVBI11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 96,9% em CRI e 2,7% em FII. O resultado do fundo foi de R$ 1,32 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 1,50 por cota. O fundo possui um resultado não distribuído de R$ 0,83 por cota. Durante o mês o fundo adquiriu cotas do fundo BARI11 e os CRIs abaixo:

  • R$ 19,3 milhões do CRI Green Towers com taxa média de IGP-M + 4,8% a.a.,
  • R$ 5,0 milhões do CRI Gafisa com taxa média de CDI + 6,0% a.a.
  • R$ 29 milhões do CRI Embraed com taxa média de IPCA + 7,0% a.a

VGIP11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 100% em CRI. O resultado do fundo foi de R$ 1,33 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 1,25 por cota. O fundo possui uma reserva de caixa equivalente a R$ 0,78 por cota. De acordo com o fundo, todos os CRI da carteira estão com suas obrigações em dia. Durante o mês o fundo vendeu os CRI Alfa Realty, CRI Dona Carolina, CRI Nova Barueri, CRI JSL Ribeira e adquiriu os CRIs abaixo:

  • R$5,5 milhões adicionais no CRI AR Terrenos com cupom de IPCA + 9,0% ao ano;
  • R$5,0 milhões adicionais no CRI AMF Saúde com cupom de IPCA + 8,0% ao ano;
  • R$777 mil adicionais no CRI Carinás com cupom de IPCA + 9,0% ao ano.

VGIR11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 98,1% em CRI e 1,9% em Caixa. O resultado do fundo foi de R$ 0,45 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,39 por cota. O fundo possui uma reserva de caixa equivalente a R$ 0,30 por cota. Abaixo os CRIs adquiridos no mês:

  • R$3 milhões no CRI AR Terrenos com cupom de IPCA + 9,0% ao ano;
  • R$3 milhões do CRI Delfim Moreira 22S com cupom de CDI + 3,50% ao ano;
  • R$3 milhões do CRI Delfim Moreira 23S com cupom de CDI + 3,50% ao ano;
  • R$3,7 milhões do CRI Dona Carolina com cupom de CDI + 6,0% ao ano;
  • R$2 milhões do CRI Alfa Realty com cupom de CDI + 5,0% ao ano;
  • R$806 mil do CRI Nova Barueri com cupom de CDI + 5,0% ao ano.

BCRI11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 87,9% em CRI, 7,5% em Títulos Públicos, 2,9% em FII e 1,8% em Fundos. No mês de novembro não houve compra de novos ativos. Houve a  liquidação antecipada de 2 CRIs que contribuíram para aumentar a distribuição de dividendos neste mês, o CRI Dengo e o CRI Grupo Cem II.

IFIE11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 94,25% em FII e 5,75% em Caixa. Abaixo a carteira do fundo:

BICR11: O fundo divulgou o relatório de novembro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 68% em CRI, 16% em FII, 12% em Caixa e 3% em LCI. Durante o mês o fundo adquiriu CRI Arteris com remuneração de IPCA+5,00% ao ano. De acordo com o fundo, a carteira de ativos permanece saudável e adimplente com as obrigações.

LUGG11: O fundo divulgou o relatório de novembro, a vacância do fundo ficou em 5,8%. A inadimplência ficou em 0,3%. A taxa de distratos ficou em 3,8%.

LGCP11: O fundo divulgou o relatório de novembro, a vacância do fundo ficou em 1,6%. Durante o mês, o fundo concluiu a aquisição das frações dos ativos LOG Contagem, Goiânia, Viana, que já faziam parte do portfólio, além de participações minoritárias de LOG Gaiolli e LOG Rio.

A partir de agora o restante da Semana dos FII, será exclusiva para os assinantes do Dica de Hoje, se você ainda não é assinante, clique aqui e tenha acesso a Área de FII.

 Fundos abordados no restante do resumo, FLMA11, BREV11, XPSF11, CXTL11, MGCR11, GALG11, BLCP11, RVBI11, PATC11, FIIP11B, RBGS11, VLOL11, NEWU11, SARE11, SADI11, MORE11, BMLC11, RBCO11, SCPF11, PQAG11, LVBI11, GGRC11, ALZR11, URPR11, DEVA11, RFOF11, CXCE11B, HTMX11, EDGA11, THRA11, FIIB11, FPAB11, RBRD11, PVBI11, MCCI11, SARE11, RELG11, HSLG11, TRNT11, BCRI11, IRDM11, MFII11, RZTR11, QAGR11, RBRP11, HGRE11, BRCO11, RBVA11, XPCM11 e VINO11. 

Emissões

 Se você gosta de ter uma renda passiva pingando na conta todo mês, não deixe de conhecer os REIT, Real Estate Investment Trust, os primos dos nossos Fundos Imobiliários negociados na bolsa dos EUA, e tenha uma renda passiva pingando na sua conta todo mês em dólares, CLIQUE AQUI e conheça mais sobre esse investimento.

Até a próxima,

Egbert Chaves

Disclaimer: Este artigo não constitui indicação de compra ou venda de ativo, o intuito aqui é levar material de estudo para o investidor para que o mesmo tenha suas próprias conclusões. Todos os fatos comentados foram retirados dos informes e relatórios apresentados pelos respectivos fundos no site da B3.

Egbert Chaves

Egbert specian Chaves é engenheiro. Já opera no mercado de açoes desde 2012, e se tornou Especialista em Fundos imobiliarios desde 2015, tendo inclusive já escrito um livro sobre o assunto.