Resumo da semana dos Fundos Imobiliários, com os principais Fatos Relevantes e Relatórios Gerenciais da semana que passou do dia 22 de fevereiro a 26 de fevereiro. Semana de queda para o índice dos Fundos Imobiliários, acompanhando a alta dos Juros Futuros e do prêmio do Tesouro Direto.

 

IFIX 2.886,53
SEMANA -0,26%
30 DIAS 0,82%
ANO 0,57%
12 MESES -3,31%

 

Relatórios Gerenciais

 

SCPF11: O fundo divulgou o relatório de janeiro, a vacância do fundo ficou em 24,5%. A receita recebida ficou em R$ 94,30/m². Desde a reabertura do shopping em julho, o mesmo vem apresentando incremento mês a mês na receita de aluguel de lojas, inclusive superando a receita de aluguéis pré-pandemia em janeiro.

 

MCCI11: O fundo divulgou o relatório de fevereiro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 84,4% em CRI, 13,25% em Caixa e 2,35% em FII. O resultado do fundo foi de R$ 0,98 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,70 por cota. Durante o mês, o fundo adquiriu o CRI Residencial Campo Belo, no montante total de R$ 20 milhões com uma remuneração de IPCA + 9,50% a.a. De acordo com o fundo, 100% dos CRIs permanecem adimplentes.

 

RBRL11: O fundo divulgou o relatório de janeiro, a vacância do fundo ficou em 0,0%. O resultado do fundo foi de R$ 0,50 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,60 por cota. As obras do galpão FW5, locado para o Mercado Livre, se encontram com, aproximadamente, 50% de evolução física e a entrega permanece prevista para maio de 2021. O fundo segue na prospecção de novos locatários para o imóvel Hortolândia II.

 

RBRP11: O fundo divulgou o relatório de janeiro, a vacância física do fundo ficou em 10,0% e a vacância financeira do fundo ficou em 11,0%. O resultado do fundo foi de R$ 0,48 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,52 por cota. Em dezembro houve a aquisição do River One, no valor total de R$ 420 milhões, pagos de forma parcelada e terá uma renda mínima garantida de 7,00% a.a. No mês, houve ainda a aquisição de mais um conjunto do CEMG – Torre Sul, que se encontra em reforma da fachada do imóvel.

 

RBRF11: O fundo divulgou o relatório de janeiro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 36% em Alpha, 33% em CRI, 17% em Beta e 15% em Liquidez. O resultado do fundo foi de R$ 0,81 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,60 por cota. Abaixo a carteira do fundo:

 

VRTA11: O fundo divulgou o relatório de janeiro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 65% em CRI e 35% em Caixa. Sem novas alocações durante o mês, apenas venda dos CRI GPA Caucaia e CRI BB Mapfre.

 

CPFF11: O fundo divulgou o relatório de janeiro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 100% em FII. O resultado do fundo foi de R$ 0,68 por cota e o rendimento distribuído foi de R$ 0,80 por cota. Durante o mês, o fundo comrpou cotas dos fundos VVPR11, HBCR11, PATC11, XPLG11, e vendeu cotas de TRXF11 e GALG11. Abaixo a carteira do fundo:

 

A partir de agora o restante da Semana dos FII, será exclusiva para os assinantes do Dica de Hoje, se você ainda não é assinante, clique aqui e tenha acesso a Área de FII.

 Fundos abordados no restante do resumo, MORE11, LVBI11, PVBI11, IRDM11, RBRD11, FIIP11B, VLOL11, PQAG11, OUFF11, OURE11, OULG11, BCIA11, URPR11, BBPO11, BBRC11, GTWR11, VTLT11, HABT11, XPCM11, XPIN11, XPHT12, PRSV11, MGFF11, CXRI11, CRFF11, PATL11, PATC11, CXCE11, HCRI11, NSLU11, MAXR11, FLRP11, JRDM11, IBFF11, RBGS11, HCTR11, HREC11, ONEF11, RBRR11, MBRF11, RNGO11, HUSC11, CTXT11, HAAA11, MALL11, IFID11, SEQR11, RBFF11, ABCP11, XPML11, HGBS11, VILG11, BARI11, RECR11, RBRL11, RECT11, RBRR11, RBRY11, RBCO11, EDFO11B, BTAL11, RBED11 e RBVA11.

Emissões

 Se você gosta de ter uma renda passiva pingando na conta todo mês, não deixe de conhecer os REIT, Real Estate Investment Trust, os primos dos nossos Fundos Imobiliários negociados na bolsa dos EUA, e tenha uma renda passiva pingando na sua conta todo mês em dólares, CLIQUE AQUI e conheça mais sobre esse investimento.

Até a próxima,

Egbert Chaves

Egbert specian Chaves é engenheiro. Já opera no mercado de açoes desde 2012, e se tornou Especialista em Fundos imobiliarios desde 2015, tendo inclusive já escrito um livro sobre o assunto.