Resumo da semana dos Fundos Imobiliários, com os principais Fatos Relevantes e Relatórios Gerenciais da semana que passou do dia 30 de março a 03 de abril. Semana de queda para o índice dos Fundos Imobiliários, acompanhado a alta dos prêmios do Tesouro Direto e dos Juros Futuros mais longos.

 

IFIX 2.416,11
SEMANA -2,07%
30 DIAS -18,72%
ANO -24,44%
12 MESES -2,76%

 

Relatórios Gerenciais

 

RBRR11: O fundo divulgou o relatório de março, o patrimônio do fundo ficou alocado com 89,5% em CRI, 6,5% em FII e 4,0% em Caixa. O resultado do fundo foi R$ 1,14 por cota e o rendimento foi de R$ 0,60 por cota. A carteira de CRI possui uma taxa média de CDI +2,9% ao ano. O fundo afirma que não vislumbra nenhum default na carteira de crédito imobiliário seja no curto/médio/longo prazo por conta das características das operações e por conta do mapeamento de risco reforçado nas últimas semanas. O fundo possui 03 operações em estruturação no montante de R$ 59 milhões com taxa média de Inflação + 5,39% a.a.

RBRY11:  O fundo divulgou o relatório de março, o patrimônio do fundo ficou alocado com 47,93% em CRI, 22,36% em FII e 29,71% em Caixa. A carteira de CRI possui uma taxa média de a inflação+8,54% ou CDI +5,89% a.a. O fundo afirma que não vislumbra nenhum default na carteira de crédito imobiliário seja no curto/médio/longo prazo por conta das características das operações e por conta do mapeamento de risco reforçado nas últimas semanas. O fundo possui 02 operações em estruturação no montante de R$ 20 milhões com taxa média de CDI+6,00% a.a.

CPTS11b: O fundo divulgou o relatório de fevereiro, o patrimônio do fundo ficou alocado com 73,2% em CRI, 21,1% em FII e 5,7% em Caixa. O resultado do fundo foi R$ 0,82 por cota e o rendimento foi de R$ 0,65 por cota, o fundo possui um resultado acumulado de R$ 0,40 por cota. No mês o fundo adquiriu o CRI MRV CRI Gaia com taxa de aquisição de CDI + 1,60%. Houve a quitação antecipada do CRI JSL Ribeira, com ganho de R$ 0,33 por cota.

 BCFF11: O fundo divulgou o relatório de fevereiro, o patrimônio do fundo ficou alocado 61,36% em FII, 0,6% em CRI 37,6% em Renda Fixa e 0,1% em Outros. O resultado do fundo foi R$ 0,83 por cota e o rendimento foi de R$ 0,53 por cota. No mês o fundo encerrou a 9ª emissão de cotas, na qual foram captados R$ 720 milhões.

 A partir de agora o restante da Semana dos FII, será exclusiva para os assinantes do Dica de Hoje, se você ainda não é assinante, clique aqui e tenha acesso a Área de FII.

 Fundos abordados no restante do resumo, RNGO11, RBFF11, CRFF11, CXRI11, SAAG11, BRCR11, BPML11, XTED11, KFOF11, KNCR11, KINIP11, KNHY11, KNRI11, KNRE11, JSRE11, MCCI11, TRXF11, UBSR11, VSHO11, RBGS11, HFOF11, VVPR11, MXRF11, VILG11, OULG11, TBOF11, RBCO11, RBVA11, XPHT12, ALMI11, SPTW11 e RCRB11.

 Até a próxima,

Egbert Chaves

Disclaimer: Este artigo não constitui indicação de compra ou venda de ativo, o intuito aqui é levar material de estudo para o investidor para que o mesmo tenha suas próprias conclusões. Todos os Fatos comentados foram retirados dos informes e relatórios apresentados pelos respectivos fundos no site da B3

Egbert Chaves

Egbert specian Chaves é engenheiro. Já opera no mercado de açoes desde 2012, e se tornou Especialista em Fundos imobiliarios desde 2015, tendo inclusive já escrito um livro sobre o assunto.