Dividendo aristocratas

Investir com foco em dividendos é uma estratégia de muitos investidores. Algumas classificações no mercado contribuem para apresentar as melhores opções para quem foca nesse tipo de retorno. Entre a classificação, as ações das empresas que distribuem dividendos aristocratas, ou seja, com crescimento progressivo ao longo dos anos, são ativos bastante atrativos.

A nomenclatura funciona tanto para empresas brasileiras quanto americanas, o que pode ser uma oportunidade para quem deseja receber dividendos em dólar. Enquanto nos EUA, as empresas devem fazer parte do índice S&P 500, no Brasil, as empresas são listadas no índice S&P Dividend Aristocrats Brasil Index.

Nos EUA, as empresas na lista devem apresentar pelo menos 25 anos de crescimento da taxa de dividendo, ou dividend yield (DY), já no Brasil, o tempo levado em consideração é de cinco anos.

O que são Dividends Aristocrats mercado americano?

Dividends Aristocrats, ou Aristocratas dos Dividendos, é um termo usado no mercado financeiro para se referir a empresas que se destacam das demais no pagamentos de dividendos aos acionistas.

Qual a regra para uma empresa estar no Dividend Aristocrats?

Apesar da regra de que as empresas precisam ter aumentado seus dividendos consecutivamente por mais de 25 anos, existem outras regras para que uma empresa seja devidamente inserida no índice.

As principais delas são as seguintes:

Estar presente no índice S&P 500

Ter uma capitalização de mercado de mais de 3 bilhões de dólares

Ter aumentado os dividendos consecutivamente por pelo menos 25 anos

Como é calculado o Dividend Aristocrats?

O índice é calculado pelo conceito de “Equal Weighted” (pesos iguais) em que todas as ações têm o mesmo peso no índice.

Isso faz com que o tamanho da empresa não tenha relevância na sua participação do índice.

Eu fiz um exemplo bem simples para você entender melhor:

Empresa              Market Cap        Peso no índice

Empresa 1          100 bilhões de dólares  20%

Empresa 2          80 bilhões de dólares    20%

Empresas 3        55 bilhões de dólares    20%

Empresa 4          10 bilhões de dólares    20%

Empresa 5          5 bilhões de dólares       20%

Como o preço das ações vai divergindo ao longo do tempo e o peso das empresas vai mudando, a Standard & Poor’s ajusta o índice a cada 4 meses para que todas as empresas voltem a ter exatamente o mesmo peso.

Quantos Dividends Aristocrats existem?

Em qualquer momento, o número de dividends aristocrats tende a ser baixo, dificilmente superando 100 empresas. Em 2019, havia 57 aristocratas dos dividendos no S&P 500.

O S&P Dividend Aristocrats Brasil Index acompanha as 30 empresas inscritas na bolsa de valores brasileira que são consideradas dividends aristocrats, com a diferença de que, nesse caso, não é observado um período de 25 anos, mas apenas de 5 anos.

Um fato importante é que, apesar de existirem poucas aristocratas dos dividendos, elas não se concentram em apenas um ou dois setores da economia. Podemos encontrá-las em vários setores, como saúde, varejo, petróleo e gás, construção civil, serviços financeiros, entre outros

Setores

Aposentadoria em dólar não é só para rico

São as incertezas sobre o futuro da economia brasileira que levam as pessoas para uma reflexão sobre comprar moeda estrangeira ou até investir fora do Brasil.

Acumular patrimônio em dólares parece mais seguro do que acumular patrimônio em reais. Existe a ideia de que o dólar é uma moeda forte e o real é uma moeda fraca.

As pessoas só pensam na possibilidade de comprar dólares quando ele está no meio ou no topo de uma tendência de alta. Você conhece alguém que tenha ficado motivado a comprar dólares quando ele custava menos de R$ 1,60 nos anos de 2008 e 2011? As pessoas só lembram de comprar dólares quando a nossa economia está em crise e a moeda americana atinge picos de alta.

Pense no longo prazo e diversifique os investimentos em dólar.

Último dia

Estamos chegando aos últimos dias de oferta do Dica de Hoje Internacional, onde você tem a oportunidade de levar as nossas principais carteiras sobre investimento no exterior.

Nos próximos dias, a oferta será finalizada e você não terá mais acesso ao valor promocional.

Por isso, se você tem vontade de investir no exterior, percebe o quão arriscado é manter todo o patrimônio em uma moeda tão instável quanto a nossa, não perca essa chance.

Ainda temos algumas assinaturas disponíveis e eu sei que a sua está entre elas.

 Veja tudo que você terá acesso:

  • Carteira Dica Internacional (BDRs, High Yield, Stocks, REITS, Graham International e Greemblatt  Internacional).
  • Relatórios
  • Monitorias
  • Radar de REITS
  • Aulas de como investir no exterior
  • Grupo exclusivo no Telegram para assinantes
  • Totalmente inédita nessa assinatura: Carteira de Small Caps International!

Link para adquirir o Dica Internacional

 

Marcelo Rabinovici

Meu nome é Marcelo Rabinovici, formei na PUC MG no ano de 2002, sou bacharel e licenciado em Geografia. Leciono há 20 anos e desenvolvi projetos na área do curso de Relações Internacionais. Há três anos conheci o canal "Dica de Hoje" e nesse período venho fazendo cursos de investimento em Educação Financeira. Meu papel nesse mundo de investimento é desenvolver Educação Financeira e ajudar quem está começando.