Resultados de Hypera do 1T19

0
630
hype3-acoes-capa

Resultados de Hypera do 1T19

Hypera (código Bovespa: HYPERA3)

RESUMÃO – Resultados 4T18:

(Data de divulgação: 26/Abril/2019)

(Dados retirados do site de RI)

 

– Estratégia da Empresa:

A otimização do capital de giro da Hypera é uma das prioridades para 2019, principalmente por conta dos investimentos realizados na operação nos últimos anos, que trouxeram melhorias significativas na fábrica e no lead time de entrega de produtos, e do recente aumento de cobertura pelas equipes de merchandising que atendem PDVs das grandes e médias redes. Sendo assim, vamos aos resultados de Hypera do 1T19. Com essas melhorias, a Hypera espera conseguir entregar o mesmo nível de serviço aos clientes com um menor investimento em capital de giro em produtos de marca.Com a otimização de capital de giro, a companhia passa a operar com nível menor de estoque em seus clientes, gerando diversos benefícios operacionais. Após a conclusão desta otimização de capital de giro, a Hypera continuará com seu plano de investimentos para fomentar o crescimento do sell-out ao longo do ano que, combinado ao desempenho esperado dos lançamentos, deverá beneficiar a geração de demanda e a receita líquida da companhia, que a partir do 2T19 terá um desempenho cada vez mais próximo do desempenho de sell-out. (OBS: estes índices passaram a compor as metas para remuneração variável dos principais executivos da companhia em 2019).  

– Composição Acionária:

 

 

– Inovação e Lançamentos:

Nos resultados de Hypera do 1T19, os investimentos totais em inovação, pesquisa e desenvolvimento, incluindo o montante capitalizado como ativo intangível, cresceram 31,2%, e o índice de inovação, correspondente ao percentual da Receita Líquida proveniente de produtos lançados nos últimos cinco anos, foi de 28%. No trimestre, a Hypera lançou 9 produtos, com destaque para o “Fluviral Dia” e “Fluviral Noite”, extensões de linha do antigripal Fluviral, e o analgésico “Atroveran Dip”, que possui dipirona como substância ativa e passa a participar de um mercado de mais de R$2,5 bilhões no Brasil. resultados-de-hypera-02  

 

– Destaques Operacionais e Financeiros:

– Receita Líquida:

No 1T19, a Receita Líquida apresentou uma redução de -58,7% em relação ao 1T18 totalizando R$383,6 milhões, e foi impactada pela otimização de capital de giro realizada no 1T19, que resultou na redução das vendas em Produtos de Prescrição e Consumer Health com o objetivo de diminuir o nível de estoque desses produtos nos clientes e, consequentemente, o prazo médio de recebimento da companhia. Em Similares e Genéricos, o crescimento foi impulsionado pelas marcas líderes Neosoro, Flavonid, Doralgina e Gastrol, bem como pelo desempenho de genéricos. resultados-de-hypera-03  

 

– Lucro Bruto e Margem Bruta:

No 1T19, o Lucro Bruto foi de R$185,9 milhões (redução de -73,1% em relação ao 1T18), com Margem Bruta de 48,5% (redução de -25,8 p.p. em relação ao 1T18). Essa redução do Lucro Bruto e da Margem Bruta é resultado principalmente: da menor Receita Líquida, consequência do processo de otimização de capital de giro; do efeito mix de produtos no trimestre, dada a maior relevância de similares e genéricos nas vendas do período (OBS: estes produtos possuem uma margem menor!); e da menor diluição dos custos fixos de produção por conta da redução da Receita Líquida.

 

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

 

– Despesas de Marketing:

As Despesas com Marketing apresentaram redução de 11,7%, resultado principalmente da diminuição das despesas com Propaganda e Promoção ao Consumidor no 1T19. É importante mencionar que, para o ano de 2019, as veiculações relacionadas aos pacotes de publicidade passarão a ocorrer de maneira mais relevante a partir do 2T19, principalmente por conta da maior concentração de lançamentos esperada para os próximos trimestres do ano.   resultados-de-hypera-04    

– Despesas com Vendas:

No 1T19, as Despesas com Vendas cresceram 3,0% em relação ao 1T18, refletindo principalmente o crescimento de 20,9% das despesas com Pesquisa e Desenvolvimento. Esse crescimento resulta principalmente do aumento dos investimentos em inovação realizados pela Hypera para acelerar o ritmo de lançamentos de produtos. resultados-de-hypera-05    

– Despesas Gerais e Administrativas & Outras Receitas/Despesas Operacionais:

As Despesas Gerais e Administrativas totalizaram R$52,0 milhões, com crescimento de 12,0% em relação ao 1T18. Essa variação nas Despesas Gerais e Administrativas também é consequência da reoneração da folha de pagamento, em vigor desde o início do ano. A linha“Outras Receitas Operacionais” foi afetada positivamente pela contabilização do crédito tributário relacionado à decisão favorável sobre a exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS/COFINS no 1T19, no valor de R$546,4 milhões.   resultados-de-hypera-06    

– EBITDA das Operações Continuadas:

No 1T19, o EBITDA das Operações Continuadas atingiu R$401,4 milhões, com crescimento de 10,7% em relação ao 1T18. Esse crescimento resultou principalmente da combinação: da redução da Receita Líquida por conta da diminuição das vendas em Produtos de Prescrição e Consumer Health relacionada ao processo de otimização de seu capital de giro; com a contabilização do crédito tributário relacionado à decisão favorável sobre a exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS/COFINS.

 

– Resultado Financeiro:

O Resultado Financeiro apresentou saldo negativo de -R$1,8 milhão no 1T19, ante saldo positivo de R$1,1 milhão no 1T18. Essa variação também resulta do início da contabilização dos juros relacionados aos ativos de direito de uso conforme a adoção do CPC 06 / IFRS 16.  

– Lucro Líquido:

O Lucro Líquido das Operações Continuadas alcançou R$330,8 milhões no 1T19, com crescimento de 9,5% em relação ao 1T18. Esse crescimento do Lucro Líquido, em patamar superior ao crescimento do EBIT das Operações Continuadas, é consequência principalmente da menor taxa efetiva de imposto de renda por conta do aumento dos Juros Sobre Capital Próprio declarados.   resultados-de-hypera-07    

– Fluxo de Caixa:

O Fluxo de Caixa Operacional foi de R$191,8 milhões, 24,3% inferior ao 1T18. Essa variação é consequência principalmente da maior utilização de créditos tributários federais para retenção de imposto de renda sobre Juros sobre Capital Próprio no 1T18, quando comparado ao 1T19. Já o Fluxo de Caixa Livre foi menor em R$70,1 milhões em relação ao 1T18, e foi impactado, além da redução do Fluxo de Caixa Operacional, pelo início dos investimentos relacionados à expansão da fábrica em Anápolis e pela intensificação dos investimentos em inovação.   resultados-de-hypera-08    

– Caixa Líquido:

No final do 1T19, a posição de Caixa Líquido da Hypera totalizava R$613,0 milhões, ante R$1.060,1 milhões no 4T18 e ante R$462,8 milhões no 1T18. A redução na posição de caixa líquido na comparação com o 4T18 refletiu principalmente o pagamento de juros sobre capital próprio no 1T19, relativos ao exercício de 2018. Já o aumento na posição de caixa líquido na comparação com o 1T18 se deu essencialmente pelo crescimento do Fluxo de Caixa Livre no período.   resultados-de-hypera-09    

 

– Ciclo de Conversão de Caixa:

  resultados-de-hypera-10  

 

– Pagamento de Juros sobre Capital Próprio:

No 1T19, foram distribuídos os Juros sobre Capital Próprio relativos ao exercício social de 2018, no valor bruto de R$612,0 milhões, e o Conselho de Administração da Companhia aprovou a distribuição de R$161,0 milhões, equivalentes a cerca de R$0,25 por ação, a serem pagos até de 31 de janeiro de 2020. resultados-de-hypera-11  

Conclusão sobre os resultados de Hypera do 1T19:

A primeira vista o resultado de Hypera assusta muito ao acionista, Estou escrevendo ainda no final de semana, mas imagino que as ações tenham tido forte queda na abertura de segunda feira, mas para entendermos o que aconteceu precisamos aprender dois conceitos simples de logística. O Sell-in e o SellOut.  

Sell-in – é o que a Hypera vende para os seus distribuidores, neste caso as Grandes Redes de Drgarias e Farmácias principalmente, como a RD, Panvel, Drogarias Venancio, Pacheco, São Paulo e outras. Este valor de venda é o que gera Receita para a empresa. Sell-Out – é o quanto os distribuidores vendem para o público consumidor, isto é, quanto a RD, a Panvel, e outras vendem de produtos daHypera para nós, consumidores finais em suas lojas (drogarias e farmácias). Estas vendas geram Receita para as drogarias mas não para a Hypera.
  Quero que vocês percebam o seguinte: No curto prazo, parece interessante que a empresa consiga realizar vendas constantes para os distribuidores, pois isto gera Receita e em última instância lucro para a companhia. Na gíria, dizemos que o fornecedor “soca” o produto no distribuidor. No entanto, esta estratégia com a concorrência crescente, não será mais viável e a companhia está se mexendo e modificando seu processo de distribuição. Este foi um trimestre de ajustes, em que a companhia reduziu as vendas (Sell-in), e deixou os distribuidores venderem os produtos que já tinham em estoque para os clientes (Sell-Out).  

A estratégia acima tem como objetivo principal reduzir o Contas a Receber da Companhia, como vimos que já foi conseguido na imagem abaixo no retângulo vermelho:

resultados-de-hypera-12       Vemos que o Contas a Receber foi reduzido de R$ 1,45 bilhões para R$ 979 milhões. No mesmo retângulo eu coloquei o desafio da companhia que é o possível aumento de estoque.   Em um ambiente menos competitivo como o anterior, a Hypera “socava” produto nos distribuidores com prazo e estes que se “virassem” para vender e pagar. Agora, os distribuidores não querem mais ter esse custo de estoque, e estão repassando para a Hypera. Para a Hypera ter êxito na sua estratégia e conseguir ter distribuidores com pontos de estoque menores e sem ter falta de produtos, provavelmente terá de gastar mais com distribuição, e precisará de estoques maiores. Isto é, parte dos estoques que ficavam nos distribuidores, passarão a ficar na própria Hypera para que tenha agilidade na entrega de medicamentos.   Este ano de 2019 será de adaptação neste início, e de lançamento de produtos e inovações no segundo semestre. Para o longo prazo a companhia está em um setor que é promissor, e esta possui marcas com nomes fortes e bem consolidadas no mercado, além disso, os investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento e em Propaganda e Marketing, dão a impressão que a companhia ganhará participação de mercado nos próximos anos. Além disso, a exclusão do PIS e da Cofins do ICMS gera um crédito para a Companhia que permite realizar esse ajuste sem passar por resultados de prejuízos trimestrais.   No entanto, como eu sempre digo, nós podemos amar a empresa, mas tudo tem seu preço. Não é porque eu amo o Parque da Disney, que eu vou pagar qualquer valor no ingresso. Não é porque eu amo carros que eu vou pagar qualquer valor naquele que eu mais gosto. O mesmo ocorre em ações. Para isso podemos calcular o preço justo. Mas como vocês já sabem, o valuation é apresentado apenas para Membros Gold, na parte Resultados de Empresas para assinantes em https://areademembros.dicadehoje7.com   Para mais informações como assinar e acessar não apenas essa mas como vários outros resultados, veja no parágrafo abaixo:

Está com dificuldade de achar oportunidades?

Quer receber recomendações sobre as melhores ações da Bolsa? Relatórios e Vídeos semanais de análise de empresas. Clique aqui e vire um Membro Gold (pagando menos de R$1,25 por dia!)

Veja a tabela abaixo com todos os benefícios:

Membro BronzeCarteira ZMembro Gold
Carteira PEG NãoSimSim
Carteira BarganhasSimSimSim
Carteira P/L abaixo da MédiaSimSimSim
Carteira DividendosNãoSimSim
Carteira GrahamNãoSimSim
Carteira de GreenblattNãoSimSim
Carteira P/VP x ROENãoSimSim
Carteira Z (fundos de Investimentos)NãoSimSim
Carteira Dica de HojeNãoNãoSim
Dados de empresaSimSimSim
Relatórios Dica de Hoje (ações + Fiis)NãoNãoSim
Resultados de Empresas com cálculo de preço justoNãoNãoSim
Panorama de AçõesSimSimSim
Radar de FIIsNãoNãoSim
Vídeos Dica de HojeNãoNãoSim
HangoutsNãoNãoSim
Descontos em CursosNãoNãoSim
Clique GratuitoR$ 239,90 anualR$ 447,00 anual

*As carteiras Membro Bronze podem ser modificadas sem aviso prévio, a qualquer momento. Confira os resultados de Porto Seguro do 4T18.

Para informações sobre o Curso de opções Dica de Hoje, clique aqui.

Abraços e Bons Investimentos!

Daniel Nigri (analista CNPI)

Com a ajuda de Leo Bittencourt

 

Disclosure

Elaborado pelo analista independente Daniel Isaac Nigri CNPI 1810, este relatório é de uso exclusivo de seu destinatário.

Este estudo é baseado em informações disponíveis ao público nos próprios sites de RI das empresas analisadas ou comparadas, consideradas confiáveis na data de publicação.

As opiniões, aqui expressas, estão sujeitas a mudanças, por se tratarem de estimativas baseadas em fundamentos e projeções de futuro que podem ou não ocorrer.

Este relatório não representa oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros.

As análises, informações e estratégias de investimento têm como único propósito fomentar o debate entre o analista responsável e os destinatários.

Sugestão aos destinatários

Os destinatários devem, portanto, desenvolver as próprias análises e estratégias. (Caminhar com as próprias pernas e ter bom senso)

Informações adicionais sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros aqui abordados podem ser obtidas mediante solicitação, e serão arquivadas por 5 anos conforme determinação da CVM.

O analista responsável pela elaboração deste relatório declara, nos termos do artigo 17º da Instrução CVM nº 483/10, que as recomendações do relatório de análise refletem única e exclusivamente a sua opinião pessoal e foram elaboradas de forma independente.

O analista Daniel Isaac Nigri CNPI é o responsável principal pelo conteúdo do relatório e pelo cumprimento do disposto no Art. 16, parágrafo único da Instrução ICVM 483/10.