Resultados de Hypera do 4t18

0
432

Resultados de Hypera do 4T18

Hypera (código Bovespa: HYPE3) RESUMÃO – Resultados 4T18: (Data de divulgação: 21/Fevereiro/2019) (Dados retirados do site de RI)  

– Estratégia da Empresa:

As recentes melhorias operacionais feitas pela Hypera, incluindo o aumento da capacidade fabril e maior eficiência logística, permitem que a empresa coloque em prática iniciativas para otimização de capital de giro, que será uma das prioridades para o ano de 2019. Isso contribuirá para que a Hypera concentre seus investimentos em Capex e inovação, que são essenciais para o crescimento sustentável no médio e longo prazo. Para o ano de 2019, a Hypera possui diversas iniciativas para a aceleração do crescimento nos mercados de Vitamina D e antigripais, que compreendem lançamentos de novos produtos, investimentos em marketing e ações no ponto de venda. É importante mencionar que aproximadamente 80% do pipeline de inovação da Hypera está relacionado a Produtos de Prescrição e Consumer Health, o que deve impulsionar o crescimento da empresa nesses mercados no médio prazo.  

– Composição Acionária:

– Guidance para 2019:

Após a análise do cenário macroeconômico e da dinâmica dos mercados em que atua, a Hypera estabeleceu uma projeção financeira (“guidance”) de Lucro Líquido ao redor de R$1.225,0 milhões, o que representa um possível aumento de 8,4% em relação ao Lucro Líquido de 2018.  

– Inovação e Lançamentos:

Os avanços em inovação em 2018 foram os mais relevantes da história da Hypera. Os investimentos totais em inovação, pesquisa e desenvolvimento, incluindo o montante capitalizado como ativo intangível, cresceram 33,0% e superaram a marca dos R$180 milhões, montante bastante expressivo para o mercado farmacêutico brasileiro. O índice de inovação, correspondente ao percentual da Receita Líquida proveniente de produtos lançados nos últimos cinco anos, evoluiu ao longo do ano e alcançou 31% no 4T18.   O seu centro de inovação “Hynova” que faz pesquisas e desenvolvimento de novos produtos, já opera hoje com 100% de sua capacidade e vem colaborando para o incremento do pipeline de inovação, que encerrou o ano de 2018 com mais de 330 projetos. Em 2018, foram 70 lançamentos de novos produtos, sendo 36 realizados no 4T18, um recorde para a empresa.  

– Destaques Operacionais e Financeiros:

 

– Receita Líquida:

No ano de 2018 a Receita Líquida cresceu 6,4% em relação ao 2017, com destaque para Similares e Genéricos. Em relação ao 4T17, a empresa teve uma redução de -6,5%. O crescimento da Receita Líquida resulta da combinação da expansão de preços e do crescimento de volume, que foi beneficiado pelas iniciativas da Hypera para aumento de sua capacidade de produção ao longo do ano. Vale destacar a demanda pelas marcas similares líderes nos seus respectivos segmentos, tais como Neosoro, Doralgina e Flavonid, bem como o desempenho de genéricos.  

– Lucro Bruto e Margem Bruta:

Apesar do Lucro Bruto ter crescido 3,6% em relação ao ano de 2017, podemos observar, do ponto de vista negativo, que Margem Bruta teve uma redução de 1,9 p.p. em relação a Margem Bruta de 2017, fechando o ano com 71,6%. Essa redução se deu principalmente pelo efeito mix de produtos e pelo aumento de preços em patamar inferior à elevação de custos, que foram afetados de maneira mais relevante na segunda metade do ano pela desvalorização do Real frente ao Dólar e pelo aumento de preço em Dólar de algumas matérias-primas utilizadas no processo de manufatura dos produtos. No 4T18 em relação ao 4T17, o Lucro Bruto teve redução de -12,6% e a margem bruta reduziu -4,8 p.p. resultados-de-hypera-do-4t18-05  

– Despesas de Marketing:

As Despesas com Marketing cresceram 8,2% em 2018 em comparação com 2017, alcançando 22,0% da Receita Líquida, ou 0,3 p.p. superior ao ano de 2017. Essa variação é resultado principalmente do aumento das despesas com Visitas Médicas, Promoções, Brindes e Amostras por conta do aumento da equipe de visitação médica, combinado com o maior número de ações de marketing efetuadas nos pontos de venda no ano. resultados-de-hypera-do-4t  

– Despesas com Vendas:

As Despesas com Vendas cresceram 2,6% em 2018 em comparação com 2017, mas em compensação teve uma redução de -0,4 p.p. como percentual da Receita Líquida. Essa queda se deu principalmente pela diminuição das Despesas com Pesquisa e Desenvolvimento por conta da utilização do benefício de R$24,3 milhões da Lei do Bem em 2018, ante R$9,3 milhões utilizados em 2017, consequência principalmente do aumento dos seus investimentos em inovação.  

-Despesas Gerais e Administrativas:

As Despesas Gerais e Administrativas foram reduzidas em 1,4% em relação ao 2017, resultado principalmente da otimização de gastos com infraestrutura.  

– EBITDA das Operações Continuadas:

O EBITDA das Operações Continuadas atingiu R$1.318,7 milhões em 2018, com margem de 35,4%, levemente acima do registrado no 2017. Esse desempenho foi beneficiado principalmente pela diluição das Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas e pelas Outras Receitas Operacionais registradas no período, compensadas sobretudo pela redução da Margem Bruta e pelo incremento das Despesas com Marketing como percentual da Receita Líquida. No 4T18 em relação ao 4T17, o EBITDA das Operações Continuadas teve redução de -9,96% e a margem reduziu -1,5 p.p.  

– Resultado Financeiro:

O Resultado Financeiro de 2018 foi positivo em R$0,1 milhão, com redução de R$53,3 milhões em relação a 2017. Essa variação é consequência de um menor caixa líquido médio em 2018 e da redução da taxa de juros.  

– Lucro Líquido:

O Lucro Líquido das Operações Continuadas alcançou R$1.135,4 milhões no ano, com crescimento de 2,2% em relação a 2017. Esse crescimento do Lucro Líquido, em patamar inferior ao crescimento do EBIT das Operações Continuadas, é consequência da diminuição da Receita com Juros Líquidas. resultados-de-hypera-do-4t18-08    

– Fluxo de Caixa:

Em 2018, o Fluxo de Caixa Operacional foi de R$1.066,5 milhões, o mais alto já registrado pela Hypera, com um aumento de 14,4% em relação a 2017. Já o Fluxo de Caixa Livre apresentou redução na comparação com 2017, consequência principalmente dos recursos recebidos em 2017 relacionados à venda do Negócio de Produtos Descartáveis. resultados-de-hypera-do-4t18-09    

– Caixa Líquido:

A posição de Caixa Líquido pós Hedge encerrou o ano de 2018 em R$1.060,1 milhões. Considerando o pagamento de Juros Sobre Capital Próprio em janeiro de 2019, a posição pro forma de Caixa Líquido iniciou este ano no patamar de R$499,8 milhões. resultados-de-hypera-do-4t18-10  

Conclusão sobre os resultados de Hypera do 4T18:

A Hypera, antiga Hypermarcas, é uma empresa que se reinventou nos últimos anos e resolveu focar apenas na parte de medicamentos para saúde. Vendeu as fábricas de negócios complementares e que não faziam parte da estratégia da companhia, com isso reduziu seu endividamento e ficou com uma estrutura mais enxuta composta de 3 segmentos. Similares e Genéricos que possui uma margem Bruta mais baixa, e Produtos de Prescrição e Consumer Health que são medicamentos com ticket e margem normalmente maiores, mas que demandam investimentos em marketing e em pesquisa e desenvolvimento. Durante 2017 e nos 3 primeiros trimestres de 2018 a estratégia funcionou bem, e a companhia vinha tendo crescimentos fortes da Receita Líquida e até mesmo da margem dos produtos. No entanto, os concorrentes de Hypera cresceram em alguns segmentos e o mix de produtos do 4T2018 fez com que a Hypera tivesse uma margem bruta menor. Vocês devem ter visto que no 4T2017, uma Receita Líquida de R$ 990 milhões gerou um custo do Produto Vendido de R$ 263 milhões, enquanto neste 4T2018, a Receita Líquida de R$ 927,5 milhões trouxe um custo de produto vendido superior a R$ 290 milhões. Isso ocorreu principalmente pelo aumento das vendas de remédios similares e genéricos e pela redução dos remédios de marca. (Crescimento dos concorrentes).  

Percebendo isso…

A companhia se antecipou e aumentou seus investimentos na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Foram R$ 180 milhões de investimentos em inovação, o que representa quase 5% da receita Líquida, um recorde na história da companhia. Para se ter uma ideia, os produtos criados nos últimos 5 anos representaram 31% da Receita Líquida do 4T2018. Apenas no 4T2018 foram lançados mais de 30 novos produtos. Inclusive a estratégia de longo prazo da companhia é ter mais de 40 marcas com faturamento superior a R$ 100 milhões anuais. Hoje são 11 marcas com esse faturamento anual. A companhia terá um ano de 2019 mais difícil, mas ela não está acomodada esperando os concorrentes. Se incluirmos os dividendos pagos todos os anos, e o fato da empresa ter hoje mais dinheiro em Caixa que dívidas, acredito que ela tenha todas as condições necessárias para fazer esse turnaround operacional necessário neste momento. A companhia no mesmo dia divulgou que seu Guidance (expectativa) para 2019 é de um lucro líquido de R$ 1,225 bilhões e diferente dos anos anteriores não foi divulgado Guidance de Receita Líquida. Hoje a Companhia opera com P/L de 15,6, e caso ela venha a conseguir alcançar o lucro líquido projetado esse P/L cairia para algo em torno a 14,5. Mas será que esse valor é suficiente para se comprar agora a ação? Será que ela tem margem de segurança? Isso você descobre na Área de Membros Dica de Hoje na parte Resultados de Empresas. Se você gostou, tem mais informações abaixo. Eleve os seus resultados. Caso você tenha alguma dúvida ou comentário sobre os resultados de Hypera do 4T18, deixe a sua pergunta abaixo!

Está com dificuldade de achar oportunidades?

Quer receber recomendações sobre as melhores ações da Bolsa? Relatórios e Vídeos semanais de análise de empresas. Clique aqui e vire um Membro Gold (pagando menos de R$1,25 por dia!)

Veja a tabela abaixo com todos os benefícios:

Membro BronzeCarteira ZMembro Gold
Carteira PEG NãoSimSim
Carteira BarganhasSimSimSim
Carteira P/L abaixo da MédiaSimSimSim
Carteira DividendosNãoSimSim
Carteira GrahamNãoSimSim
Carteira de GreenblattNãoSimSim
Carteira P/VP x ROENãoSimSim
Carteira Z (fundos de Investimentos)NãoSimSim
Carteira Dica de HojeNãoNãoSim
Dados de empresaSimSimSim
Relatórios Dica de Hoje (ações + Fiis)NãoNãoSim
Resultados de Empresas com cálculo de preço justoNãoNãoSim
Panorama de AçõesSimSimSim
Radar de FIIsNãoNãoSim
Vídeos Dica de HojeNãoNãoSim
HangoutsNãoNãoSim
Descontos em CursosNãoNãoSim
Clique GratuitoR$ 239,90 anualR$ 447,00 anual
*As carteiras Membro Bronze podem ser modificadas sem aviso prévio, a qualquer momento. Confira os resultados de Porto Seguro do 4T18. Para informações sobre o Curso de opções Dica de Hoje, clique aqui. Abraços e Bons Investimentos! Daniel Nigri (analista CNPI) Com a ajuda de Leo Bittencourt

Disclosure

Elaborado pelo analista independente Daniel Isaac Nigri CNPI 1810, este relatório é de uso exclusivo de seu destinatário. Este estudo é baseado em informações disponíveis ao público nos próprios sites de RI das empresas analisadas ou comparadas, consideradas confiáveis na data de publicação. As opiniões, aqui expressas, estão sujeitas a mudanças, por se tratarem de estimativas baseadas em fundamentos e projeções de futuro que podem ou não ocorrer. Este relatório não representa oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. As análises, informações e estratégias de investimento têm como único propósito fomentar o debate entre o analista responsável e os destinatários.

Sugestão aos destinatários

Os destinatários devem, portanto, desenvolver as próprias análises e estratégias. (Caminhar com as próprias pernas e ter bom senso) Informações adicionais sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros aqui abordados podem ser obtidas mediante solicitação, e serão arquivadas por 5 anos conforme determinação da CVM. O analista responsável pela elaboração deste relatório declara, nos termos do artigo 17º da Instrução CVM nº 483/10, que as recomendações do relatório de análise refletem única e exclusivamente a sua opinião pessoal e foram elaboradas de forma independente. O analista Daniel Isaac Nigri CNPI é o responsável principal pelo conteúdo do relatório e pelo cumprimento do disposto no Art. 16, parágrafo único da Instrução ICVM 483/10.