Suzano – SUZB3: Análise de Indústria – Resultados

0
88
Suzano

Suzano – SUZB3: Análise de Indústria – Resultados

A produtora de celulose Suzano – SUZB3 apresentou seus resultados, apurando um lucro líquido de R$ 700 milhões no segundo trimestre de 2019. Um ano antes, ela havia reportado um prejuízo de R$ 2 bilhões.

Essa empresa é um ótimo exemplo para análise de negócio quando consideramos as interferências do mercado externo, da relação entre demanda e preço e como o estoque afeta a razão dessas variáveis.

Basicamente, podemos dizer que o consumo afeta o nível do estoque, que por sua vez pressiona o preço; o estoque maior pode afetar a capacidade utilizada e isso pressiona a diluição dos custos fixos, o que pode levar a uma margem menos atrativa.

Vocês devem lembrar que no final de 2018 os estoques estavam mais altos. Isso porque em 2017 e 2018 a indústria produtora de celulose operou quase que na plenitude de capacidade produtiva, unindo isso ao fato de que o consumo dos estoques, principalmente na China, ficou aquém do esperado.

O que isso significa na operação do negócio?

Que a demanda fica menor, afinal, se os maiores consumidores ainda têm produto, é preciso que o fluxo do consumo aqueça, para então os estoques baixarem e assim exista necessidade de compras, ou seja, aquece mercado e então gera a necessidade que dá start para as novas compras que irão recompor os estoques que estão sendo consumidos.

Em relação à “guerra comercial/cambial” China x EUA, esta pode gerar uma diminuição de produção/consumo na economia, o que afeta os players que têm o mercado como um dos grandes consumidores, além obviamente de o movimento cambial afetar diretamente o resultado do negócio. Não que isso seja uma novidade, afinal quem acompanha a empresa sabe que isso ocorre há algum tempo. Se você desconhece a dinâmica, procure notícias da mídia no ano de 2010 sobre o assunto celulose e China.

Sobre os resultados

Suzano – SUZB3 inicia o release com o seguinte título: Diligência financeira diante de conjuntura adversa.

E lendo o material é possível perceber que o aumento de estoques continua, com volumes de 3,7 m/t., e custo caixa maior, devido a um acréscimo de preços da madeira, insumos e também porque, como citei anteriormente, a menor produção acaba afetando a diluição dos custos fixos, o que afeta diretamente o resultado. Foram R$ 733/t, sendo R$ 697/t sem paradas.

A logística de produção é vital, isso não é novidade, e por isso insisto tanto nos materiais sobre a necessidade de entender o funcionamento, pois assim, quando você analisar o negócio, saberá quais os itens que mais influenciam nos resultados e como eles são compostos.

Percebendo que a conjuntura não está favorável, a empresa divulgou que irá reduzir o Capex de 2019 de R$ 6,4 bilhões para R$ 5,9 bilhões, lembrando que o Capex é essencial para a indústria, pelo menos para reposição da depreciação. Para quem ainda não está familiarizado com o termo, Capex é: despesas de capital ou investimento em bens de capital – representa o montante de dinheiro aplicado na aquisição ou melhorias nos bens de capital, que na indústria são os bens de produção, ou seja, a estrutura necessária para a geração de valor.

Observe abaixo os resultados divulgados pela companhia:

resultados estruturais

 

Veja que houve uma redução na receita líquida em comparação anual, o que afetou as margens, que reduziram 5 p.p., e aliado a isso houve uma redução de 31% na geração de caixa. Aqui lembro a vocês sobre a importância de analisar a geração de caixa operacional e geração de caixa livre em empresas que têm alavancagem elevada, a mesma lógica de Klabin, sobre a qual falei em um áudio enviado na lista de transmissão do WhatsApp do Dica de Hoje. Se quiser entrar na nossa lista, clique aqui.

A receita líquida de celulose foi de R$ 5.454 milhões no trimestre, um recuo de 20% na comparação com o mesmo trimestre de 2018, e isso ocorreu devido à redução de preço médio líquido em dólares, que ficou 15% menor, além do recuo do volumeem 14%.

O que ajudou foi a valorização docâmbioem relação ao real, que segundo a empresa, foi de 9%.

A receita líquida total foi de R$ 6.665 milhões. Aqui já é possível perceber a proporção da celulose na receita em relação ao segmento de papel, sendo 81% gerados no mercado externo, contra 84% no segundo trimestre de 2018 e 77% no primeiro trimestre de 2019.

 

compoosicao

 

Quando a comparação é trimestral, e não anual, podemos observar que houve uma evolução na geração de caixa operacional de Suzano – SUZB3, de 25%.

A dívida líquida/ebitda aumentou tanto na comparação trimestral quanto na anual, hoje em 3,5x em reais e 3,6x em dólares. Segundo release da empresa em 30 de junho de 2019, o custo médio total da dívida medido em dólar era de 4,8% a.a. (dívida em BRLajustada pela curva de swap de mercado), e o prazo médio da dívida consolidada no encerramento do exercíciofoi alongado para 87 meses (vs. 75 meses em março/2019).

resultados

Preços

O preço líquido médio em dólar da celulose vendida pela empresa foi de US$ 628/t, um recuo de 11% em relação ao primeiro trimestre de 2019 e de15% em relação ao segundo trimestre de 2018. O preço médio líquido nomercado externo, segundo a empresa, foi de US$ 630/t, contra US$ 711/t no primeiro trimestre de 2019 e US$ 751/t no segundo trimestre de 2018. Em reais,o preço de venda foi de R$ 2.463/t no trimestre, um recuo de 7% em relação ao trimestre anterior, e a empresa diz que esse recuo ocorreu devido a uma pressão sobre os preços em dólar, assim como o recuo de 8% em base anual, pois ela é afetada pela queda do dólar em uma ponta e compensada na valorização frente ao real na outra ponta, por isso lemos tanto a palavra “compensação” em empresas que têm receitas/despesas em moeda estrangeira.

Mais uma das variáveis essenciais para se analisar em negócios que possuem grande representação de moedas no resultado, analise sempre no ITR a parte “análise de sensibilidade”, para compreender os possíveis cenários que a empresa considera.

Volumes

Em relação aos volumes, houve um aumento de 26% na base trimestral de Suzano – SUZB3 e uma queda de 12% na comparação anual, o que representa o que foi dito no início do texto, e observe no quadro acima que o recuo na base anual se deu tanto em vendas quanto em produção. Foram 2.214 mil toneladas de celulose no segundo trimestre de 2019, 28% maior que o 1T19 e 14% menor que o 2T18.

Ou seja, se vendemos menos, inevitavelmente vamos produzir menos, afinal os custos de estoques, assim como as perdas, são variáveis consideradas nesse planejamento de produção. Veja que essas grandes empresas possuem as paradas programadas, que são formas de ajustes de produção e estoque, tanto que o custo caixa tonelada é sempre calculado levando em consideração ambos os cenários.

Ebitda

A geração de valor do negócio da companhia celulose no trimestre foi afetada pela queda do preçomédio líquido de celulose em dólar, de 15%, o menor volume vendido,de 14%,e o maior custo de produto vendido (ex-Klabin).

ebitida

 

No segmento de papel, houve aumento de vendas no trimestre de 301 mil toneladas, um aumento de 10% na base trimestral, e aumento de 6% em comparação com o mesmo período de 2018.

suzano

 

Ebitda do segmento de papel

suzano empresa

Conclusão sobre Suzano – SUZB3

Obviamente não se trata de recomendação de compra ou venda, e sim de mostrar que a análise de um negócio precisa unir as variáveis qualitativas e quantitativas, e que negócios são organismos expostos ao cenário, e esse cenário é influenciado por variáveis internas e externas, inclusive parte dessas sem controle.

Empresas cíclicas, expostas a commodities, precisam de uma análise que comtemple o cenário global.

O Daniel falou sobre Klabin na semana passada aqui mesmo no site, uma empresa do mesmo setor que a Suzano, mas que possui suas peculiaridades. Vale a pena conferir as semelhanças e diferenças(clique aqui).

Informação é dinheiro.

Até a próxima semana.

Revisão de texto: Marciel Montalvane

 

Você está chateado porque a sua carteira não sai do lugar? Suas estratégias parecem que não funcionam? Esta é a última semana para se inscrever no Curso Geração de Renda com Investimentos –clique aqui e saia do lugar.