AÇÕES DEFENSIVAS

6
411

Ações Defensivas

Se eu te disser que existe um grupo de ações que você pode investir seu dinheiro com pouca chance de perder o seu dinheiro, que geram bom retorno em termos de dividendos e que as ações, mesmo em períodos de crise tendem a cair pouco. O que você me diria? Gostou da ideia? Realmente existe esse grupo de ações. São as chamadas empresas defensivas. Eu recomendo muito esse tipo de ação para dois tipos de investidores que buscam a minha consultoria. Para investidores que tem o perfil conservador, mas que querem começar a investir em ações e para investidores que tenham muita aversão ao risco, mas que não se contentam com os ganhos cada vez menores da Renda Fixa.

Se você se enquadra em um desses dois perfis, esse artigo é para você.

 

          Primeiramente, o que é uma ação defensiva?

Uma ação defensiva (em inglês slow grower) em teoria é uma ação com um beta baixo, alguns investidores consideram um beta abaixo de 1. Na minha opinião, seria uma ação com um Beta abaixo de 0,7. Entre 0 e 0,7 é considerado defensiva. Se você quer aprender como calcular o Beta, fiz um vídeo no youtube.

Mas vamos sair da tecnicidade e vamos tentar facilitar as coisas. Quais seriam as características principais de uma ação defensiva?

Eu posso citar algumas características como: Lucros constantes e crescentes, alta previsibilidade de resultados, dividendos constantes e pagos de forma recorrente, baixa volatilidade (mudanças bruscas) nos preços das ações.

Antes de continuar com nosso estudo e mostrar quais são as empresas defensivas, é muito importante ressaltar que as ações não são estáticas. Uma ação A pode ser defensiva hoje, mas pode virar uma ação de crescimento amanhã. Uma empresa que passou por um turn around (saída de um período em prejuízo para um lucro constante) há alguns anos, pode virar uma empresa defensiva depois. Normalmente as ações passam por ciclos.

Na quinta feira escrevi um artigo sobre small caps.

mostrando seu potencial mais acelerado de crescimento, além de seus riscos de perda caso seus investimentos dessem errado. Como podemos perceber essas ações dificilmente poderão ter um perfil de defensivas. Elas se caracterizam por altas volatilidades dos preços das ações e muitas vezes por variações até bruscas dos seus lucros.

Isto significa que a maioria das empresas defensivas deveriam ser large caps ou blue chips (empresas com alto volume negociado e grande valor de mercado). Porque essas empresas já se tornaram maduras o suficiente para que possamos fazer previsões consistentes a cerca de seus resultados. E porque normalmente elas já possuem um mercado muito grande para vender seus produtos e seus serviços que não irá se dissipar facilmente. Normalmente são empresas muito bem geridas e que dificilmente apresentarão alguma surpresa muito grande em seus resultados.

Eu costumo comparar a um terreno. Imagina que você queira comprar um terreno. Existem dois terrenos um ao lado do outro e de mesma área. Um já foi planificado, cortado o matagal e com a grama lisa e fofa. O outro ao lado está largado, com grama e folhagem na altura dos olhos, além de ser um terreno em desnível. Qual dos dois será mais barato? O segundo claro. Qual dos dois poderemos melhorar mais? O segundo também.

Isso também ocorre com as ações. As empresas que já são muito bem administradas tem maior dificuldade de ter melhorias expressivas, e por isso elas tem um resultado mais robusto, mais previsível e com isso suas ações se movimentam menos. Veja a movimentação do preço de Ambev nos últimos dois anos. Como podem perceber a ação se movimenta sempre dentro de um patamar e se movimenta pouco tanto durante o dia quanto ao longo dos anos.

 

acoes-defensivas-01

 

Vejam acima que no fim de 2015, quando a bolsa toda caiu muito e o próprio ibovespa chegou a 37500 pontos, a ação de abev3 caiu de 20,00 para 16,00. E depois em 2016 quando a bolsa subiu muito, ela voltou de 16,00 a 20,00 no máximo. Isso demonstra a baixa volatilidade dessa empresa.

Olhem agora o lucro de ambev nos últimos anos. Percebam como ele está mais ou menos estável e previsível nos últimos dois ou três anos. Podemos dizer então que ambev (abev3) está em um período que ela é uma empresa defensiva.

 

Elaborado pelo autor com dados retirados do Guiainvest Pro.

 

Vemos no gráfico que a empresa mudou de perfil nos últimos anos. Ela era uma empresa de crescimento rápido até o fim de 2013, meio de 2014, e a partir daí seu negócio ficou mais maduro e ela se transformou em uma empresa defensiva.

Como ela não tem muitos investimentos a fazer e nem empresas a comprar, porque teria problemas com o CADE (ela já possui 70% do Market share  no Brasil) ela prefere distribuir altos dividendos para seus acionistas. Distribui quase 80% do lucro anualmente em proventos.

Coloquei então no Guiainvest Pro todas as ações que existem na bolsa e coloquei o lucro líquido delas desde 2010. Divididas entre meio do ano e fim do ano. 184 tickers (o numero de empresas é menor, já que existem empresas que possuem vários tickers. Ex: Braskem possui brkm3, brkm5 e brkm6) conseguiram ter lucro em no mínimo 13 dos 14 “anos” (meio do ano até meio do ano seguinte considerado um ano).

Como a primeira condição é que empresas sem lucro não são defensivas, retiramos todas que tiveram prejuízos constantes neste período. Depois pesquisamos quais dessas tiveram crescimento dos lucros em 10 anos e depois em 5 anos. Já que a segunda condição era que os lucros fossem crescentes mesmo que sejam pouco crescentes.

Excluindo as empresas que tiveram queda no lucro em 10 anos e queda em 5 anos superior a 2% ao ano em média, sobraram apenas 69 tickers.

Agora vamos ver as empresas que distribuem bastante dividendos. Mais de 50% de payout pelo menos e menor que 95%, seria interessante. Maior que 40% porque a empresa demonstra que ela prefere retornar a maior parte dos lucros aos acionistas na forma de dividendos ou juros sobre capital próprio a investir no crescimento da empresa. E menor que 95% para termos a garantia que esse tipo de distribuição é sustentável. Empresa que distribui mais de 100% do lucro como dividendos em média em um período tão extenso, não deve manter esses lucros no longo prazo.

 

Com tudo isso chega-se a lista da foto abaixo.

acoes-defensivas-03

Elaborado pelo autor com dados do Guiainvest Pro. 

Esta lista com 26 ações já é uma ótima aproximação de quais empresas poderiam ser consideradas defensivas na bolsa. São empresas que mantém o lucro neste período e que inclusive cresceram o lucro nesse período tanto nos últimos 10 anos quanto nos últimos cinco anos. Além disso, são empresas que distribuem boa parte do lucro.

Prestem atenção que existem algumas empresas também que possuem crescimento expressivo dos lucros como Fleury, RD (antiga Raia Drogasil) e Estacio, por exemplo. Mas eu as considero defensivas pois elas demonstraram já toda a capacidade gerar lucros constantes e crescentes e retornar boa parte de valor aos dividendos.

E onde está Ambev?

Ambev também é defensiva como mostrei nos gráficos acima, no entanto como ela era outra empresa antes da fusão com a inbev e operava com o código ambv3, não tenho os dados de dividendos dela do período anterior a 2014. Aí ela acabou sendo excluída.

Para terminar gostaria de dizer que estou cada vez mais impressionado com essa ferramenta do Guiainvest Pro . Antes eu tinha que coletar os dados e só conseguiria dar dois ou três exemplos de empresas defensivas. Hoje posso fazer uma lista e mostrar todas. É bem interessante, pelo menos pro meu trabalho. Já que tem me economizado tempo e tem deixado os estudos melhores.

Se você está começando no mercado de ações deveria pensar em adquirir esse curso Ações para Iniciantes. Ensina várias nuances importantes para que você possa entender cada vez melhor o mercado como um todo e que principalmente possa investir com mais segurança e qualidade. .

Eu, infelizmente não tenho vídeos sobre ações defensivas, mas se você quiser se aprofundar mais no assunto o Thiago Lacerda da Aprenda Investimentos tem um vídeo gratuito sobre isso e que vale muito a pena ser assistido.

Muito obrigado pela presença,

Abs e Bom final de semana.

 

Daniel Nigri  analista CNPI

As ações mostradas na lista não são recomendações. O autor não se responsabiliza por eventuais perdas ocorridas por alguém ter seguido o conteúdo deste artigo. Mesmo as ações mais defensivas possuem risco e podem causar grandes perdas de dinheiro. E resultados passados não são garantia de rendimentos futuros.

 

 

 

 

 

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Já uso o guia investimento na versão gratuita, e da pra filtrar muito bem. Pensando em assinar. Parabéns pelo site.

  2. Bom dia Daniel! Parabéns pelo artigo e pela dedicação em transmitir seus conhecimentos!
    Gostaria de saber qual a Volatilidade “aceitável” para uma ação defensiva? Existe um máximo ou mínimo comum entre as ações desse tipo! Obrigado!!!

    • Cuidado com a volatilidade só pra medir isso. Abaixo de 25 eu gosto. Mas cuidado com ações que sempre tiveram 40 e estão no 25.

  3. Aeeeeeeee Saaalveee!!! Sem querer estou na defensiva… hehe.. Abraaaço.. Boa Semaaana!!!

Comments are closed.