Ações: IRB Brasil dispara com encerramento de fiscalização; varejistas cai

0
9
B3

IRB Brasil – O Conselho Diretor da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) decidiu, por unanimidade, encerrar a fiscalização especial da IRB Brasil sobre o enquadramento regulatório referente aos índices de liquidez e cobertura de provisões técnicas da companhia, informou a empresa nesta quarta-feira (7). Os papéis subiam 6,09%, a R$ 6,45.

Santos Brasil (SA:STBP3) – A Santos Brasil Participações (SA:STBP11) anunciou nesta terça-feira as estimativas para 2021, projetando Ebitda entre R$ 400 milhões e R$ 450 milhões. A nova previsão representa um crescimento entre 89% e 112% em relação ao ano anterior. Os papéis subiam 10,65%, a R$ 7,49.

Qualicorp (SA:QUAL3) – A Qualicorp anunciou nesta terça-feira a compra de duas carteiras de clientes no segmento de planos de saúde coletivos por adesão da rede Unimed no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Norte, que juntas reúnem 10 mil beneficiários. A ação caía 0,34%, a R$ 29,50.

Hapvida (SA:HAPV3) – Em esclarecimento prestados à (CVM), a Hapvida Participações informa que estuda a realização de eventuais captações de recursos para financiar investimentos, novas aquisições e aquisições já divulgadas, assim como fortalecer sua posição de caixa, mas “nenhuma decisão, na presente data, foi efetivamente tomada nesse sentido”. O papel subia 2,18%, a R$ 14,72.

Biomm (SA:BIOM3) – A Biomm (SA:BIOM3) fechou acordo exclusivo com a americana CytoDyn para o potencial fornecimento de leronlimabe, medicamento em fase de aprovação para uso emergencial em pacientes diagnosticados com Covid-19 que se encontram hospitalizados e com necessidade de oxigenação. A ação subia 10,09%, a R$ 18.

Localiza (SA:RENT3) – A Localiza anunciou o início da oferta pública de distribuição de debêntures simples, no montante de R$ 1,2 bilhão, na 17ª emissão da companhia. Os papéis caíam 0,24%, a R$ 62,21.

Light (SA:LIGT3) – A Light Serviços de Eletricidade, unidade da elétrica Light, tem preparado uma oferta de debêntures para captar R$ 850 milhões. A companhia apresentou requerimento à Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima) para análise prévia de registro da oferta das debêntures, que seriam emitidas em série única com vencimento em 10 anos, segundo documentos divulgados na noite de terça-feira. A ação subia 0,05%, a R$ 20,26.

Fonte: Investing

Quer ter acesso as nossas  carteiras? FIIs, Ações e outras áreas do site?