Agenda Semanal: Resultados de empresas, prévia do PIB, ata do Copom e estreias na Bolsa

0
13

Resultados das empresas

Você conhece os nossos planos de assinaturas?

Veja todas as possibilidades de planos e escolha de acordo com seu perfil

Clique e conheça a página dos planos e possibilidades

Resultado das empresas

Confira abaixo a agenda entre os dias 10 e 14 de agosto.

Segunda-feira, 10 de agosto

Antes da abertura do mercado

M.Dias Branco

Depois do fechamento do mercado

Itaúsa

Cosan

YDUQS

Guararapes

São Martinho

Linx

Direcional Engenharia

Log-In

Vulcabras Azaleia

Portobello

Terça-feira, 11 de agosto

Antes da abertura do mercado

BTG Pactual

Depois do fechamento do mercado

BR Distribuidora

Eneva

Santos Brasil

Mitre Realty

Sinqia

Gafisa

Eternit

Raia Drogasil

Quarta-feira, 12 de agosto

Antes da abertura do mercado

Banrisul

Ser Educacional

Após fechamento do mercado

Taesa

Via Varejo

Alupar

Ultrapar

BRF

MRV

Aliansce/ Sonae

Locaweb

Movida

Tupy

Metal Leve

Fras-le

Tecnisa

Banco Pine

Eletrobras

Marfrig

Unipar

CSU (Card)

Rodobens

T4F

Rossi

Quinta-feira, 13 de agosto

Após fechamento do mercado

Oi

B3

Energisa

B2W

Lojas Americanas

Natura

JBS

Hapvida

Rumo

Banco Inter

Cyrela

BR Malls

Eztec

Grendene

Centauro

JSL

JHSF

Arezzo

SLC Agrícola

Hermes Pardini

Randon

Anima

Cia Hering

Trisul

Mills

Kepler Weber

Terra Santa

Alper

Springs

Moura Dubeux

Ferbasa

Dasa

Suzano

Sabesp

CPFL Energia

Equatorial

CCR

Bradespar

Unidas

Azul

Light

São Carlos

Positivo Informática

Viver

Sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Antes da abertura do mercado

Cogna

Cemig

Le Lis Blanc

Depois do fechamento do mercado

Lopes Brasil

PDG Realty

Dimed

Celesc

Profarma

Grazziotin

Fertilizantes Heringer

GP Investimentos

Agenda domestica

Por aqui, atenção especial para a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) na terça-feira (11), que pode trazer mais detalhes sobre a sinalização dada pelo comunicado da decisão da última quarta, quando o comitê cortou a Selic para 2%. Na ocasião, o Banco Central disse que não antevê alta de juros e sinalizou que novos cortes ainda são possíveis, embora com gradualismo adicional.

Na agenda de indicadores, novos dados de atividade irão ajudar a mostrar como está o ritmo de recuperação da economia diante da pandemia do coronavírus. Sairão os números do varejo na quarta, serviços na quinta e o IBC-BR, considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), na sexta.

Além disso, atenção também para duas estreias na bolsa na segunda-feira (10): Lojas Quero-Quero e d1000.

Agenda externa

No exterior, os investidores voltam a monitorar com atenção as tensões entre Estados Unidos e China. Nos últimos dias o presidente Donald Trump piorou a situação após proibir residentes dos EUA de fazerem negócios com WeChat, da Tencent, além da TikTok.

Entre os indicadores, na agenda dos EUA, destaque para o CPI, vendas do varejo e produção industrial de julho. Vale destacar que o mercado tem reagido mais aos números de atividade do que de inflação, por trazerem melhores sinais sobre como anda o ritmo econômico nesta pandemia.

A China também divulgará dados de inflação, varejo e indústria, todos de julho. Na Europa, semana conta ainda com os números do PIB do segundo trimestre da zona do euro na sexta-feira.

Fonte: Informoney

Você conhece os nossos planos de assinaturas?

Veja todas as possibilidades de planos e escolha de acordo com seu perfil

Clique e conheça a página dos planos e possibilidades