Carteiras Calculadas: Seja um investidor racional com elas

0
207
Investimentos-carteiras-calculadas

 

Crescimento Ibovespa

Na última sexta feira encerramos mais um semestre de ganhos na Bolsa de Valores. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de São Paulo cresceu 14,88% nesses primeiros 6 meses, mais de 3,5 vezes superior ao rendimento do CDI do período.

Aos poucos as pessoas estão se conscientizando que o Brasil está se tornando um país “normal” como os outros no mercado de capitais. Ou seja, um país onde quem toma mais riscos ganha mais, e quem investe apenas em ativos seguros não tem rentabilidade e sim, apenas a preservação do capital.

Nos últimos 3 anos, de 2016 a 2018, o Ibovespa cresceu de acordo com a tabela abaixo.

 

 IbovespaTesouro Selic Poupança
201638,93%14,02%7,57%
201726,86%9,94%6,16%
201815,03%6,40%4,24%
201914,88%3,05%1,87%
Total composto132,90%37,44%21,26%

 

Tesouro Selic Bruto de taxas de custódia e impostos. Poupança isento de IR.

Cálculos realizados com a Calculadora do Cidadão do BACEN, clique aqui

Números do Ibovespa retirados do site da B3 – estatísticas históricas, clique aqui

 

Aquele desavisado, apenas observa esses números positivos e resolve migrar todo seu capital para a bolsa de valores. Eu acho super válido que a pessoa aumente cada vez mais a exposição em ativos de renda variável, mas como o próprio nome já diz, os ativos variam. E variam para cima, mas também para baixo. Veja no gráfico abaixo, quantas quedas o índice teve para gerar esses 132,9% de aumento.

 

carteira-calculadas

 

Carteiras Calculadas

Eu por exemplo, tenho um cliente meu, que apareceu em 2018, muito interessado em investir na bolsa e com bastante dinheiro. Na casa das centenas de milhares de reais. Isso foi em Abril. Ele começou a investir apenas dois dias depois.

Naquele dia, conversamos em consultoria por uma hora, e ele se mostrou ciente dos riscos, entendeu que a bolsa variava para baixo também e que poderia ter perda de capital. Dois meses depois veio uma queda de 21% referente a greve dos caminhoneiros e ele preferiu vender as ações.

Fiquei triste, mas vida que segue.

Em janeiro desse ano, ele volta a me ligar após o grande crescimento da Bolsa naquele mês, com alta de mais de 11%. Em maio, a Bolsa cai e ele desesperado me avisa que não poderia suportar outra perda tão grande quanto a do ano anterior.

A estratégia dele era: “O mês de Maio é sempre ruim mesmo e a Bolsa só costuma se recuperar em Setembro”. Pela segunda vez esse cliente comprou na alta e encerrou as posições na Baixa. E o pior, desta vez com apenas 5 meses de experiência quis descobrir um padrão na Bolsa.

Fiquei triste, mas vida que segue. Talvez ele não tenha perfil para a Bolsa de Valores, pensei.

A bolsa se recuperou rápido dessa vez. O próprio mês de Maio fechou em alta, e em Junho, o Ibovespa passou dos 100 mil pontos e se manteve acima desse patamar por alguns dias. Eis que pela terceira vez eu recebo mensagem no whatsapp desse cliente.

 

Será que dessa vez será diferente?

Será que ele já entendeu que a Bolsa é renda variável, e que ela varia para cima e para baixo? Ele já agüentou uma queda de 21%, mas o que aconteceria se viesse uma queda de 40% ou 50%? E ainda se demorasse 10 anos para a bolsa se recuperar como ocorreu de 2008 a 2018?

Essas são questões que o investidor precisa refletir antes de investir em ações, e até mesmo, após estar investindo nelas. Eu, Daniel Nigri, penso até hoje nessas questões. Penso em quais ações eu devo comprar em uma situação como essas (de quedas bruscas e duradouras). Penso em quais seriam mais resilientes em uma crise. Penso em quais que deverão se recuperar mais rápido.

 

Realidade do mercado

O que eu aprendi nestes 20 anos como investidor e recentemente como analista é que somos impotentes com relação ao que irá acontecer no futuro. Mas, precisamos saber ler as informações e reagir de modo a maximizar nossa matriz de risco x retorno. Se não pudermos ganhar, precisamos nos esforçar para perder o mínimo. Para isso, é importante saber reagir ao que a realidade do mercado te mostra.

Eu, por exemplo, já sei como será minha alocação caso a reforma da previdência não passe, embora não seja o meu cenário base.

 

Alguns exemplos de reação recente que tivemos na nossa carteira na Área de Membros:

  • Em Maio quando Itausa, ITSA4, caiu para R$ 11,00 aumentamos a exposição desse papel em carteira.
  • No primeiro dia de maio compramos opções de venda (puts) para proteger a carteira de problemas que começavam a surgir com uma possível retração da economia que ocorreu. A carteira ganhou 4 p.p acima do índice. 1 p.p foi a put que entregou
  • Aumento de exposição ao setor de energia elétrica.

Estes foram exemplos passados, provavelmente não vão servir para o momento atual. Apenas uma mostra como podemos reagir a momentos adversos e como podemos surfar momentos bons.

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

Para reagir dessa forma, você precisa ter uma visão macroeconômica e alguma experiência com relação ao comportamento de cada tipo de ação. Nem sempre isso é simples. Tentamos trabalhar isso em cursos, mas reconheço que não é fácil e o ser-humano é passível de errar com mais freqüência do que imaginamos. Basta ver as expectativas do Boletim Focus hoje e no início do ano. Então, uma forma que me agrada muito é a que nós fazemos na Área de Membros com as carteiras calculadas.

 

Investidores de sucesso do Passado, como Philip Fisher, Benjamin Graham, Joel Greenblatt, Decio Bazin criaram fórmulas simples ou elaboradas para capturar boas ações que estejam descontadas, seja pela ótica do crescimento, dos dividendos, do retorno sobre o capital investido ou apenas um desconto sobre os ativos que ela possui mesmo.

A idéia das carteiras calculadas é tabular todas as empresas da Bolsa e descobrir sem nenhuma intervenção pessoal nossa, quais são as 10 melhores de acordo com cada indicador. Após o crescimento da nossa base de assinantes que já ultrapassa os 3100 membros Gold, incluí uma premissa extra que o volume de negociação diária das ações precisa ser maior que R$ 80.000,00.

Por incrível que pareça, retirar a emoção dos investimentos e deixar ele puramente racional, com as carteiras calculadas tem dado um retorno bastante expressivo, desde o início do nosso projeto em 14/07/2017. Veja abaixo os retornos das carteiras calculadas e da Carteira Dica de Hoje.

 

carteiras-calculadas
Carteiras Calculadas: Comparação das Carteiras

 

carteiras-calculadas
Carteiras Calculadas: Comparação das Carteiras

 

Os resultados passados não são promessas de retorno futuro, ok?

 

Vantagens Carteiras Calculadas

A grande vantagem, dessas carteiras calculadas, além de retirar o emocional do investimento é que como elas são recalculadas todos os meses, o novo assinante não tem aquele problema de assinar o material e descobrir “todas as ações esticadas”. Todos os meses, recalculamos e avisamos quais são as 10 mais descontadas de acordo com cada um dos indicadores.

A última atualização, se iniciou, na última segunda feira dia 01/07/2019, como mostra a figura. A próxima atualização será feita após o fechamento de 02/08/2019.

É interessante perceber na prática o que os livros mostram. Ações que se valorizam muito, às vezes, saem da carteira calculada do mês seguinte. A desconhecida empresa, BAUH4, por exemplo, entrou na carteira de crescimento do índice PEG em Junho/2019, após uma alta de 22% no mês, ela já não aparece na carteira de Julho/2019. Porém, a Qualicorp (QUAL3), após uma alta de 14%, ainda segue na carteira, mas ela que era a quarta melhor passou para sexta melhor.

 

Por enquanto a carteira de Graham, se mostra imbatível em todos os anos da nossa amostragem. Já escrevemos sobre ela em artigos anteriores, como este aqui, que eu comparei o que seria melhor, trocar os ativos todos os meses quando esta é recalculada, ou apenas uma vez por ano.

 

Conclusão

Se você gostou do nosso estudo, do nosso histórico, e entendeu o quanto é importante retirar o componente emocional do mundo dos investimentos e acredita que nosso material pode te ajudar a conseguir resultados melhores, clique aqui e assine a nossa Area de Membros, antes do nosso aumento de preço.

O pacote inclui, as CARTEIRAS CALCULADAS apresentadas no artigo de hoje, todos os nossos relatórios, vídeos de análises de empresas, área de Fundos Imobiliários, Carteiras de Fundos de Investimentos, além de desconto em Cursos, produtos e eventos que nossa Research faça no futuro.

Se você ainda não está seguro sobre a compra, disponibilizamos duas dessas carteiras gratuitamente para Membros Bronze, clique aqui, assine como Membro Bronze (gratuito), receba login e senha e acesse, duas das 7 carteiras.

Obs: Duas carteiras calculadas não foram apresentadas neste artigo, porque têm um histórico muito pequeno. Começaram em Setembro/2018, e possuem um formato diferenciado. São carteiras anuais, e recalculadas a cada quadrimestre. Vamos começar a divulgar os retornos após completar um ano.

 

Abraços e Bons Investimentos