Eleições e investimentos: O que fazer agora?

0
153

Eleições e Investimentos: O que fazer agora?

No dia 09/11 (Terça-feira) se encerrou a nossa trilogia eleições. Sei que alguns gostaram do resultados e outros nem tanto. O mercado teve a sua visão também que eu desconheço, pois estou escrevendo ainda antes dos resultados, mas a verdade é que quando aceitamos que seremos investidores precisamos ser práticos e focar no Longo Prazo.

Existem dois tipos de pessoas na Bolsa de Valores: Os especuladores e os Investidores. Os especuladores se preocupam com esses movimentos de curto prazo, com as notícias, e com as figuras gráficas. Eles tentam ganhar dinheiro no Curto Prazo, mas para isso, o investimento se transforma em uma forma de segundo trabalho, pois demanda um tempo diário.

“Se você não opera e não trabalha, não ganha”.

Já o investidor com foco no Longo Prazo como eu sou, tem o foco centrado no próprio trabalho e em gastar menos do que ganha para poder investir o excedente. Nos investimentos, o objetivo é que a economia como um todo do país cresça e mais especificamente os resultados das empresas que você escolheu tenha crescimentos constantes ao longo dos anos. Isso é o suficiente para valorizar a sua ação e para aumentar seus dividendos, que devem ser reinvestidos. O ideal é que você não precise usar mais de 50% dos dividendos recebidos para as suas despesas / gastos.

Esse foi o foco principal da nossa Trilogia Eleições. Mostramos que em momentos ruins como a Bolsa de 2013 a 2015 que sofreu uma queda de 30%, tivemos empresas que tiveram valorizações expressivas como Suzano (Suzb3) que na foto abaixo subiu mais de 170% nestes 3 anos.

eleições e investimentos

Foto ProfitChartPro

Outro momento importante foi apresentar que em determinados momentos o mercado joga a bolsa para baixo por causa de um medo eleitoral, como ocorreu em 2002. O investidor que aproveitou esse momento para investir, apesar de todo pânico do mercado, teve uma alta expressiva, como mostra a foto abaixo de ITSA4. Valorização em 16 anos de 2143% se você comprou no pior valor de 2002 e 3555% se comprou no ponto mais baixo, ou o equivalente a 25,22% ao ano. (ou seja quase 400% do CDI atual).

eleições e investimentos

Foto retirada do GuiainvestPro

E, finalmente o último ponto importante que foi avaliado na Trilogia, foi exatamente a relação entre Expectativa x Realidade. Um exemplo apresentado no vídeo foi o do ano de 2011, quando a expectativa era de crescimento do PIB de 4,7% naquele ano em Março/2011. No ano seguinte, o resultado final foi um crescimento de 2,5%. Naquele ano a Bolsa caiu de 69300 pontos para 56700 pontos. Uma queda de 18% em um ano.

Para o ano que vem a estimativa do Boletim Focus é de crescimento da ordem de 2,5%. Se ocorrer um crescimento maior que esse, não tenho dúvidas que a bolsa dispara, muito provavelmente acima dos 100 mil pontos e quem sabe 120 mil pontos. Já, se o crescimento for novamente na casa de 1%, é provável que vejamos uma queda da Bolsa.

 

Duas são as conclusões:

A primeira é que passadas as eleições, o que passa a importar é a realidade e os resultados realmente obtidos.

Nos Estados Unidos, quando Trump foi eleito, a expectativa era que a Bolsa iria cair, e a economia iria ter problemas. Até este momento, os ânimos estão renovados e o índice Dow Jones bate recorde atrás de recorde, como mostra a foto abaixo, retirada do Investing:

eleições e investimentos

E finalmente a segunda e mais importante é que se você aprender a estudar os fundamentos das empresas, calcular seus preços justos futuros com margem de segurança, baseado em expectativas futuras e ainda conseguir ser mais racional que emocional, você deverá ter aquele retorno expressivo que mostramos com Itsa4, mais acima neste artigo.

No vídeo, mostramos que até mesmo o investidor que comprou Petrobrás (PETR4) em 2002, ganhou mais que o CDI, apesar do maior esquema de corrupção na história do país e da queda do preço do petróleo de US$ 150,00 para US$ 30,00, o que seria uma venda clara para um bom investidor.

O que eu quero mostrar é que o conhecimento te traz resultados de duas formas:

  1. Aumentando seus acertos
  2. Reduzindo seus Erros

Estou lançando meu curso mais avançado que é o de Análise Fundamentalista e Precificação de Ações. Um curso de 6 meses, com 24 vídeo aulas, 4 hangouts, grupo exclusivo de whatsapp, vagas limitadas, 14 exercícios. E que na opinião dos alunos da Primeira Turma era uma verdadeira imersão aos resultados das empresas.

Aproveitem a oportunidade.

Clique Aqui para saber Mais sobre o Curso (Cronograma, Duração e Datas) e Aproveitar o desconto do Primeiro Lote.

Clique Aqui para Realizar a Compra do Curso com garantia de reembolso integral de 29 dias. Você compra e pode cancelar sem compromisso.

 

Clique aqui para rever a Trilogia Eleições

 

Daniel Nigri