Girar ou Manter? – Estudo com a Carteira de Graham

0
135
comprar ou girar

Girar ou Manter? – Estudo com a Carteira de Graham (Parte 2)

Girar ou manter? – A área de Membros Dica de Hoje foi um projeto que teve início em 14/07/2017, com o objetivo de recomendar ações de acordo com a literatura existente e além disso, eu recomendo uma carteira com base no que eu vejo e entendo do mercado como um todo. Esta carteira tem uma gestão um pouco mais ativa e pode ser alterada nos finais de semana a partir de relatórios semanais para os assinantes. A Carteira Dica de Hoje!

Fico muito feliz em conseguir colocar o projeto na prática e ver que independente da literatura que você tenha, e qual o investidor de longo prazo você siga todos vêm ganhando do Ibovespa, tanto em 2018, quanto desde o início do projeto. Vejam abaixo, que não tem promessa de ganho rápido, existem vários meses negativos, mas no final o que importa é a consistência. E além disso, a melhor carteira do passado não será necessariamente a melhor do futuro.

girar ou manter

Na imagem acima, vemos que as duas melhores carteiras de 2017 (ver Total 2017) foram a carteira de Graham e a carteira P/L abaixo da média, enquanto esse ano a que desponta na frente é a carteira PEG, baseada em um indicador que aparece no livro de Philip Fisher. A carteira P/L abaixo da média que teve um ano de 2017 brilhante, pode inclusive ser acessada gratuitamente para quem se cadastra neste link, clique aqui e você receberá a senha no seu e-mail, daí é só fazer o login e aproveitar a parte gratuita do site.

Neste último final de semana, inclusive lançamos duas novas carteiras, a Carteira de Greenblatt e a carteira P/VP x Roe (ambas para assinantes), e para deixar o site mais bonito, arrumamos todas essas carteiras que são calculadas a base de indicadores em uma área específica do site.

E por fim, a última novidade é a parceria que fizemos com o PenseRico para que nossos assinantes tenham acesso aos dados históricos de empresas. Estes dados estão abertos por enquanto, então clique aqui e aproveite para analisar a sua empresa.

Vamos agora ao estudo da carteira de Graham ao longo do tempo, se teria sido melhor manter a carteira por muito tempo, ou ficar trocando mensalmente como eu venho recomendando. Vamos fazer o estudo nos mesmos moldes do que fizemos na carteira P/L abaixo da média na semana passada, clique aqui.

Se tivéssemos trocado a carteira mensalmente pelas novas ações recomendadas pela carteira de Graham, teríamos um resultado Bruto de 78,19%. Claro que haveria gastos excessivos de taxas para modificar a carteira todos os meses, e isso deve ser compensado com uma rentabilidade que seja consideravelmente superior.

Assim como fiz no artigo da semana passada, vamos comparar com a manutenção das carteiras indicadas até hoje, e com trocas semestrais. Para ficar mais claro segue abaixo um exemplo.

A primeira carteira de Graham calculada pela fórmula do Valor intrínseco = raiz (22,5 x Lucro por ação x Valor Patrimonial por ação) foi a carteira que aparece na imagem abaixo, já com preços ajustados pelos proventos distribuídos:

Se quiser saber mais sobre a fórmula de Graham, ou das suas limitações, recomendo que assistam a este vídeo meu no youtube.

comprar-ou-girar-2

 

Apesar de ter 3 empresas com retornos negativos, e outras 3 empresas com retornos inferiores a 10% nos últimos 14 meses, o que nos dá um retorno próximo ao da Renda Fixa, as ações de Unipar, principalmente, além de QGEP, FESA e JBSS3, fariam a carteira como um todo render 91,19% no período até a data de hoje dia 11/09/2018 as 11:00 da manhã. Ou seja, ponto para manter as ações, ao invés de trocar todos os meses.

Caso alterássemos semestralmente, a carteira acima, teríamos os seguintes resultados, substituindo os ativos em 26/01/2018 e depois novamente na carteira de 03/08/2018 até hoje.

comprar-ou-girar-3

 

Multiplicando os resultados dos períodos, teríamos o seguinte

Resultado  = 1,5782 x 1,0537 x 0,9677 = 1,60923607 – 1 = 60,92%

 

Ou seja, o resultado da troca semestral, assim como ocorreu com a outra carteira foi a pior opção para o investidor nessa carteira. A manutenção da carteira foi a que gerou maior valor e a troca mensal, foi a que teve o resultado intermediário.

Utilizando a carteira recomendada em 04/Agosto de 2017 e calculando da mesma forma, temos o seguinte:

Se tivéssemos trocado todos os meses, teríamos um retorno de 78,19% menos o retorno de Julho de 2017, de 15,47%. Atenção que não é uma subtração simples!!

 

Retorno Mensal = 1,7819 / 1,1547 -1 = 54,32%

 

Mantendo a carteira desde o início teríamos retorno que aparece na imagem abaixo:

comprar-ou-girar-4

Muitas ações foram modificadas e tiveram retornos fracos no período. Além disso, CARD3 e KROT3, que historicamente possuem bons fundamentos caíram muito nesse período.

Se a troca fosse semestral, teríamos comprado a carteira em 07/08/2017, trocado em 26/02/2018 e depois trocado novamente agora em 31/08/2018. A data de 26/02/2018, é coincidentemente a data que a bolsa (índice Ibovespa) atingiu seu ponto máximo esse ano. Abaixo resultados de 07/08/2017 a 26/02/2018, depois de 26/02/2018 a 31/08/2018, e finalmente os poucos dias do mês atual.

comprar-ou-girar-5

 

Calculando o retorno das trocas semestrais teremos um valor negativo ou próximo a zero, veja abaixo:

 

Retorno Total = 1,1752 x 0,8276 x 0,9889 – 1 = -3,82%

 

A troca semestral faria com que você transformasse um lucro atual de 54,32% nas trocas mensais, ou um lucro de 31,56% apenas pela manutenção da carteira, para um prejuízo de 3,82%.

Abaixo incluí uma tabela com os resultados das outras carteiras de Graham começando até dezembro/2017 com cálculos semelhantes, veja abaixo:

Começo emMensalmenteSemestralmenteSem mudanças
14/07/201776,25%60,92%91,19%
07/08/201754,32%-3,82%31,56%
28/08/201744,63%29,95%67,56%
25/09/201738,19%22,48%41,25%
30/10/201736,17%19,28%53,97%
27/11/201724,21%31,41%43,65%
26/12/201714,98%18,46%30,66%
Total (1/2/3)1/4/20/2/56/1/0

 

A carteira de Graham em 2017, gerou retornos positivos todos os meses, por isso o valor mensal é sempre decrescente.

Obs: Na carteira Graham de Outubro/2017, a que começou em 25/09/2017, foi recomendado o Paraná Banco a R$ 11,19 e naquele mês fechou capital a R$ 14,54, não corrigi esse valor nem por CDI na carteira semestral e nem na anual, e nem dividi entre as outras.

Obs2: Os BDRS da CZLT33 também foram recomendados e tiveram seu fechamento de capital no Brasil no mês de Julho, e Tb foram considerados o valor que foi depositado na conta de cada correntista, após os BDRS terem sido vendidos nos Estados Unidos.

Percebemos na tabela acima, que novamente, assim como no artigo da carteira Preço / Lucro abaixo da média, clique aqui, o melhor resultado foi alcançado pelos investidores que mantiveram suas ações pelo período integral. Novamente, em apenas um dos meses, o melhor resultado foi na carteira que troca mensalmente, e não na carteira que mantém a carteira por um prazo longo.

 Outra conclusão importante, é que se você quiser girar, é melhor girar as carteiras mensalmente a fazê-lo de forma semestral. No outro artigo chegamos a mesma conclusão. Aguarde a última parte em que faremos o mesmo estudo com a carteira PEG. E então ano que vem, faremos com giros anuais, ao invés de semestrais.

Para virar membro Gold, clique aqui e escolha dentre o plano mensal ou o anual com desconto. Ambos dão direito ao cancelamento em até 29 dias com reembolso integral. O anual, findo o período de garantia pressupõe fidelidade de 12 meses e não tem reembolso parcial.

Abraços e bons Investimentos,

Daniel Nigri