Magazine Luiza conclui a aquisição da SmartHint

0
9

O Magazine Luiza (MGLU3) concluiu a aquisição da empresa SmartHint Tecnologia, um dos maiores sistemas de busca inteligente e de recomendação de compra para e-commerce do Brasil.

A informação foi divulgada nesta quarta, 7, pela varejista.

Fundada em 2017, a SmartHint desenvolve tecnologia que eleva a experiência de compra online e auxilia o cliente a encontrar facilmente o que precisa, aumentando de forma significativa a conversão de vendas no e-commerce.

Segundo o Magalu, por meio de ferramentas no modelo SaaS (Software as a Service), a SmartHint atende hoje mais de 1.000 clientes e suas ferramentas geraram R$ 620 milhões em vendas em 2020.

Dentre as principais ferramentas da SmartHint estão a busca inteligente, que apresenta produtos mesmo com erro de grafia na pesquisa desde que o som fonético seja o mesmo, e inclui também busca por voz (Voice Search) e busca por cor de produto através da leitura de imagens; as vitrines de recomendação, que sugerem produtos em vitrines autônomas e personalizadas de acordo com o perfil de cada usuário e ferramentas de retenção, que despertam o desejo de compra aumentando a taxa de conversão e reduzindo o abandono de carrinho.

“Com a SmartHint, o Magalu irá ampliar ainda mais a assertividade da busca dentro do seu SuperApp — que já conta com mais de 26 milhões de itens disponíveis. Além disso, a experiência de compra dentro dos mundos e mini-mundos — especializados em categorias como moda, esportes, mercado, livros e food delivery — será aprimorada com recomendações ainda mais personalizadas e inteligentes”, explicou o Magazine Luiza em comunicado.

A empresa explicou que, com a aquisição, a SmartHint passa a integrar também o pilar estratégico Magalu as a Service (MaaS) oferecendo tecnologia de busca e recomendação de produtos para milhares de sellers conectados à plataforma do Magalu.

“A aquisição representa mais um importante passo na estratégia da companhia de digitalização do varejo brasileiro”, afirmou a varejista destacando que a aquisição foi realizada pelo Luizalabs, uma empresa controlada pelo Magalu.

Não foi revelado o valor da operação.

Fonte: Finance News

 

Quer ter acesso as nossas  carteiras? FIIs, Ações e outras áreas do site?