O método de Décio Bazin Funciona

metodo-de-decio-bazin-capa

O método de Décio Bazin Funciona

Ontem a noite estava pensando na situação atual de muitos dias seguidos de alta da Bolsa, o que podemos esperar para 2018. Os cenários mais possíveis. E a partir do momento que a bolsa sobe a assimetria vai piorando. Ou seja, passa a existir uma chance de perder maior que a de ganhar nos investimentos.

Se não ficou fácil de entender vamos a um exemplo: Imaginemos que eu acredite que existam quatro cenários hipotéticos cada um com chance igual a 25% de ocorrer até o fim do ano. O pessimista leva a bolsa de volta aos 50000 pontos, o médio ruim, leva a bolsa de volta a 65000 pontos, o meio otimista que joga o índice para 85000 pontos e um cenário extremamente otimista que a bolsa chega a 100000 pontos no fim do ano.

 

Tabulando os números podemos montar a tabela abaixo:

Cenario 1 Cenário 2 Cenário 3 Cenário 4
50000 pontos 65000 85000 100000
25% 25% 25% 25%

 

Hipóteses da Bolsa

Se a bolsa estiver, por exemplo, em 70000 pontos como estava no meio de dezembro eu tinha 25% de chance de perder 20000 pontos, 25% de chance de perder 5000 pontos, 25% de chance de ganhar 15000 pontos e 25% de chance de ganhar 30000 pontos. Calculando tudo isso, meu ganho médio nos cenários seria de  ganho de 5000 pontos.

A medida que a bolsa sobe para 80000 pontos acontece o inverso. 25% de chance de perder 30000 pontos, 25% de probabilidade de perder 15000 pontos, 25% de chance de ganhar 5000 pontos e 25% de probabilidade de ganhar 20000 pontos no cenário extremamente otimista. Calculando todos os cenários a probabilidade conjunta seria perder 5000 pontos.

Estes cenários são apenas Hipotéticos para a introdução do artigo, ok? Não refletem a realidade que eu imagino.

Isso é importante para ressaltar aquelas frases de efeito que os grandes investidores falam.

 

“Compre quando ninguém quer e venda quando todo mundo estiver falando”

ou ainda

“Compre no pânico e Venda na Euforia”.

 

O que é certo é que as empresas não tiveram incrementos de resultado da ordem de 10% em apenas um mês, portanto, ou houve redução de desconto do preço que deveria ser justo, ou ocorreu um aumento do ágio pago no preço da ação.

Isso sempre ocorre quando as ações sobem de preço. As oportunidades se tornam cada vez mais escassas.

Então Hoje de Manhã resolvi dar uma folheada em alguns livros e cheguei no Livro “Faça Fortuna com Ações” de Décio Bazin, clique aqui. Um livro antigo, que o Barsi até já citou em entrevista. Confesso que já não lia o livro há mais de 10 anos, e agora como profissional do mercado e analista certificado, meu entendimento foi completamente diferente.

Vi uma forma de possibilidade de hedge (proteção) na estratégia dele para períodos de queda.

 

A Estratégia de Bazin

A estratégia que Decio Bazin propõe no livro se baseia em 3 pilares principais:

  • Investir em empresas com dividend Yield acima de 6% ao ano
  • Evitar empresas com dívidas altas
  • Sair da ação no primeiro indício de uma notícia negativa

Resolvi tabular apenas o primeiro item da estratégia. Empresas que geram dividend yield constantemente acima de 6% ao longo dos últimos 16 anos e cheguei a lista abaixo.

Para quem não sabe dividend Yield é um indicador que serve para calcular o percentual do valor dos dividendos pagos pela empresa.

 

Dividend Yield = Dividendo pago por Ação / Preço da ação

Dividend Yield > 6% (para Décio Bazin)

 

Portanto, se o preço da ação subir muito e os dividendos se mantiverem constantes, o dividend yield diminui. Se os dividendos crescerem e por qualquer motivo os preços das ações caírem abre-se uma oportunidade de comprar taxas de dividendos maiores.

Veja abaixo uma foto das empresas que pagaram mais de 6% de dividend yield por pelo menos 13 dos últimos 16 anos.

 

metodo-de-decio-bazin-01

Planilha feita com Guiainvest Pro 

 

Crescimento de Lucros

Confesso que eu esperava ações mais conhecidas e mais comuns do grande público. É importante lembrar que para as ações permanecerem pagando altos dividendos e ainda ter um crescimento expressivo do preço de suas ações, precisa  aumentar muito seus lucros para que os dividendos sejam confiáveis no longo prazo.

Normalmente as ações de empresas que crescem muito seus lucros, pagam mais dividendos, mas o yield diminui, porque o crescimento do preço da ação é mais rápido que o aumento dos dividendos pagos.

O Decio Bazin fala que essas ações são boas para manter valor no longo prazo. Os yields mais altos servem como um amortecedor em momentos de queda.

Outra observação é que das 22 ações listadas 4 não pagaram dividendos em 2017 (Sondotecnica, Cemig3, Bardella e Eternit). E, além disso, outras 5 pagaram abaixo de 6% de yield, mesmo com histórico de 16 anos pagando religiosamente yields altos. Foram elas: Cemig4, Banrisul, Banco da Amazonia, Banestes e Sanepar).

 

Vamos estudar o comportamento dos preços dessas 9 ações em 2017, ano em que houve a mudança do percentual de dividendos, na tabela abaixo:

Ação Valorização 2017
SOND5 (yield 0%) -23,03%
Cmig4 (yield 3,5%) -6,05%
Cmig3 (yield 0%) -14,93%
Bdll4 (yield 0%) -20,55%
Eter3 (yield 0%) -21,45%
BRSR3 (yield 4,1%) 129,57%
BAZA3 (yield 2,5%) -6,56%
BEES3 (yield 5,3%) 50,41%
Sapr4 (yield 5,7%) 13,45%

 

Redução de Yield

Percebe-se que as empresas que zeraram os dividendos, mas que tinham histórico de boas pagadoras de dividendos tiveram quedas expressivas. E podemos até mesmo incluir a cmig4 nesse conjunto, porque o dividendo pago foi por motivos estatutários. Caso contrário, provavelmente, não teria sido pago e o mercado sabe disso. Mesmo assim das ações que tiveram yield 0% em 2017 a Cemig foi a que caiu menos.

As outras ações que “reduziram o yield” como Banrisul, Banestes e Sanepar, na verdade até pagaram bons dividendos mas o preço subiu muito mais rápido que o crescimento dos lucros e portanto, que os dividendos. BAZA3 fica como a exceção aí.

Isso que aconteceu com Banrisul, Banestes e Sanepar é o que normalmente acontece com as boas empresas e conhecidas. Quando o mercado as descobre eleva seus preços e o yield acaba diminuindo.

Mas a questão inicial do vídeo era ver se no longo prazo essas ações mantém valor e ao menos no artigo de hoje se rendem mais que a SELIC (EQUIVALENTE BRUTO AO Tesouro Selic por exemplo, e quanto renderam a mais.

Utilizando a calculadora do cidadão disponibilizada no site do Banco Central do Brasil, conseguimos simular a imagem abaixo da variação da Selic de 2002 até 05/01/2018.

metodo-de-decio-bazin-02

Vejam agora na imagem abaixo que das 12 ações somente 3 ficaram abaixo dos 516,65% da Selic. Tiveram ações com rentabilidade de 13000%, 6900% e 4600% em 15 anos.

Planilha feita com Guiainvest Pro

metodo-de-decio-bazin-03

 

Obs: Os preços considerados na valorização são ajustados pelo pagamento de dividendos. Isso significa que você conseguiria essas rentabilidades caso tivesse comprado as ações em 31/12/2002 e exatamente no dia que o dividendo fosse distribuído você comprasse proporcionalmente a quantidade de ações.

 

Para terminar quero mostrar um gráfico das 3 ações que renderam menos que a Selic. Nele consigo mostrar que mesmo essas ações tiveram momentos em que renderam mais que a Selic do Período BRIV4 até 01/12/2014, BMKS3 até 30/06/2008 e Elet6 até 31/12/2009 antes de “mergulhar”.

 

metodo-de-decio-bazin-04

 

 

Conclusão:

Acredito que tenha ficado claro que o método de Decio Bazin, mesmo sem ter nenhuma ação conhecida funcionou bem nos últimos 15 anos. Pode não ter encontrado as Magazine Luiza, Vulcabrás e Locamerica do período, mas certamente garantiu um bom retorno no longo prazo.

Importante ressaltar também que embora os altos dividendos sirvam como bons amortecedores, estamos falando de Renda Variável. Em bolsa perdas fazem parte do jogo. Vejam no gráfico acima, que teve um período de doze meses que as ações de Eletrobrás caíram mais de 50% em 2012. Em 2005/2006, enquanto a bolsa disparava, as ações de Bic Monark caíram mais de 60% saindo de R$ 180,00 para pouco mais de R$ 60,00.

Os dividendos ajudam, porque fazem com que a quantidade de ações que você compra no momento de queda com os dividendos recebidos seja maior. E isso faz toda a diferença.

Não deixem de olhar a Área de Membros Dica de Hoje com 6 carteiras em ações para você, clique aqui.  E agora com uma novidade, Membros Gold, têm  acesso à nova carteira de Fundos de Investimentos. Trabalho feito em parceria com Rafael Zattar. Confira aqui  o primeiro relatório gratuitamente, escrito em 14/12.

Abraços e Bons Investimentos

 

Daniel Nigri CNPI

 

As ações citadas no texto não são recomendações. Nunca compre ações analisando um único indicador isoladamente, que foi o que fizemos aqui. Analisamos apenas o dividend yield.

 

  • Douglas Douglas

    Interessante o artigo, sem contar que não foi feito um dos passos do método (sair da ação quando as noticias ruim vierem), se fosse feito isso, várias ações da lista que renderam “pouco” teriam saído (eternit por exemplo, com a notícia da proibição do amianto). Acho que os resultados finais seriam melhores ainda.

    • Daniel

      Eu não incluí as que renderam pouco yield ou nenhum yield agora no final, exatamente porque a grande possibilidade era de que ela tivesse ficado ruim mesmo.