Resumo dos Resultados de TAESA

0
30
resultados-resumo-taesa-square

resumo-resultados-taesaResumo dos Resultados de TAESA

TAESA(códigos Bovespa:códigos Bovespa: TAEE11, TAEE3, TAEE4)

RESUMÃO – Resultados 3T17:

(Data de divulgação: 08/novembro/2017)

(Dados retirados do site de RI)

 

Pontos POSITIVOS:

Resultado Financeiro Líquido:

A variação positiva de 27,9% na receita financeira na comparasção entre o 3T17 e o 3T16 se deve ao maior acúmulo de caixa ao longo de 2017 em razão do menor volume de dividendos distribuídos e de amortização de principal e juros de empréstimos e financiamentos no período, tornando o caixa médio do 3T17 maior na comparação anual.

 

resumo-resultados-taesa-01

 

A queda anual de 29,2% na linha de juros é explicada, principalmente, pela redução da dívida bruta e da queda do IPCA e CDI. Já a redução de 66,6% contra o 3T16 na linha de variações monetárias e cambiais ocorreu devido à queda do IPCA entre os períodos comparados.

Endividamento:

A redução de 10,4% na dívida líquida entre o 3T17 e o 2T17 foi ocasionada principalmente pela geração de caixa operacional no período, acompanhada pelo efeito líquido de R$ 44,9 MM relativos aos dividendos e JCP recebidos pelas controladas, controladas em conjunto e coligadas versus os dividendos e JCP pagos pela empresa.

Considerando a dívida líquida proporcional das empresas controladas em conjunto e coligadas, a relação dívida líquida sobre EBITDA ficou em 1,6x no 3T17, 24,5% menor que o 2,1x registrado no 3T16.

 

resumo-resultados-taesa-02

 

Pontos NEGATIVOS:

Redução de 50% da RAP:

Os contratos de concessão de transmissão licitados entre 1999 e 2006 (Categoria II) preveem a redução de 50% da RAP (Rede Básica) a partir do 16º ano de operação comercial das instalações.

Para os ciclos 2016-2017 e 2017-2018, seis concessões da TAESA atingiram ou irão atingir o 16º ano de operação e terão redução de 50% no RAP.

Receita Líquida IFRS:

A Receita Líquida IFRS do 3T17 foi de R$ 214,9 MM, 41,1% abaixo do 3T16. Assim como no trimestre anterior, os menores índices de inflação registrados no 3T17 (tanto IGP-M e IPCA) em relação ao 3T16 foram o principal fator de impacto desta queda.

Custos, Despesas, Depreciação e Amortização IFRS:

Os Custos, Despesas e D&A totalizaram R$ 81,2MM no 3T17, 20,5% acima na comparação anual, com destaque negativo para aumento de 22,1% na linha de despesas com pessoal em comparação com 3T16.

 

resumo-resultados-taesa-03

 

EBITDA/Margem EBITDA IFRS:

O EBITDA no 3T17 totalizou R$134,6MM com margem EBITDA de 62,6%, o que representa uma redução de -54,8% em relação ao EBITDA de 3T16 e uma redução de -19,1p.p. na margem EBITDA de 3T16.

 

resumo-resultados-taesa-04

 

Lucro Líquido IFRS:

O Lucro Líquido IFRS de 3T17 totalizou R$ 97,3 MM, 55,3% menor na comparação com o 3T16 que apresentou um lucro de R$ 217,6 MM.

 Menor volume de Dividendos e Juros sobre capital distribuídos em 2017:

 

resumo-resultados-taesa-05

resumo-resultados-taesa-06

 

Conclusão sobre os resultados:

Importante dizer que Taesa é uma empresa que 10 a cada 10 pessoas que têm ela em carteira o fazem pelos altos dividendos que ela paga.

No entanto, é importante entender que o mercado de transmissão de energia tem uma vantagem que é a previsibilidade de receitas mas tem uma grande desvantagem que é a demora para gerar novas receitas via investimentos em novas linhas de transmissão. Uma nova linha de transmissão licitada demora de 3 a 5 anos em média para ficar pronta e começar a gerar receita para a empresa.

Como a correção da RAP das linhas de transmissão e do ativo financeiro são realizados de acordo com a inflação do período, dificilmente Taesa terá outro ano tão fraco como o atual que tiveram vários meses deflacionários. Em compensação não haverá mais lucros como os de 2015.

O que a empresa pôde fazer para amenizar a situação ela tem feito. Aumentou o caixa e reduziu as suas dívidas. Tanto para ter menores despesas financeiras. Como para ter maior fôlego e capacidade financeira para os próximos leilões.

Além dessas existem muitas outras análises tanto em texto (relatórios) quanto em vídeos, assine já a área de membros Gold!

 

Para assinar o Plano Mensal: Clique aqui

Para assinar o Plano Anual com desconto anual de 32% !!

Pagando menos de R$1,00 por dia! Clique aqui

Novo curso de opções Dica de Hoje, clique aqui.

Abraços e Bons Investimentos!

Daniel Nigri (analista CNPI)

Com a ajuda de Leo Bittencourt

 

Disclosure

Elaborado pelo analista independente Daniel Isaac Nigri CNPI 1810, este relatório é de uso exclusivo de seu destinatário.

Este estudo é baseado em informações disponíveis ao público nos próprios sites de RI das empresas analisadas ou comparadas, consideradas confiáveis na data de publicação.

As opiniões, aqui expressas, estão sujeitas a mudanças, por se tratarem de estimativas baseadas em fundamentos e projeções de futuro que podem ou não ocorrer.

Este relatório não representa oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros.

As análises, informações e estratégias de investimento têm como único propósito fomentar o debate entre o analista responsável e os destinatários. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as próprias análises e estratégias. (Caminhar com as próprias pernas e ter bom senso)

Informações adicionais sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros aqui abordados podem ser obtidas mediante solicitação, e serão arquivadas por 5 anos conforme determinação da CVM.

O analista responsável pela elaboração deste relatório declara, nos termos do artigo 17º da Instrução CVM nº 483/10, que as recomendações do relatório de análise refletem única e exclusivamente a sua opinião pessoal e foram elaboradas de forma independente.

O analista Daniel Isaac Nigri CNPI é o responsável principal pelo conteúdo do relatório e pelo cumprimento do disposto no Art. 16, parágrafo único da Instrução ICVM 483/10.