O Federal Reserve elevou sua taxa básica de juros em 0,75 ponto percentual ontem, terceira elevação seguida dessa magnitude. O movimento imediatamente posterior ao anúncio fez com que a taxa referencial alcançasse a faixa de 3% a 3,25%.

O mais importante foi que as projeções do Fed sugerem um aperto mais agressivo pela frente, com os juros alcançando 4,6% em 2023.

“A redução da inflação pode exigir um período sustentado de crescimento abaixo da tendência”, declarou o presidente do banco central dos EUA, Jerome Powell. “E provavelmente implicará condições mais brandas de mercado de trabalho”.

“A restauração da estabilidade dos preços é essencial para alcançar o máximo emprego no longo prazo. Vamos seguir nessa linha até nos convencermos de que o trabalho está concluído”.

Em resposta ao anúncio do Fed e à coletiva de imprensa do presidente Powell, a taxa do título de dois anos do Tesouro americano atingiu seu patamar mais elevado desde outubro de 2007. Com isso, as ações dos EUA registraram firme queda devido a mais uma elevação dos rendimentos das treasuries, com o S&P 500 fechando o dia em baixa de mais de 1,7%.

Fonte: Investing

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-22.jpg

Veja as possibilidades de planos

Tenha acesso aos melhores relatórios escritos por nossos experientes analistas

Pagina de Planos