RESULTADOS DE FRAS-LE

resultados-fras-le

Resultados de FRAS-LE

FRAS-LE (códigos Bovespa: FRAS3)

 

RESUMÃO – Resultados 3T17:

(Data de divulgação: 7/novembro/2017)

(Dados retirados do site de RI)

 

– Pontos POSITIVOS:

 

Conjuntura Macroeconômica:

De acordo com a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), a indústria automobilística nacional manteve a boa performance apresentada no primeiro semestre, atingindo evolução de 27,0% na produção de novos veículos até setembro de 2017, comparado a igual período do ano passado.

Com destaque para as exportações, a Anfavea informou que até setembro as exportações de novos veículos produzidos no Brasil somaram US$ 11,7 bilhões, correspondendo a uma evolução de 51,5% comparada ao mesmo período de 2016, quando estas exportações somaram apenas US$ 7,7 bilhões. No entanto, teve uma queda no valor do dólar expressiva neste mesmo período. A receita em Real cresceu bem menos que esse percentual.

 

resultados-fras-le-01

 

Volume físico de vendas:

No 3T17, os volumes de vendas da empresa apresentaram um crescimento de 14,1% comparado ao 3T16, sendo comercializadas 22,5 milhões de unidades de materiais de fricção. Todas as linhas de produtos tiveram aumento.

Receita líquida consolidada:

No 3T17, a receita líquida consolidada somou R$ 218,9 milhões, atingindo um melhor desempenho em relação aos trimestres anteriores e uma evolução de 11,4% na comparação com o 3T16. No acumulado 9M17 apresentou uma receita de R$ 611,3 milhões ou 1,1% menor que os 9M16.

 

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

Apesar do bom desempenho das vendas, a receita líquida ainda teve impactos negativos relacionados ao câmbio (com valor do dólar 2,6% inferior ao valor de 3T16). Também ocorreu no trimestre o reconhecimento de R$ 2,1 milhões de hedge, onerando dessa forma as receitas de exportação.

 

resultados-de-fras-le-02

 

 Exportações:

Apesar dos principais mercados da Fras-le no exterior, entre os quais EUA e Argentina, apresentarem desempenho inferior à média histórica de vendas, o desempenho das exportações a partir do Brasil, no 3T17, apresentou melhor performance em relação aos trimestres anteriores, totalizando US$ 20,0 milhões, número que representou uma evolução de 3,1% em comparação ao 2T17, porém, uma redução de 13,2% na comparação com o 3T16. Entre os locais para os quais houve melhora nas vendas aparecem o México, Oriente Médio e Oceania, e também, alguns países na América do Sul.

 

Lucro bruto consolidado e Margem Bruta:

O lucro bruto consolidado do 3T17 de R$ 60,8 milhões apresentou uma evolução de 6,7% comparado aos R$ 57,0 milhões do 2T17. Na mesma linha de evolução em relação ao trimestre anterior a margem bruta do 3T17 foi de 27,8%. É oportuno destacar que na comparação com o mesmo período do ano anterior, o lucro bruto deste último trimestre apresenta uma evolução de 23,4% comparado aos R$ 49,3 milhões do 3T16.

 

resultados-de-fras-le-03

 

– Pontos NEGATIVOS:

Despesas Operacionais:

As despesas operacionais (comerciais, administrativas e outras despesas/receitas operacionais) somaram R$ 41,2 milhões no 3T17, apresentando uma evolução de 14,9% comparadas ao 3T16, quando havia somado R$ 35,9 milhões.

EBITDA:

O EBITDA consolidado do 3T17, equivalente a R$ 29,2 milhões e apresenta uma redução de 13,6% em relação ao EBITDA do 2T17, porém, este desempenho é 24,4% superior ao do 3T16. A margem EBITDA ficou em 13,3% no trimestre, que corresponde a uma redução de 2,4 pontos percentuais comparado ao 2T17.

Resultado Financeiro:

No 3T17 o resultado financeiro líquido atingiu superávit de R$ 3,2 milhões, porém representa uma redução de 79,0% comparado ao resultado financeiro líquido de R$ 15,0 milhões do 3T16. Resultado influenciado pela redução nas taxas de juros e redução nas taxas de câmbio, que teve maior efeito sobre os recebíveis sujeitos à variação cambial.

Lucro líquido:

No 3T17 o lucro líquido somou R$ 15,9 milhões, que na comparação com o 2T17 equivale a um desempenho 43,0% inferior, porém, é importante destacar que o lucro líquido do 2T17 estava majorado pelo benefício fiscal da remuneração dos acionistas.

resultados-de-fras-le-04

 

Conclusão sobre os resultados:

 

Nós já tínhamos falado sobre Fras-Le com muitos detalhes de forma gratuita neste outro relatório, clique aqui. Na época gostei muito do case, mas achei que estava um pouco mais alta do que eu aceitaria pagar.

O resultado desse trimestre foi uma ducha de água fria nas expectativas dos investidores. Historicamente o melhor trimestre da companhia todos os anos é o 3T. E esse terceiro trimestre tinha tudo para ser especial. Crescimento vertiginoso da produção de automóveis (que necessitam de peças), crescimento enorme das exportações, logo a expectativa era de um lucro recorde.

A empresa cresceu a Receita em um percentual menor que o crescimento do setor. A margem bruta de Fras-Le melhorou alcançando 27,8%, ressaltando que a empresa conseguiu se utilizar da economia de escala para reduzir custos relacionados a produção. No entanto, o aumento de despesas com vendas e a redução do resultado financeiro (que já era esperado), fizeram com que o lucro da empresa viesse menor inclusive que no 3T2016. E no acumulado de 9M, o lucro líquido está estável, mesmo com todo o crescimento do setor.

Na minha visão resultado ruim, até porque a minha expectativa era de um lucro de pelo menos o dobro do que foi apresentado e uma receita líquida pelo menos 8% maior.

Além dessas existem muitas outras análises tanto em texto (relatórios) quanto em vídeos, assine já a área de membros Gold!

 

Para assinar o Plano Mensal: Clique aqui

Para assinar o Plano Anual com desconto anual de 32% !!

Pagando menos de R$1,00 por dia! Clique aqui

Abraços e Bons Investimentos!

 

Daniel Nigri (analista CNPI)

Com a ajuda de Leo Bittencourt

 

Disclosure

Elaborado pelo analista independente Daniel Isaac Nigri CNPI 1810, este relatório é de uso exclusivo de seu destinatário.

Este estudo é baseado em informações disponíveis ao público nos próprios sites de RI das empresas analisadas ou comparadas, consideradas confiáveis na data de publicação.

As opiniões, aqui expressas, estão sujeitas a mudanças, por se tratarem de estimativas baseadas em fundamentos e projeções de futuro que podem ou não ocorrer.

Este relatório não representa oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros.

As análises, informações e estratégias de investimento têm como único propósito fomentar o debate entre o analista responsável e os destinatários. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as próprias análises e estratégias. (Caminhar com as próprias pernas e ter bom senso)

Informações adicionais sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros aqui abordados podem ser obtidas mediante solicitação, e serão arquivadas por 5 anos conforme determinação da CVM.

O analista responsável pela elaboração deste relatório declara, nos termos do artigo 17º da Instrução CVM nº 483/10, que as recomendações do relatório de análise refletem única e exclusivamente a sua opinião pessoal e foram elaboradas de forma independente.

O analista Daniel Isaac Nigri CNPI é o responsável principal pelo conteúdo do relatório e pelo cumprimento do disposto no Art. 16, parágrafo único da Instrução ICVM 483/10.