Resumo de resultados: Cyrela, JHSF, Energisa e B3

0
108

Cyrela tem lucro de R$ 28 milhões no 1º trimestre

A Cyrela (CYRE3)  teve lucro líquido de 28 milhões de reais no primeiro trimestre, uma queda ante os 48 milhões de reais em resultado positivo obtido no mesmo período do ano passado, informou a companhia nesta quinta-feira.

A empresa registrou geração de caixa de 13 milhões de reais, também forte queda em relação aos 150 milhões de um ano antes.

Lucro da JHSF cresce e totaliza R$ 19 milhões no 1º trimestre do ano

A JHSF (JHSF3) encerrou o primeiro trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 19 milhões, de acordo com o resultado financeiro divulgado pela empresa nesta quinta-feira (14). O valor cresceu 61,1% em comparação com o mesmo período de 2019.

A receita líquida também subiu 35,8% com o total de R$ 166,9 milhões ante os R$ 122,9 milhões dos mesmos três meses do ano passado.

O Ebitda, valor de geração de caixa da companhia, totalizou R$ 68 milhões, uma alta de 5,3%. Já o Ebitda ajustado ficou em R$ 53,8 milhões.

A margem Ebitda foi de 32,3%, contando com uma alta de 11,29 pontos percentuais.

Energisa tem lucro líquido de R$518,7 mi no 1º tri, avanço de 352%

A elétrica Energisa (SA:ENGI4) registrou lucro líquido de 518,7 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 351,7% em relação a igual período do ano anterior, informou a empresa nesta quinta-feira.

Segundo comunicado da Energisa, o resultado foi impactado positivamente pelo registro contábil de 440,5 milhões de reais da marcação a mercado do bônus de subscrição atrelado à 7ª emissão da companhia.

No trimestre, os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da empresa foram de 929 milhões de reais, alta de 2,7% na comparação anual.

A Energisa destacou que teve um avanço de mercado acima da média do consumo nacional, mas que a pandemia de coronavírus alterou a tendência de crescimento a partir da segunda quinzena de março.

A companhia disse que as obras em andamento nas distribuidoras não sofreram impactos relevantes da crise. Destacou ainda uma busca por redução de 7% a 12% nas despesas gerenciáveis e a renegociação e alongamento de 80% dos empréstimos que venceriam em 2020.

B3: lucro líquido recorrente sobe 57% no 1T20

A B3 – Brasil, Bolsa, Balcão (B3SA3) divulgou nesta quinta, 14, os resultados do 1º trimestre de 2020 (1T20).

O lucro líquido recorrente da companhia foi de R$1 bilhão e 156 milhões, alta de 57% em relação ao 1T19.

A receita total atingiu R$2.125,2 milhões, 38,7% acima do mesmo período do ano anterior (1T19), enquanto o EBITDA somou R$1.569,3 milhões, alta de 61,6%.

Tabela

Fonte: Money Times/ Reuters e Finance News

Você conhece os nossos planos de assinaturas?

Veja todas as possibilidades de planos e escolha de acordo com seu perfil

Clique e conheça a página dos planos e possibilidades

Já participa do nosso grupo do Telegram?

Videos, informações e novidades vem aí.

Link do grupo