Associação de shoppings do Brasil estima 120 mil demitidos e 15 mil lojas falidas

0
93
FOTO- DIVULGACAO

Um total de 120 mil pessoas foram demitidas por lojas de shopping centers no Brasil por conta da quarentena provocada pela pandemia de COVID-19. A estimativa é de que 15 mil lojas encerrem suas atividades definitivamente. Os dados preliminares foram divulgados pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), que representa 105 mil lojas no país.

A associação antecipou o número de demitidos ao site Uol, mas só deve apresentar uma pesquisa detalhada na semana que vem. O presidente da entidade, Nabil Sahyoun, responsabilizou governadores e prefeitos pelas demissões. “Essa situação vai piorar se governadores e prefeitos não determinarem a reabertura gradual e cuidadosa da economia”, comentou.

Nabil diz que o fato de estados e municípios não terem adiado o pagamento de impostos por parte das companhias prejudicou o empresariado e “também os empregados que dependem das empresas funcionando”. Para ele, os governadores apoiam medidas restritivas sem considerar “que já não terão sequer receita para manter o sistema de saúde em funcionamento e os salários dos servidores”.

Fonte: Focus Jornal e Uol

Você conhece os nossos planos de assinaturas?

Veja todas as possibilidades de planos e escolha de acordo com seu perfil

Clique e conheça a página dos planos e possibilidades

Já participa do nosso grupo do Telegram?

Videos, informações e novidades vem aí.

Link do grupo