Emoção e razão na hora de investir

Como as emoções afetam as nossas decisões de investimento?

As emoções afetam todas as decisões, de todas as pessoas, sobre todos os assuntos. Não há como escapar. Elas são responsáveis pelo nosso circuito mais primitivo de avaliação dos dados, usado para tomar decisões de curto prazo. As emoções estão presentes no momento. Elas não conseguem avaliar lá na frente, até porque a gente não sabe como vai se sentir no futuro. Aí já começa um problema em relação ao mercado financeiro. Para investir, você deve pensar no longo prazo. Isso é uma coisa difícil de fazer com base em emoções. Além disso, elas muitas vezes também entram em conflito umas com as outras. Não existe necessariamente uma coerência emocional. Você pode acordar achando que há uma bolha imobiliária no Brasil, mas hoje à noite conversar com alguém, mudar de ideia e achar que o negócio é comprar um apartamento amanhã. As emoções são transitórias e fugazes.

Por que informação demais atrapalha na hora de investir?

Realmente é preciso dosar a quantidade de informação. Claro que se você quiser investir sozinho e não tiver informação nenhuma, obviamente vai entrar pelo cano. Porém, se você decide apostar no mercado financeiro, vai na livraria e compra 48 livros sobre investimento, volta para casa e começa a participar de 19 lives, o que você vai fazer com isso tudo? Nada. Não tem como. A cabeça não processa todas essas informações. Ela tem uma limitação para processar informação. E mais do que quantidade, o que importa é a qualidade. É preciso ver qual é a fonte e se a notícia é relevante para o que você está buscando nesse momento.

O que é efeito manada?

No mercado financeiro, o efeito manada ocorre, principalmente, na bolsa de valores. É o que acontece quando surgem boatos sobre uma empresa e boa parte dos indivíduos vendem suas ações, levando o preço à queda.

A situação oposta também acontece. Não é raro ver interessados que passam a aplicar em um negócio específico apenas porque alguém recomendou, ou porque muitas pessoas têm aproveitado a oportunidade. É aquela velha sensação de não querer ficar para trás e de não perder boas chances. Ainda envolve a sensação de que, pelo menos, não vai perder sozinho.

Note que isso não tem a ver com investimentos realmente positivos ou arriscados, que recebem aportes ou retiradas porque os dados se confirmam. O efeito manada acontece quando esses grandes fluxos se consolidam mesmo quando não há uma razão lógica para isso.

Então, significa que quem aplica deixa de considerar elementos práticos e lógicos para tomar decisões ao investir em ações ou em outras possibilidades.

Decisão e acompanhamento

Depois de avaliar as alternativas e suas respectivas consequências, os dados apurados com as pesquisas ajudaram a tomar a melhor decisão.

Com a decisão tomada, no entanto, é de fundamental importância que você procure acompanhar os resultados dessa escolha, a fim de verificar o seu grau de eficiência na solução do problema.

A Mentalidade de um Investidor

Mais do que conhecimento técnico, para vencer em qualquer esfera de nossas vidas, precisamos também dominar nossas emoções e superar alguns desafios que dizem respeito ao nosso subconsciente.

A maior dificuldade de quem realiza investimentos de renda variável – seja forex, bolsa de valores, entre outros – é o lado psicológico. Alguns sentimentos bastante comuns costumam dificultar as tomadas de decisão e prejudicando suas aplicações.

Não há ser humano que não tenha experimentado esses sentimentos. A questão é como nossa mente dosa tudo isso. É a intensidade desses sentimentos, que podem ajudar ou prejudicar.

Conclusão

Como nos protegermos da irracionalidade? O primeiro passo é reconhecer que somos vulneráveis.

Que sempre somos e agimos de forma racional e irracional, e que isso é normal. Elas coexistem também nas nossas decisões financeiras, para o bem e para o mal.

É importante refletirmos que a chave do êxito não está só em teorias e ferramentas já disponíveis, mas em nós. Principalmente no nosso comportamento traduzido em hábito salutar.

Insistir ou desistir? Para escolher, é preciso ser racional. Uma pergunta para você que está lendo esse artigo

Você se considera um investidor racional, e por isso, sabe que deve sempre investir em carteiras em vez de aplicar seu dinheiro em uma única classe de ativo?

O Canal tem um curso justamente focado nesse principio da razão o Geração de Renda 2.0.

Aprenda estratégias comprovadas para Gerar Renda mensal e crescente com seus Investimentos e realizar seus objetivos de curto, médio e longo prazo

Pagina do Geração de Renda 2.0

 

 

Marcelo Rabinovici

Meu nome é Marcelo Rabinovici, formei na PUC MG no ano de 2002, sou bacharel e licenciado em Geografia. Leciono há 20 anos e desenvolvi projetos na área do curso de Relações Internacionais. Há três anos conheci o canal "Dica de Hoje" e nesse período venho fazendo cursos de investimento em Educação Financeira. Meu papel nesse mundo de investimento é desenvolver Educação Financeira e ajudar quem está começando.