Resumo dos Resultados de Hypera (HYPE3) do 1T18

0
271
hype3-acoes-capa

Resumo dos Resultados de Hypera (HYPE3) do 1T18

 

HYPERA (códigos Bovespa: HYPE3)

RESUMÃO – Resultados 1T18:

(Data de divulgação: 26 de Abril/2018)

(Dados retirados do site de RI)

Pontos POSITIVOS:

-Receita Líquida:

A Hypera Pharma iniciou em 2018 seu primeiro ano completo como uma empresa exclusivamente farmacêutica, com posição de liderança em seus mercados de atuação e crescente foco em inovação. No 1T18, a sua Receita Líquida cresceu 13,9% em relação ao 1T17, com destaque para o desempenho nos segmentos de Consumer Health e Produtos de Prescrição. Tal crescimento foi em função principalmente de aumento de volume e também de elevação de preços.

acoes-hype3

 

 

-Lucro Bruto e Margem Bruta:

No 1T18, seu Lucro Bruto cresceu 14,7% em relação ao 1T17e sua Margem Bruta aumentou 0,5 p.p. em relação ao 1T17, alcançando 74,3% no trimestre. Essa expansão se deve principalmente ao aumento de preços nesse período, sem elevação correspondente em custos.

 

-EBITDA das Operações Continuadas:

No 1T18, o EBITDA das Operações Continuadas da Hypera cresceu 24,8% no 1T18 e totalizou R$362,7 milhões, com margem de 39,1%, ou 3,4 p.p. superior à margem do 1T17. Esse crescimento do EBITDA das Operações Continuadas, que foi 10,9 p.p. superior ao crescimento da Receita Líquida, é resultado da expansão da margem bruta e da diluição das despesas com vendas, gerais e administrativas no período.

acoes-hype3

 

– Lucro Líquido:

O Lucro Líquido das Operações Continuadas da Hypera no 1T18 foi de R$302,2 milhões, com crescimento de 41,6% em relação ao 1T17. Tal crescimento está atrelado à combinação da expansão do resultado operacional com a redução da taxa efetiva de imposto de renda por conta da declaração de Juros Sobre Capital Próprio em 31/03/2018, no montante de R$134,0 milhões, que serão pagos até 11 de janeiro de 2019.

 

-Caixa Líquido:

A posição de Caixa Líquido encerrou o 1T18 em R$462,8 milhões, em linha com a estratégia da Hypera de manter sua posição de caixa líquido levemente positiva. A redução na posição de caixa líquido na comparação com o 4T17 refletiu principalmente o pagamento de juros sobre capital próprio no 1T18, relativos ao exercício de 2017.

acoes-hype3

 

Pontos NEGATIVOS:

– Despesas de Marketing:

As Despesas com Marketing apresentaram um aumento de 3,2% em relação ao1T17, no entanto do ponto de vista positivo, representaram 19,5% da Receita Líquida no 1T18, ou 2,0 p.p. abaixo do 1T17, mesmo com mais ações de marketing efetuadas nos pontos de vendas no período. No trimestre, houve redução de 14,2% das Despesas com Propaganda e Promoção ao Consumidor, uma vez que as veiculações relacionadas ao pacote de publicidade da programação de futebol da TV Globo (cerca de R$100,0 milhões) passaram a ocorrer de maneira mais relevante apenas na segunda parte do primeiro trimestre.

– Despesas com Vendas:

As Despesas com Vendas apresentaram um aumento de 12,5% em relação ao 1T17, no entanto, do ponto de vista positivo, representaram uma redução de 0,1 p.p.em relação ao 1T17, como percentual da Receita Líquida.

acoes-hype3

 

– Despesas Gerais e Administrativas:

As Despesas Gerais e Administrativas apresentaram um aumento de 3,5% em relação ao1T17, no entanto do ponto de vista positivo, apresentaram uma redução de 0,5 p.p.na sua participação sobre a Receita Líquida,resultado do crescimento da receita líquida em patamar superior ao crescimento dessas despesas, que tiveram crescimento levemente maior que a inflação dos últimos doze meses.

 

– Despesas Gerais e Administrativas:

O Resultado Financeiro do 1T18 apresentou uma redução de -92% em relação ao 1T17, com saldo positivo de R$1,1 milhão, R$12,8 milhões inferior ao 1T17. Essa redução é consequência principalmente da redução da taxa de juros e da menor posição de caixa líquido da Companhia no 1T18, quando comparado ao 1T17, por conta: da redução de capital social realizada ao longo de 2017, no valor de R$821,9 milhões; e do pagamento de Juros Sobre Capital Próprio em 9 de janeiro de 2018, no valor de R$581,3 milhões, referentes ao exercício social de 2017.

acoes-hype3

 

 

 

Conclusão sobre os resultados:

Se analisarmos apenas a empresa veremos que realmente é uma empresa que está redonda, ou seja, sem problemas relevantes. A empresa terminou uma readequação do seu business que a obrigou a vender duas empresas de negócios complementares mas que davam resultados baixos, e com isso a companhia agora está focada na operação que sempre deu mais dinheiro. A operação farmacêutica.

 

Se olharmos pro futuro, provavelmente, as pessoas consumirão cada vez mais fármacos, remédios e outros produtos. Historicamente, os reajustes do preço dos produtos supera a inflação, e as grandes redes como Raia Drogasil, Hypera e Panvel (no Rio Grande do Sul) ainda possuem muita chance de crescimento de market share (participação de mercado). Raia Drogasil, por exemplo, possui apenas 12% de participação de mercado e é líder no Brasil.

A Companhia, conseguiu crescer Receita, ganhou margens em todas as linhas, passou a ser Caixa líquido (ter mais posição em Caixa que dívidas) e tem pago bons dividendos. Tudo que um bom acionista quer. A empresa deve fechar 2018, com lucro líquido entre 1,2bi e 1,3bi. O Valor de Mercado atual é de R$ 16 bilhões, o que leva Hypera a operar com P/L projetado de 13, o menor no setor.

Esse resumo é em homenagem a um assinante e apoiador que viva me instigando quando Hypera estava em R$ 35,00 que era uma ótima empresa e eu avisava que estava sendo projetado um crescimento muito grande para aquele valor. Como vocês podem ver agora, com uma queda superior a 35% desde o valor máximo, já podemos olhar para a empresa com outros olhos.

Uma ótima forma de exemplificar como o Preço faz diferença, inclusive em ótimas empresas.

Não deixe de conferir os resultados do 1T18 de Banco do Brasil.

Está com dificuldade de achar oportunidades? Quer receber recomendações sobre as melhores ações da Bolsa? Relatórios e Vídeos semanais de análise de empresas. Clique aqui e vire um Membro Gold (pagando menos de R$1 por dia!)

 

Veja a tabela abaixo com todos os benefícios:

 Membro Bronze*Carteira ZMembro Gold
Carteira PEG SimSimSim
Carteira BarganhasSimSimSim
Carteira P/L abaixo da MédiaSimSimSim
Carteira DividendosNãoSimSim
Carteira GrahamNãoSimSim
Carteira Z (fundos de Investimentos)NãoSimSim
Carteira Dica de HojeNãoNãoSim
Radar de FIIS (NOVO)NãoNãoSim
Relatórios Dica de Hoje (ações + Fiis)NãoNãoSim
Vídeos Dica de HojeNãoNãoSim
HangoutsNãoNãoSim
Clique GratuitoR$ 179,90 anualR$ 359,90 anual

*As carteiras Membro Bronze podem ser modificadas sem aviso prévio, a qualquer momento.

Novo curso de opções Dica de Hoje, clique aqui.

 

 Abraços e Bons Investimentos!

Daniel Nigri (analista CNPI)

Com a ajuda de Leo Bittencourt

 

Disclosure

Elaborado pelo analista independente Daniel Isaac Nigri CNPI 1810, este relatório é de uso exclusivo de seu destinatário.

Este estudo é baseado em informações disponíveis ao público nos próprios sites de RI das empresas analisadas ou comparadas, consideradas confiáveis na data de publicação.

As opiniões, aqui expressas, estão sujeitas a mudanças, por se tratarem de estimativas baseadas em fundamentos e projeções de futuro que podem ou não ocorrer.

Este relatório não representa oferta de negociação de valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros.

As análises, informações e estratégias de investimento têm como único propósito fomentar o debate entre o analista responsável e os destinatários. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as próprias análises e estratégias. (Caminhar com as próprias pernas e ter bom senso)

Informações adicionais sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros aqui abordados podem ser obtidas mediante solicitação, e serão arquivadas por 5 anos conforme determinação da CVM.

O analista responsável pela elaboração deste relatório declara, nos termos do artigo 17º da Instrução CVM nº 483/10, que as recomendações do relatório de análise refletem única e exclusivamente a sua opinião pessoal e foram elaboradas de forma independente.

O analista Daniel Isaac Nigri CNPI é o responsável principal pelo conteúdo do relatório e pelo cumprimento do disposto no Art. 16, parágrafo único da Instrução ICVM 483/10.