O Foco na Renda (nos dividendos)

0
304
acoes-dividendos-capa

O Foco na Renda (nos dividendos)

Existe uma corrente de investidores em Renda Variável que acreditam que as ações só possuem algum valor porque o investidor espera receber de volta, um valor superior em termos de proventos.

 

Aí, em uma ocasião, eu perguntei assim:

Mas e empresas como a de Warren Buffet ou a Apple antes da morte do Steve Jobs que nunca distribuíram dividendos, por que elas têm valor?

 

E a pessoa respondeu que, assim como ocorreu com a Apple, em algum momento no futuro, essas empresa verão que não haverá mais investimentos rentáveis a se fazer e irão distribuir boa parte do seu Caixa em lucros, e essa expectativa mantém essa “roda girando”.

Pois bem, acredito que em momentos de baixa, o foco em investimentos que geram renda são importantes por dois motivos principais:

O primeiro é que esses investimentos têm uma queda menor. Afinal, quem aceitará vender as ações de uma empresa que paga dividendos tão bons como Taesa (TAEE11) por exemplo, a preços tão baratos?

Veja, na foto abaixo retirada do profitchart pro, como o preço de Taesa se movimentou em 2014 e 2015, em um momento que a Bolsa (IBOVESPA) acumulou quedas de 15,27%, saindo de 51522 pontos em 02/01/2014 para 43.653,43 pontos em 02/01/2016.

ações dividendos

Gráfico montado a partir do Guiainvest Pro, clique aqui.

Vê-se acima, que mesmo em um período de queda da Bolsa, as ações de Taesa, subiram mais de 12%. Nestes dois anos, Taesa pagou mais de R$ 1 bilhão em 2014 em proventos e mais R$ 750 milhões em 2015. Esta quantia representou R$ 2,93 por unit em 2014 e R$ 1,87 por unit pagas em 2015.

Vamos pensar um pouco, se você fosse investidor, você venderia uma ação que te pagar R$ 4,80 em dois anos, por R$ 10,00 como ela foi negociada no início de 2014? Dificilmente né?

Você venderia um imóvel por R$ 1 milhão que te rende R$ 480 mil em 2 anos? Agora, certamente não né?

Eu quero mostrar com isso que os dividendos trazem uma resiliência ao preço das ações. Chega um determinado patamar que as ações não caem mais, visto que a quantidade de dividendos torna isso quase impossível.

O segundo motivo importante para focar na Renda neste momento de quedas, é que este dividendo pago nestes períodos de quedas, são importantes para comprar uma grande quantidade das melhores ações da Bolsa com desconto. Em 2015, pode ter tido investidores que aproveitaram os dividendos de Taesa para comprar muitas ações de Itaú por exemplo.

 

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

Lembre-se sempre, que resultados passados não são garantias de resultados futuros, e que a análise deve ser feita pensando nos dividendos futuros, ou seja, se a empresa permanecerá pagando grandes quantias de dividendos.

Se você comprar hoje, você não Recebe os Dividendos que a Empresa já Pagou, parece óbvio mas não é!!!!

A B3 inclusive tem um índice chamado IDIV (índice de Dividendos) que é composto por 31 ações pagadoras de dividendos e que você pode acessar neste link, clique aqui. Este índice alcançou a máxima em 26/02/2018 no valor de 4609 pontos, e fechou a terça feira dia 19/06/2018 em 3758,05 pontos, acarretando uma queda de 18,46%. Enquanto isso, o Ibovespa, por exemplo, no mesmo período alcançou a máxima de 88.319 pontos e fechou dia 19/06/2018 em 71394 pontos, uma queda de 19,16%. Essa diferença parece pequena, mas são 0,70% em menos de 4 meses. Imagina a diferença que fazem pouco mais de 2% ao ano.

Você não consegue perceber?

Então veja o gráfico abaixo dos últimos 10 anos do IDIV. Vejam o ponto máximo de Maio de 2018. Neste ponto, o Ibovespa alcançou 73800 pontos há 10 anos atrás e hoje ele se encontra em um valor inclusive menor em 3%. Já o IDIV subiu de 2596,14 em 28/05/2008 para os 3758,05 pontos atuais, uma alta de  44,75%.

ações dividendosFonte B3

Começou a perceber a diferença de poucos pontos percentuais no longo prazo? Começou a perceber a importância de se montar uma estratégia de muitos anos? Entendeu por que neste momento de quedas o foco na Renda é fundamental?

Então, quero adiantar para vocês, que em Agosto estarei lançando um curso com foco em Geração de Renda, seja em ações, Fundos Imobiliários ou Tesouro Direto com a ajuda e co-produção da super competente Patrícia Rossari. Fiquem atentos, cadastrem seus emails para receberem os avisos. Como sempre, assinantes Membros Gold poderão comprar com um desconto especial.

Enquanto eu não lanço o meu curso, vocês devem ter visto que eu visitei o André Fogaça, do Guiainvest, clique aqui  para ver um dos nossos vídeos. Ele está lançando essa semana, o curso dele de geração de Renda. Eu sei que o momento atual é bom para essa estratégia, e acredito que a sua educação financeira seja mais importante e se você puder “esquentar as turbinas” nesse novo mundo das finanças no curso dele será bem legal. Então, segue o link do curso do Guiainvest que será lançado semana que vem, clique aqui.

Abraços e bons Investimentos,

Daniel Nigri

 

Abraços e Bons Investimentos

Daniel Nigri

 

Todas as opiniões sobre ações escritas nesse artigo demonstram apenas a minha opinião pessoal sobre elas. De acordo com a ICVM 598/2018 declaro que todas as informações utilizadas são públicas e que não possuo quaisquer dos ativos citados.