Vale a Pena Girar a Carteira ou manter as ações (Parte 1)?

0
242
vale-a-pena-girar-a-carteira-capa

Vale a Pena Girar a Carteira ou manter as ações (Parte 1)?

Quem me acompanha já deve conhecer a Área de Membros Dica de Hoje, o site em que você encontra muito mais que recomendações de ações. Além das recomendações para montagem das mais diversas carteiras, temos vídeos todas as semanas, um Radar diário e Relatório semanal de Fundos Imobiliários, relatórios quinzenais de Fundos de Investimento, além de cálculo de preço justo de empresas nos resultados e descontos em produtos de empresas parceiras. Clique aqui para conhecer nossos planos.

Eu comecei o artigo assim, com viés de venda porque além disso temo ainda 5 carteira recomendadas, que são recomendadas a partir de critérios pré-estabelecidos. São recomendações baseadas em livros de grandes investidores, ou baseadas na minha experiência. São elas, a Carteira P/L abaixo da média, A carteira PEG, A Carteira de Graham, a Carteira de Barganhas (empresas que estão saindo de prejuízo para lucro) e a Carteira de Dividendos.

Obs: Nestas carteiras, eu apenas faço o cálculo das melhores ações de acordo com os critérios. Não existe nenhuma intervenção minha pessoal.

 

Duas dessas carteiras, a P/L abaixo da média e a carteira Barganhas podem ser acessadas gratuitamente. Basta cadastrar seu e-mail que você vai receber um e-mail para cadastrar sua senha e ter o acesso. Clique aqui para cadastrar seu e-mail gratuitamente.

Estas 5 carteiras são recalculadas todos os meses, para podermos visualizar as melhores 10 ações daquele momento de acordo com critérios pré-estabelecidos dentre as mais de 400 ações disponíveis na Bolsa.

Até hoje, eu sempre tenho recomendado que o investidor troque os seus investimentos mensalmente, apenas as ações que saíram da carteira e coloque as outras que entraram, mas eu sempre me pergunto se não valeria a pena esperar um pouco mais de tempo e fazer esses ajustes com um maior espaçamento de tempo, como por exemplo de 6 em 6 meses.

Cálculo da Carteira

É exatamente esse cálculo que vamos realizar aqui neste artigo, afinal, hoje em dia, após 14 meses de projeto da Área de Membros com todas as carteiras vencendo o IBOVESPA tanto em 2018, veja abaixo quanto desde o início, podemos calcular e descobrir se existe vantagem de girar a carteira ou não.

vale a pena girar a carteira

vale a pena girar a carteira

Este resultado acima foi alcançado trocando todos os meses as ações da carteira. Vamos agora calcular qual seria o resultado de alguém que tivesse trocado as ações apenas de 6 em 6 meses, e vamos usar a carteira P/L abaixo da média (que é gratuita via cadastro) como exemplo.

Em 14/07/2017, no dia do início do projeto recomendamos a carteira abaixo de P/L abaixo da média, se tivéssemos mantido a mesma até hoje sem alteração ela teria se valorizado 69,06%, acima dos 57,38% atuais, que pode ser visto na foto acima:

vale a pena girar a carteira

 

Caso alterássemos, a carteira no dia 26/01/2018, dia final da carteira de Janeiro/2018, a mais próxima de 6 meses depois do início teríamos a rentabilidade abaixo:

vale-a-pena-girar-a-carteira-4

 

Depois essa carteira teria sido alterada para a carteira recomendada em 26/01/2018 que se encontra abaixo, até o dia 03/08/2018, onde aí a carteira seria substituída pela carteira recomendada em 03/08/2018 e ficará até Janeiro ou Fevereiro de 2019. Veja abaixo o resultado de 26/01/2018 a 03/08/2018 no primeiro quadro e no segundo quadro o resultado temporário da carteira que passou a vigorar após 03/08/2018.

vale-a-pena-girar-a-carteira-5

 

O Resultado Final, seria 46,39% nos primeiros 6 meses de valorização, além de uma desvalorização de 0,34% no segundo período de 6 meses, e até o momento outra desvalorização de 3,40%. O que dá uma rentabilidade total no período de 14/07/2017 a 31/08/2018 de

 

Rentabilidade Total = (1,4639 x 0,9966 x 0,966)-1 = 40,93%

 

Nesta simulação, a rentabilidade de manter a carteira por 14 meses foi maior que a de mudar mensalmente que por sua vez foi maior que a de mudar semestralmente.

Vamos agora imaginar que este mesmo investidor, não começou no dia 14/07/2017 junto com o início do projeto. Que ele começou no dia 07/08/2017 junto com a segunda carteira recomendada. Desta forma, se ele investiu naquela carteira e deixou intocada, até hoje, a rentabilidade deste investidor está na foto abaixo e foi de 50,35% (período de 07/08/2017 a 31/08/2018).

vale-a-pena-girar-a-carteira-6

Se o investidor, após 6 meses migrasse para a carteira recomendada em 26/02/2018 e logo após investisse a carteira de 26/02/2018 até o fim de Agosto em outro período de 6 meses, os resultados obtidos estão abaixo:

vale a pena girar a carteira

Rentabilidade Total (investindo semestralmente)= (1,4060 x 0,988) – 1 = 38,91%

Investindo mensalmente desde 07/08/2017 até 31/08/2018 e modificando sempre a rentabilidade seria 57,38% apresentado na tabela inicial neste artigo, reduzido de 12,89% que foi a rentabilidade da carteira Preço / Lucro Abaixo da Média de 14/07/2017 a 04/08/2018.

Rentabilidade Total (investindo mensalmente) = ( 1,5738 / 1,1289)-1 = 39,41%

 Essa mínima diferença de 39,41% para 38,91%, provavelmente não deve compensar os custos de corretagens.

 

Quer ter acesso a nossas carteiras de Ações?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente e conheça as carteiras da Área de Membros!

 

Neste caso, tivemos um melhor desempenho novamente de quem manteve a carteira desde o início sem trocar nenhuma ação. Depois tivemos um “empate” entre trocar mensalmente ou trocar semestralmente.

Abaixo incluí uma tabela com os resultados das outras carteiras Preço / Lucro Abaixo da Média começando até dezembro/2017 com cálculos semelhantes, veja abaixo:

 

Começo emMensalmenteSemestralmenteSem mudanças
14/07/201757,38%40,93%69,06%
07/08/201739,41%38,91%50,35%
28/08/201725,12%14,77%25,19%
25/09/201718,65%11,41%28,77%
3010/201719,49%24,52%48,77%
27/11/201715,45%40,50%44,11%
26/12/20174,19%4,05%0,81%
Total (1/2/3)1/4/20/3/46/0/1

 

Conclui-se que embora possamos ter um risco maior em permanecer em uma carteira específica, como ocorreu em Dezembro /2017, a chance do investidor ter melhores resultados permanecendo com a carteira por longos períodos é maior. A troca semestral, não trouxe vantagens nesta carteira. Faremos novos testes com as outras carteiras que serão as partes 2 e 3. E ano que vem faremos o cálculo da troca anual para vermos se a troca anualmente seria mais interessante, visto que o resultado semestral na alcançou o primeiro lugar em nenhum dos meses de início nessa carteira.

Lembro a todos, que as carteiras mostradas no artigo são carteiras antigas e que foram recomendadas no passado, não sendo mais válidas. A Carteira Preço / Lucro abaixo da Media pode ser acessada gratuitamente mediante cadastro do seu e-mail, pelo qual você receberá a senha de acesso. Clique aqui.

Para virar membro Gold, clique aqui e escolha dentre o plano mensal ou o anual com desconto. Ambos dão direito ao cancelamento em até 29 dias com reembolso integral. O anual, findo o período de garantia pressupõe fidelidade de 12 meses e não tem reembolso parcial.

 

Abraços e Bons investimentos,

Daniel Nigri  analista CNPI