Considerações sobre a Proposta: Wizs3 x Caixa Seguridade

0
479
wiz3

Considerações sobre a Proposta: Wizs3 x Caixa Seguridade

No fechamento do mercado de 09/08/2018, surgiu em Fato Relevante, A Proposta da Nova Forma de Atuação da Wiz junto à Caixa Seguridade e Seus Parceiros. Clique aqui para ver a proposta. Cabe ressaltar que as ações de Wizs3 que já chegaram a valer mais de R$ 20,00 em 2017, caíram abaixo de R$ 7,00 em Maio com a possibilidade de que Wiz não renovasse os contratos. Esse cenário de incertezas com relação ao futuro da empresa é extremamente maléfico para qualquer tipo de empresa. Wiz corria o risco de a partir de 2021 ter apenas as Receitas da Finanseg e da Operação Parceiros, que respondem por menos de 20% do Ebitda total da Companhia.

Apenas o fim das dúvidas já é um alívio para a Companhia, e deve fazer as ações subirem no curto prazo, mas vamos ver alguns pontos importantes de mudanças. O que a Wiz ganhou nesse acordo e o que ela cedeu, como era o organograma e como ficará com essa nova proposta, lembrando que a proposta ainda precisa ser apreciada e votada em Assembléia.

Atualmente, e até Fevereiro de 2021, a Wiz mantém a estrutura atual de ser a Corretora Exclusiva da Caixa dentro de suas agências. Logo, por 2 anos e meio, os resultados estão “garantidos”. Os seguros, quando são realizados geram um estoque e com isso comissões a serem pagas futuramente. Vamos a um exemplo. Um imóvel vendido parcelado em 20 anos, em cada uma das parcelas existe uma parte que é o seguro por 20 anos. Estes 20 anos de seguros, por uma venda nos dias de hoje são o que a Wiz considera o Estoque que é bem relevante na estrutura de Receitas da Companhia. Esse estoque das vendas até fev/2021 também será de Wizs3.

Se considerarmos que Wiz, hoje possui R$ 77 milhões em estoque e que esse valor deva chegar a R$ 100 milhões em 2021.

wiz3

A partir de Fevereiro de 2021, a estrutura operacional da Companhia será a apresentada abaixo, onde a Caixa Seguridade terá uma corretora própria, dividirá seus serviços de seguros em 4 Joint Ventures, com parceiros minoritários e terá uma co-corretora que proverá serviços relacionados a Vendas a todas as Joint Ventures.

wiz3

 

Assim, já entendemos que a Wiz mantém tudo exclusivo até Fevereiro de 2021 e Wiz terá direito ao estoque de seguros gerados até lá. Depois, ela terá que concorrer com outras empresas para ser a co-corretora. Certamente, o valor recebido de comissão para ganhar esse leilão terá que ser menor que o atual, mas ela possui a assimetria de informações a seu favor e é a favorita. Parte do dinheiro ficará para a nova Corretora da Caixa.

Então, se a proposta for aprovada em AGE, teremos dois cenários possíveis. Se Wiz vencer o leilão, ela passa a ter comissão de todos os produtos (comissão definida no leilão), excluindo o Habitacional pós 2021 e caso ela seja perdedora do BID, ela passa a não ter mais comissão de vendas novas para todos os produtos pós 2021.

A Wiz conseguiu de contra-partida a garantia de contratos por 10 anos a partir do fechamento da operação para manter as receitas de back Office e em caso de escolha da CNP como parceira de seguridade para o ramo habitacional, existe a possibilidade de ampliação de Receitas.

wiz3

 

Além dessas questões a Wiz garantiu a possibilidade de atuar fora da Rede de distribuição da Caixa, ou seja, ela pode prestar serviços a outras sociedades seguradoras e sociedades em geral, e ainda na celebração do distrato do Contrato de distribuição atual, a Wiz Saude receberá da Caixa Seguradora Saúde a quantia de no mínimo R$ 20.000.000,00 (Vinte Milhões de Reais).

wiz3

 

Na minha visão, essa proposta é o início da ruptura de ambas. Parece muito a ruptura de Sulamerica com Unibanco há muitos anos atrás. A Caixa percebeu que não precisa dividir esse dinheiro com ninguém.

Esses 10 anos, considerando que Wiz vença o leilão, será o tempo necessário para que Wiz caminhe com suas próprias pernas e para que a nova corretora da Caixa não necessite mais de uma co-corretora e possa receber toda a comissão sozinha. As duas terão tempo para ganharem o know-how necessário e para conseguirem novas parcerias.

Vamos a parte financeira:

Se considerarmos, o lucro líquido atual de R$ 1,00 ao ano, por mais 2 anos e meio com algum crescimento, podemos imaginar que a empresa terá mais R$ 3,00 neste período de lucros por ação (para facilitar não vou usar desconto a valor presente), sendo que normalmente ela distribui grande parte desses valores na forma de proventos. Após esse período, ela ainda terá as operações de Parceiros, Finanseg e Back Office, que no 2T 2018, representou cerca de 10% do total de Receitas. R$ 16,3 milhões de R$ 163,9 milhões total.

Pelo preço atual, de R$ 7,71, do fechamento de quinta feira 09/08/2018, temos em torno de R$ 3,00 de resultados sem risco alto, R$ 0,75 de estoque de seguros projetados em 2021 + multa recebida pela Wiz pelo distrato, e os outros R$ 4,00 seria a operação que sobraria. Apenas a Operação Parceiros, com a Finanseg, na minha visão daria um valor menor que esses R$ 4,00 por ação.

Portanto, para Wiz valer a pena aos preços de hoje você precisa apostar que ela ganhará o leilão para ser a co-corretora da Caixa, ou que ela assinará contrato com algum outro banco para distribuir seus produtos nestes próximos 30 meses. Eu acredito que ela seja a favorita para ganhar, e melhorou muito a sua precificação, mas não podemos contar com “o omelete sem ter os ovos”.

Já que eu falei em ovos, Dia 14/08/2018, na próxima terça feira, às 20:00, vou receber para um hangout exclusivo que fará parte da última parte do workshop de Geração de Renda com Investimentos, o ex feirante a atual milionário na bolsa, Willian Wohlers, o Rei dos Ovos, clique aqui para receber o lembrete via email e não perca

 

Abraços e Bons Investimentos

Daniel Nigri

 

Disclaimer

O analista avisa que não possui ações da empresa supracitada e que se baseou apenas em informações públicas para dar a sua opinião.